quarta-feira, dezembro 07, 2011

Acordar tarde

Este foi, quanto a mim, o melhor jogo do Porto, esta temporada. Dominar o Zenit do primeiro ao último minuto, não concedendo aos russos qualquer oportunidade de golo, deveria chegar para garantir a vitória, mas uma grande exibição de Malafeev, negando o golo a Djalma, Moutinho e James, evitou aquele que seria o resultado natural e justo.

O Porto não perde o apuramento neste jogo, perde-o ao fazer um ponto em duas partidas com um APOEL que, como o Shakhtar confirmou sem surpresa, estava perfeitamente ao alcance dos dragões. Tivesse o Porto jogado com este empenho e qualidade de jogo, frente aos cipriotas, e a esta hora estaria certamente nos oitavos da Champions. Assim, resta-lhe a consolação de regressar à prova que a época passada conquistou. Mas não terá o mesmo sabor.

littbarski

31 comentários:

Mr. Shankly disse...

Plenamente de acordo. Foi um massacre, se o Porto estivesse com a confiança em alta como o ano passado o Zenit levava uns 5. Mas jogos como este acontecem, e como bem dizes o Porto não se apura por causa dos dois jogos com o Apoel.

littbarski disse...

Duas curiosidades, ainda a propósito do APOEL. O empate no Chipre teria chegado para o apuramento. Se o Porto tivesse vencido os dois jogos com os cipriotas, o APOEL passava do primeiro para o último lugar do grupo.

Grilo Falante disse...

Foi um grande jogo, emotivo, com os jogadores a darem tudo o que tinham, aquela recuperação de bola do Maicon que parte atrás do venezuelano que joga na selecção portuguesa e recupera a bola é o paradigma disso. foi pena terem acordado tarde como diz, e com razão, o littberski. É inadmissível que tenhamos perdido a qualificação contra o apoel, mas enfim..
Três notas finais:
-Estive no estádio e foi emocionante ver a comunhão entre adeptos e equipa, especialmente no final do jogo, onde receberam uma ovação de pé;
- Comportamento digno do Bruno Alves, que no fim do jogo não comemorou a vitória e saiu directamente para o balneário;
- Comportamento indecoroso e provocatório no final do jogo, daquele venezuelano que joga na selecção portuguesa. Só demonstrou que é uma pessoa pequenina e que não sabe ganhar.

Nuno disse...

Concordo totalmente com o post,que não foi neste jogo que perdemos o apurameento para a fase seguinte. Acrescento o grande jogo de Moutinho,o bom jogo de James que a jogar naquelas posição ainda sobressai mais e Hulk pela negativa,esteve uns furos abaixo dos ultimos jogos realizados.Tb não é facil apanhar pela frente 2 e 3 jogadores adversários.

Serve de consolo(pouco)o apuramento para a Liga Europa.
Para já,temos a companhia do Valencia,Olympiakos,Lyon(acho eu)Napoles ou Man.City.
Não vai ser assim tão fácil.

N. disse...

Deco, Pepe e Liedson = portugueses de gema.

Danny = venezuelano.

Azia é fodido.

Deko disse...

@N.
Onde está a dúvida ?!
Segundo o dicionário da Porto Editora:
venezuelano
natural ou habitante da venezuela

Joao disse...

Azia?

N, não se pode ganhar sempre...

Nem perder...

Apoel é primeiro do grupo...

Aggghhhhh!!!!!

Rearviewmirror disse...

Com esta vitória entravam automaticamente 5M€ nos cofres do FCP.
Estava a imaginar a malta do hóquei e das outras modalidades a vibrarem como poucos com os lances dos seus colegas do futebol...
Se calhar este ano não há subsidio de Natal para ninguém...

Grilo Falante disse...

Retrovisor, se estás tão preocupado com as modalidades amadoras do Porto, e com a alegada falta de pagamentos atempados de salários, podes sempre contribuir para o bem-estar desses seres humanos, depositando dinheiro para esse fim. Se quiseres também te informo do nib das modalidades, para fazeres a transferência sem quaisquer incómodos.

LC disse...

O Vitó ainda meteu o brasileiro alves e o cabo verdiano andebolista na área dos russos mas não conseguiu nada. (esta foi só para o grilo cagante xenofobo e atrasado mental debitador de verborreia)

O domínio foi avassalador mas totalmente consentido, o Porto neste jogo não ficou a dever nada a ninguém e foi pena não terem metido um golinho, por 2 motivos, o primeiro porque se apuravam e o segundo porque iam logo lembrar-se do SLB (como de costume)... assim não se ouviu o hino preferido das claques.

Sérgio_alj disse...

A azia é fdd, mas o ódio mesquinho ainda é mais:

http://www.fcporto.pt/Noticias/Futebol/noticiafutebol_futfcpzenitcro_061111_65605.asp


O jogo, que assumiria progressivamente uma configuração aproximada ao género “sentido único”, pausado apenas pelo coro de assobios gerado a cada vez que a equipa russa preferia os pés de Danny para arriscar a transição, definia-se num único extremo do relvado, onde o guarda-redes Malafeev coleccionava intervenções decisivas; a mais destacada de todas, logo ao sexto minuto, num frente-a-frente com Djalma, isolado por um passe perfeito de João Moutinho.

A ameaça de golo, formulada com insistência, voltou a ganhar forma em três tentativas de Hulk e outra de James, sem que nenhuma delas produzisse o efeito desejado. Todas esbarraram ou acabaram nas luvas de Malafeev, o único capaz de resistir à avalanche portista, que já então justificava o balançar das redes. Nessa altura, já o afortunado imitador de cães se transformara, por livre e espontânea vontade (ou, quem sabe, por instinto), num mero defesa, que recuperava representações caninas na forma frequente com que cheirava a bola e corria atrás dos calcanhares do adversário.

Grilo Falante disse...

Já cá faltava o atrasado mental do lambe-cús (LC). Este estúpido certamente que não ouviu o que disse o treinador dos russos:"Jogámos muito defensivamente, mas foi o FC Porto que nos obrigou a isso." Portanto, vir esta abécula dizer que o domínio foi consentido é de quem não percebe nada, mas mesmo nada, de futebol. Consequentemente não vou perder mais tempo com acéfalos.
Quanto à acusação de xenófobo, como nem sabes escrever a palavra, certamente que não saberás o seu significado, pelo que nem a levo a mal.

Fredy disse...

pelos vistos até o site oficial do FCP contribui para o ridiculo que é a situação com o Danny!

enfim..se há momento que tenho vergonha do meu clube e da maior parte dos seus adeptos é agora.

se ao menos alguém me mostrasse um pouco de lógica nos assobios e insultos ao Danny...

(deviam era encaminha-los para o cepo do Vitor Pereira!)

Hugo disse...

Olha tantos defensores do Danny, o tal que abdicou de jogar o playoff para remover um quisto.
Quanto ao jogo, foi ingrato tendo premiado o catenaccio russo. Malafeev fez recordar Neuer...

Ah pois disse...

Ainda sou do tempo em que todo o atleta do FC Porto era assobiado na Luz quando a selecção nacional ia lá jogar.

último! disse...

Ou seja se..., se... e se... até eu se... ganhava tudo!

O problema é apenas a falta do Falcão com ele uma das bolas estava lá dentro, simples!

Allon disse...

pois eu já tive paulo sergio, carlos carvalhal,etc e etc e nessa altura era só bolas ao poste, vitorias morais e "a jogar assim é impossível perder mais jogos".

abençoado Domingos.

SL

P.S- o Danny é insultado por adeptos, por dirigentes, pelo treinador! e até lhe fazem um comunicado vergonhoso e não queriam que festejasse no fim?!?!?!?

-=amadorjp=- disse...

Ora segundo este post o Zenit não teve nenhuma oportunidade de golo... ora na 1ª parte foram duas claríssimas e na segunda... basta ver o último lance do jogo em que este à vista o festejo do cão... Tirem as palas e vejam o jogo para os dois lados!

littbarski disse...

Tens aqui as estatísticas do jogo. Conta os remates que o Zenit fez em todo o jogo. Eu dou-te uma ajuda: foram mais do que 0 e menos do que 2... É verdade que os russos tiveram alguns contra-ataques perigosos, mas dos quais não resultou nenhuma oportunidade clara de golo. A não ser que consideres um corte de um defesa uma clara oportunidade de golo. Mas, nesse caso, a superioridade do Porto foi ainda mais evidente...

Infante disse...

Se o Danny é venezuelano então esqueçam Nani, Rolando, Nelson, Adrien Silva, Bosingwa, Manuel da Costa. E o Petit nunca devia ter posto os pés na selecção. Haja pachorra é o que é...

Tendo eu família luso-venezuelana esses comentários enojam-me.

MM disse...

Pena ao fim de tanta coisa, o 1' lugar do grupo estar a distancia de uma vitoria e ela nao ter aparecido.
Nao e interessante ao Sporting ter o FCP na Liga Europa; era uma das equipas da LC que entram no lote de obvias candidatas a vitoria final.

Um pequeno reparo: nao e liquido que as receitas da LC - ida ate aos oitavos de final - superem as de uma prestacao na LE ate estagios mais adiantados da prova.
Nunca entendi o menosprezo pela LE: numa perspectiva puramente de jogo e mais interessante fazer 3 eliminatorias pos fase de grupos do que cair nos oitavos da Champions. 1 jogo em casa, 1 fora, e fim de prova: curto e muitos meses sem competicoes Europeias ate ao fim do ano.
E isso de resto aquilo que a contecera ao Benfica.

Ps, Miguel Canada ri-me com o teu comentario no post anterior. A incapacidade de reconhecer meritos alheios e exarcebar absurdamente tudo o que e vermelho vao ao ponto de muitos dizerem que o David Luiz e menos central porque nao tem a referencia Luisao ao lado. Lol, quando joga agora ao lado de J. Terry.
Ps2, Muito mau o sitio ofical portista. Muito mau mesmo, numa literatura de baixo nivel chamar de cao ao Danny.

Infante disse...

Em relação ao teu segundo parágrafo, MM, em termos de ranking até é preferível cair na Liga Europa. No ano passado, Portugal apanhou os franceses precisamente por isso. Lyon e Marselha foram "burros" e passaram aos oitavos, Benfica e Braga foram eliminados e ganharam pontos na Liga Europa.

Neste momento, Portugal tem 3 equipas na LE e uma na LC. França só tem 2 na LC e ambas em 2º lugar, provavelmente apanhando tubarões (PSG prestes a ser eliminado da UEfa). Diria mesmo que só com uma catástrofe ou sorteios muito desfavoráeis é que Portugal não termina o ano bem à frente da França

Rearviewmirror disse...

Em 6 dos 8 grupos da Champions os cabeças de série passaram em 1º lugar.

Falharam o Manchester United e o FCP. E os dois falharam e foram parar naturalmente á Liga Europa, porque a este nível a falta de qualidade é castigada, seja por Apoel, seja por um Basileia.

Os campeões Franceses e Alemães mostraram que apesar da qualidade que têm, a falta de experiência paga-se caro.

Uma nota final para Jorge Sousa. vergonhoso. Conseguiu praticamente sozinho eliminar uma equipa. Este Ajax é uma equipa de Champions. Jorge Sousa com os dois golos anulados, xutou-a para a Liga Europa...

Infante disse...

Mais do que "falta de qualidade", eu diria que foi falta de sangue-frio ou profissionalismo ou não levar o adversário a sério.

Sejamos sinceros, o Man Utd e o FCP venceriam a maior parte dos jogos contra Basileia e Apoel. Em termos de qualidade global não se pode comparar os 4 clubes. Felizmente, nem sempre os favoritos vencem, mas por alguma razão são favoritos.

Curioso também ver que a Rússia tem tantos clubes como Inglaterra e Espanha nos oitavos e a Itália está a tentar recuperar o terreno que perdeu para a Alemanha.

E está de parabéns o Apoel. No formato antigo da Champions teria levado uma coça de um Valencia ou Arsenal na pré-eliminatória, mas aproveitaram bem o novo formato (injustamente criticado).
O Chipre já merecia ter campeonato no FM.

Pedro disse...

Este rear é fantástico. O Ajax tem dois golos anulados (MAL) por fora de jogo e a culpa é do árbitro.

Quer dizer, o bandeirinha assinala fora de jogo e o árbitro rejeitava. Num jogo europeu ainda por cima.

Cresce rapaz. Esse ódio pelo Norte só te fica mal. Afinal somos nós que produzimos para tu viveres do rendimento mínimo de inserção.

Vê lá se aprendes alguma coisa de jeito na escola profissional onde andas. O país precisa de serralheiros mecânicos.

Rearviewmirror disse...

Não fales do que não sabes palhaço.
A maior percentagem de pessoas subsidiadas pelo rendimento mínimo de inserção encontra-se no distrito do Porto, ó filho da puta.

E eu felizmente trabalho, e não preciso disso para viver.

Palhaço.

Ah pois disse...

Agora o pessoal do Porto é todo preguiçoso, querem ver?

Filipe disse...

Pouca gente liga à liga europa, o único jogo que chama a atenção é a final. A taça uefa era uma competição tramada e tão ou mais difícil que a taça dos campeões, mas desde que os países de topo enviam as 3-4 melhores equipas à CL é claramente uma competição menor.

É mau ir parar à EL, quer pela perda financeira directa que acarreta, quer pela perda de visibilidade dos jogadores. É sobretudo mau para o modelo económico da SAD do FCP, que minorou isso no ano passado ao vencer a competição. Este ano na CL calharam num grupo sem grandes equipas, o que significa também menor visibilidade. O melhor que podia suceder ao FCP na EL era calhar com os clubes de Manchester, dando oportunidade aos jogadores de se mostrarem em grandes palcos.

Pedro, eu moro no Porto e custa-me ver que há pessoas que ainda vão na cantiga de «no Norte é que se trabalha.» A região está de rastos, é a mais pobre e com indicadores económicos mais débeis do país, e bem lá no fundo das regiões da UE.

MM disse...

Infante, foi como há uns anos quando Portugal meteu 6 ou 7 equipas nas competições Europeias. O resultado foi pouco surpreendente: em menos de nada Portugal veio por ali abaixo no ranking forçando até o campeão a participar em pré-eliminatórias.
O coeficiente é um achado matemático, não perdoa: 3 boas participações em 4 clubes é incomparavelmente melhor do que 4 em 7, já que em Portugal somente 4 clubes têm relativo estofo para pelo menos passar as fases de grupos, vencer todos os jogos caseiros, vencer alguns e/ou ir buscar algumas vitórias nas deslocações fora.

Filipe, isso não é verdade. A Liga Europa não tem pouca visibilidade nem tem menos visibilidade do que a antiga UEFA. Muito pelo formato, mas sobretudo, pela riqueza (diversidade) competitiva que a LC não oferece. A LC será sempre a competição onde interessa marcar presença mas isso não equivale a dizer-se que a outra é menor.

Essa noção não é verdadeira.

condor disse...

Quem defende o porco é tão filho da puta como ele!
A falta de caráter do animal é realçada até pelo facto da besta ter metido as crias ao barulho!
Ai,eu fiz aquela figura de merda porque os meus bacorinhos pediram!
Ora vão-se lá foder!Aquilo não é forma de festejar um golo embora seja vista infelizmente algumas vezes!
Não me lembro de jogador do meu clube o ter feito!Não sei se alguma vez aconteceu,eu não vi e espero nunca na vida ver!
Oh lampiões de merda,o ronaldo enquanto jogador do united aqui há uns tempos atrás teve problemas lá no vosso galinheiro por muito menos!E não faltaram os mesmos escribas que hoje desculpam o porco a criticar o ronaldo!
Partanto vão lá lamber sabão!

Filipe disse...

MM, o Ferguson queixa-se do castigo que é ter que jogar na Liga Europa. Alguns adeptos sugerem que a taça das quinta-feiras é uma chatice tão grande que a equipa que perde é que devia ser obrigada a seguir em frente.

A Liga Europa só tem algum valor para a equipa que vence a prova, como o FCP fez o ano passado. Para além de ganhar um troféu, permite disputar a supertaça, que tem uma visibilidade bem razoável.