sábado, fevereiro 26, 2011

Vitória 0 x 2 Académica

Deste jogo tiram-se (ou consolidam-se) três conclusões principais: a lentidão do meio-campo e do futebol ofensivo do Vitória não existe devido a nomes como os de Cléber ou Edson Sitta; Manuel Machado sabe muito bem porque é que a equipa tem que jogar com segurança (e daí a lentidão), evitando ao máximo que os adversários tenham condições para criar oportunidades de golo; é preferível continuar assim e perder porque se assumiram riscos, do que ganhar sem se saber bem como nem porquê.

Continuam a ser arrepiantes os passes longos laterais de João Alves (principalmente os que lançam contra-ataques adversários) bem como os passes longos de João Paulo. Para além de serem estúpidos por natureza, não se enquadram no tipo de jogo paciente que a equipa pratica normalmente e que tão bons resultados tem dado. Ontem teria dado novamente, não fosse, num par de ocasiões, o individualismo a sobrepor-se à partilha durante dois carrosséis bem desenhados e o acerto do contra-ataque da Académica perante a linha desalinhada do Vitória.

master kodro

7 comentários:

Pedro disse...

Grande Machado... LOLOL

Filipe disse...

Pedro, a briosa ganhou na Luz...

PB disse...

"do que ganhar sem se saber bem como nem porquê". Não pretendendo vir provocar o autor que presumo adepto do Vitória, tenho de dizer que dos jogos todos que vi o Vitória ganhar, tem sido mais ou menos da forma que a frase tão bem descreve. A posição na tabela e os resultados têm sido bestiais, tendo em conta a qualidade de jogo do Vitória. Mas, não tendo em conta a qualidade individual que há por Guimarães. Porque lá, estão N jogadores muito, mas mesmo muito bons, para a realidade portuguesa.

O Paços de Ferreira é mais um exmeplo de uma equipa que demonstra o quão importante é ter um bom treinador (e isso faz mesmo a diferença numa liga onde quase todos parecem muito fracos). Agora, é fácil todos percebermos que têm vários bons jogadores. Tivessem outro treinador, e se calhar ainda não o saberiamos.

master kodro disse...

Deves ter visto poucos jogos do Vitória, PB. E também não deves ver muitos do Paços. Acertei?

Pedro Santos disse...

Eu vou esperar pelo sumaríssimo ao animal do Douglas. Mas é melhor esperar sentado...

Pedro disse...

"Pedro, a briosa ganhou na Luz..."

E?

DUX_XXI disse...

Neste momento nós não tínhamos hipótese de jogar de outra forma no terreno de uma das melhores equipas da Liga. Não sei se Ulisses será o homem certo, tenho sérias dúvidas disso, mas teve uma entrada feliz, sem dúvida. Conseguiu perceber que temos pouca qualidade na posse de bola e apostou no contra-ataque. Foi feliz, mas não é este tipo de jogo que eu quero ver implantado na Briosa.

É um facto que a Briosa ganhou no terreno do Benfica com todo o mérito. Neste caso, com o Vitória, foi bem mais injusto.