terça-feira, julho 06, 2010

Luz sobre o caso Moutinho

A partir dos jornais desta manhã, o caso Moutinho pode ser lido pela primeira vez num quadro de alguma lógica:

- o Sporting quer vender
- Moutinho quer sair
- há um compromisso em Junho que torna a transferência inevitável a partir dos 10 milhões de euros
- o FC Porto avança, Moutinho diz que sim e o Sporting não tem como dizer não, à luz do documento assinado

A estória está no DN e no JN: os dirigentes leoninos entregaram o activo Moutinho a uma pessoa (Zahavi) e não incluíram no acordo qualquer cláusula para impedir o capitão de rumar aos rivais.

kovacevic

4 comentários:

Pedro Almeida disse...

É mais fácil destruir o carácter de uma pessoa em conferência de imprensa do que admitir a própria incompetência.

RDS disse...

Curiosa opinião.

O que JEB e Costinha disseram em conferência de Imprensa, com as letras todas, não merece crédito.

Já a teoria da conspiração dos jornais, assumindo um mandato de estranha legalidade para negociar um jogador, merece total crédito!

Se a história do mandato que OBRIGAVA, sem excepção o Sporting a cretino por 10M€ for verdade, então a venda de JM não é boa - é uma pérola para os 'anais' do futebol...

Embora comece a gostar um pouquinho mais do Jeb, não lhe vejo ainda tamanhas qualidades! :)

RDS

Casimiro disse...

A ser verdade isto...não tenho qualquer dúvida: estamos perante os piores dirigentes que alguma vez estiveram à frente de um clube.

De qualquer forma, a actuação do jeb e acólitos foi muito prejudicial para o sporting..receio que a maça podre ainda esteja em alvalade.

RDS disse...

Casimiro,

se não te lembras, podes procurar no Youtube declarações do Moutinho (procura por Moutinho/Everton), e perceberás que foi indigno da camisola...

Mas podes continuar de olhos bem fechados...

RDS