sexta-feira, setembro 17, 2010

Porto 3 x 0 Rapid

O Rapid ainda ameaçou a baliza de Helton um par de vezes, na primeira parte, mas Rolando, Falcao e Rúben materializaram o domínio portista e deram ao Porto a 8ª vitória consecutiva, com um excelente registo de 21 golos marcados e 4 sofridos.

Foi, portanto, um jogo tranquilo para o Porto, com uma exibição agradável, na segunda parte. Deu para gerir o plantel, o esforço de alguns jogadores e dar minutos de competição a outros menos utilizados, nomeadamente Castro, Walter e, segundo nos contou o comentador da SIC, Gaitán, possivelmente a pensar no clássico de domingo.

Na ausência da inspiração individual de Hulk, o momento da noite saiu dos pés de 6 jogadores portistas. Falcao insiste na direita, recua para Moutinho, que entrega no centro para Fernando, que coloca na esquerda para Álvaro Pereira. O uruguaio adianta para Moutinho (lembram-se dele na direita?), que recua de calcanhar para Rúben, que tabela com Rodríguez e finaliza com um remate indefensável de fora da área. Um golo que vale a pena rever.

Muito provavelmente, Villas-Boas tem razão, quando diz que a derrota acabará por acontecer (e até poderá surgir quando menos se esperar). But not yet.


littbarski

14 comentários:

miguel_canada disse...

Não há muito a comentar. O futebol do Porto tornou-se simples e eficaz, bonito, criativo e letal. Ganhamos com simplicidade, não perdemos a tola em momento nenhum. Estamos a anos luz da concorrência e a única coisa que nos fará perder este campeonato serão as jogadas de bastidores planeadas pela malta do costume.
Mas como o Ricardo Costa já lá não está, acredito que este titulo será conquistado no relvado, como a gente gosta.

Saulo disse...

"...serão as jogadas de bastidores planeadas pela malta do costume."

Pinto da Costa, Lourenço Pinto, Reinaldo Teles, Rui Cerqueira, José Silvano, Jorge Gomes, Adelino Caldeira, Antero Henrique...

João disse...

F.C.P. o farol da verdade desportiva.

low desert puke disse...

"...acredito que este titulo será conquistado no relvado, como a gente gosta."

Mas és do Benfica agora?

Rearviewmirror disse...

O Benfica marcou um golo na LIGA DOS CAMPEÕES, em que os seus jogadores trocaram a bola, de uma baliza á outra...

Miguel, se não fosse o penalty vergonhoso da 1ª jornada, e os penaltys não marcados a favor de Rio Ave e Braga, andavas a cantar menos de galo...

Jorge disse...

De uma baliza a outra...Espectaculo!

littbarski disse...

Rearviewmirror, presumo que te estejas a referir à jogada após a qual o Cardozo mandou calar os adeptos benfiquistas. Acredito que tenha sido de levantar o estádio. Mas não te deixes iludir pelo comentador da SIC que conseguiu ver o Gaitán lá no meio do Porto-Rapid ou por O Público ter escrito que o jogo foi no estádio da Luz. A verdade é que nem tudo gira em torno do Benfica. Eu escrevo sobre os jogos do Porto. Neste caso particular, sobre a dinâmica ofensiva da equipa e um golo de belo efeito. O que, para ti, que estás habituado ao futebol demolidor do Benfica que esta época tem feito tantos estragos, é irrelevante, mas isso não é culpa minha. É dos árbitros. E da UEFA, que não deixou que o Gaitán se estreasse a marcar, atribuindo o golo ao Falcao.

Fredy disse...

Rearviewmirror, aquele jogo da liga dos campeões onde foi escandalosamente roubado um penalty ao Hapoel??

a vossa coerencia e hipocrisia continua a mesma me.... lol

Rearviewmirror disse...

Fredy

Foi nesse mesmo jogo sim. E era penalty sim. Não sei se viste algum benfiquista a dizer o contrário, por isso não sei onde está a hipocrisia. Aliás, até o próprio JJ disse logo que tinha ficado o penlaty por marcar.

miguel_canada disse...

Saulo, nunca vi o FCPorto a colocar stewards no túnel com o propósito único de provocar e insultar jogadores do benfica na expectativa de uma reacção mais do que previsível, para depois, numa acção concertada com o presidente do conselho de disciplina da liga arrancar uns castigos severos e fora do contexto jurídico para eliminar convenientemente alguns dos melhores jogadores dos potenciais concorrentes ao titulo.

Rearview mirror, o penalti da primeira jornada só é vergonhoso para gente sem cultura desportiva, onde o comum adepto benfiquista encaixa como uma luva.
Bola na mão dentro da grande área é penalti. O benfica também já usufruiu de dezenas de lances como este. Não percebo o escândalo.

O penalti a favor do Rio Ave é o único que concordo contigo. Nada a dizer. Era penalti. São erros que acontecem. O Hapoel que o diga.

O penalti do Braga não existe. Insere-se na mesma falta de cultura desportiva que já referi anteriormente.

No tribunal do Jogo, dois dos 3 ex-árbitros asseguram que não é penalti. Bernardo Ribeiro do Record também diz que não é penalti e na cronica da bola deu-se o beneficio da duvida ao arbitro.

Como a ti não te reconheço formação na área da arbitragem, deixo-te a inventar casos de penalti contra o FCPorto para aliviares a dor que sentes por ver o teu clube no estado em que está, a jogar um futebol miserável a que se assiste jornada após jornada.

low desert puke disse...

Fredy, sobre o penalty do Hapoel jà o rearview te respondeu, mas reconheço que nao te vi nunca escandalosamente a admitir coerentemente que houve dois penalties em guimaraes nao marcados.

Hipocrisia?

Rearviewmirror disse...

Miguel do Canadá.

Contra o Nacional da Madeira, há um lance IGUAL, que não deu penalty a favor do Benfica.
Critérios.
Eu por mim não marcava nenhum dos 2.
Mas o que é certo é que o FCP ganhou 2 pontos, e o BEnfica perdeu talvez 1. Ou 3, se o Penalty clarissimo como a água sobre o Coentrão tivesse sido marcado. (e este ainda estou á espera que tu, entendido da matéria, diga que não foi).
E assim se faz o novo campeão.

miguel_canada disse...

"...E assim se faz o novo campeão."

A prova dos 9 dessa tese foi retirada na época passada, meu caro.

Rearviewmirror disse...

O ano passado foram 146 golos em jogos oficiais.
Por isso não sei o que queres dizer com isso.