sábado, abril 11, 2009

Sporting à batatada

A sério, onde é que andaram estes tipos nos últimos anos? Pedro Souto diz que Luís Duque gosta das suas ideias e parece que só se candidata se Soares Franco, Ribeiro Telles e Bettencourt não avançarem, pelo menos é o que diz Pedro Sousa Moraes que gosta de Dias da Cunha e de João Rocha, mas não gosta de Soares Franco, que afinal, e apesar de não ser candidato, defende a honra dizendo que não é cobarde e que vai debater com Dias da Cunha, outro que não é candidato, pelo que pergunto, vão debater o quê? Disto tudo percebe-se que, no Sporting, o que é importante é ter um padrinho e o que realmente importa é saber o que pensam os padrinhos.

master kodro

2 comentários:

cparis disse...

É bom voltar de férias e ver que algumas coisas mudaram. Até já há quem concorde comigo:

O Sporting em vez de ser Sporting Clube de Portugal é hoje o Sporting Clube Paulo Bento. Não vejo nem o Pedro Barbosa nem o Salema Garção darem a cara, é sempre o Paulo Bento.

Pensava que vivia numa realidade paralela, mas devia ser cansaço.

Virgílio Bernardino disse...

Julgava que padrinhos, papas e afins era mais prós lados da inbicta...