sexta-feira, março 12, 2010

Benfica 1 x Marselha 1

Excelente. Jogo intenso, bem disputado, emocionante. O ambiente no estádio: nunca me arrependo de estar presente. Lucho González: o homem é tão bom, mas tão bom, que até irrita.

Bom. A segunda parte do Benfica, ao jeito do que nos tem habituado esta época: pressionante, audaz, veloz na troca de bola e na procura dos espaços. A entrada de Carlos Martins, que agitou a equipa. A exibição de Saviola. O Marselha, formação de qualidade indiscutível.

Razoável. Júlio César vai mostrando que é uma alternativa de futuro a Quim.

Mau. O resultado. Será preciso uma exibição notável em Marselha para que o Benfica siga em frente.

Péssimo. Aimar: absolutamente desastrado. A primeira parte de Javi Garcia (felizmente melhorou na segunda): molengão, lento e desposicionado. A passividade defensiva no lance do empate.

katanec

11 comentários:

richard disse...

O pessoal marra que a primeira parte do Benfica não foi muito boa mas a verdade é que nessa parte teve duas oportunidades excelentes para abrir o marcador.

low desert puke disse...

Eu vi um Benfica sòlido e equilibrado durante 90 minutos. Quis vencer, tal como o Marselha. A questao é mesmo essa: o Marselha é a equipa mais forte que jogou contra nòs esta época - anos seguidos de participaçao na Chapions, portanto jogadores tarimbados e de qualidade indiscutivel. O Deschamps chegou a ter os tomates apertadinhos, no entanto.

Là podemos ganhar.

Francisco disse...

5-0?? ahahaha

Presunção e água benta...

master kodro disse...

Eu acrescentava dois nomes ao teu catálogo, katanec: Maxi no bom (é impressionante como ele passa, jogo após jogo, os últimos quinze minutos a entrar na área adversária e a pressionar o adversário onde for necessário); Cardozo, no péssimo, por todas as razões apresentadas ontem.

N. disse...

Francisco, continuas a festejar a vitória do Arsenal? Isso é no tópico mais abaixo. :)

Mr. Shankly disse...

Concordo com tudo, e também com o que diz o mk. E acrescento: resultado justo.

Richard, é verdade. Mas o OM falhou 3 oportunidades claras na 1ª parte (duas por Lucho, uma por Brandão).

Francisco, achas mesmo que o Jesus prometeu dar 5-0?

Pedro disse...

Este resultado obriga o SLB a ir à procura do golo em Marselha e essa é a forma de jogar q este Benfica mais gosta. Pode ser bom.

Jesus quis conter o ritmo do jogo pensando no campeonato e no jogo da segunda mão. O golo sofrido a cair do pano estragou-lhe a estratégia...é ir vencer ao Velodróme e está tudo resolvido. Ainda é cedo para a Europa dizer adeus a este Benfica.

António Pista disse...

Por incrível que pareça, e dadas as circunstâncias, o Benfica terá mais possibilidades de passar que o Sporting, senão vejamos:

- O Benfica ainda só não marcou golos em 3 partidas esta época, pelo que não se adivinha que soma o 4º jogo em Marselha;

- O Sporting fez o pior resultado que podia fazer empatando, estando sempre à mercê do Atlético marcar e complicar e muito as contas...

Duas equipas distintas, com argumentos bem diferentes!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com

@leo@ disse...

António Pista

Já cá faltava a piada.

Froes disse...

António Pista,

O Sporting entra no jogo (em casa) a saber que se ficar tudo como está, vai pelo menos a prolongamento.

O benfica entra no jogo (fora) com a obrigação de marcar, porque se não o fizer, é eliminado.

Também posso usar estes "argumentos" para dizer que o Sporting tem mais possibilidades que o benfica...

Rearviewmirror disse...

As quatro equipas que jogaram ontem são equivalentes entre si:
Benfica e Marselha muito competitivas e a praticar um futebol de alta rotação, (e isso ve-se no excelente campeonato que estão a fazer nos seus paises), Atl MAdrid e Sporting, equipas tristess, que jogam um futebol "suficiente menos" .
Por isso é que o jogo das 6h, foi algo de enfadonho e monotono, e o jogo das 8h, foi talvez o melhor jogo de futebol que foi feito esta época em Portugal, sempre jogado taco-a-taco do inicio ao fim.

Grande Benfica. Grande Marselha