sábado, abril 25, 2009

Portugal, o pior futebol do Mundo # 2

Campeonato francês decidido pelos árbitros? É a opinião do presidente do Lyon. Acusações gravíssimas de quem está habituado a ganhar mas está a ver o campeonato a escapar-se: "Ca fait deux matches perdus non pas sur de mauvaises prestations, mais vraisemblablement sur un certain nombre de décisions. Est-ce que la pression est trop forte pour les arbitres quand un certain nombre de gens les critiquent, ou suspectent que la force de Lyon réside dans cette capacité à gagner ses matches dans les temps forts ?".

Aulas vai ao pormenor de escalpelizar alguns lances (vejam bem, lances de mão e de expulsões!):

"C'est une main complètement volontaire. Ce qui est grave, c'est que l'arbitre de touche avait signalé penalty, M. Layec me l'a d'ailleurs confirmé. C'est donc une décision volontaire de l'arbitre d'annuler un penalty signalé par un arbitre de touche qui était bien placé. Mais quand on se trompe souvent, et souvent dans le même sens, les joueurs ne peuvent qu'être accablés. La décision aussi de maintenir Sessegnon en jeu alors qu'il y a une agression... redoublée d'une tentative de coup de poing sur Cris dans la foulée, ça méritait carton rouge."

Falência
O vencedor da Taça da Bélgica de 2003, o La Louvière, vai fechar a loja por dificuldades financeiras.

Selos Na Alemanha, há porrada nos treinos. Nem com a liderança a malta se acalma.

Árbitros com dualidade de critérios? Na Alemanha? Para além dos selos? É do que se queixa Luca Toni, o gigante italiano do Bayern.

master kodro

11 comentários:

pitons na boca disse...

Por essas e por outras é que eu nunca gostei da língua francesa.... onde já se viu existir uma palavra "vraisemblablement"?

São loucos, estes franceses... :)

luissm disse...

O que é que queres provar com isto?

Que os árbitros lá fora são tão maus como os de cá?

Que não nos devemos queixar dos nossos porque os outros também são maus?

Que os erros dos de cá não podem resultar de corrupção porque os estrangeiros também erram?

Parece-me ser esta última, mas não vejo o nexo de causalidade.

Jorge disse...

Nao quereras chamar a esta seccao "Portugal - o pior campeonato do mundo?" E que nao estas a falar de futebol propriamente dito, mas de outros factores que afectam a qualidade do campeonato.

master kodro disse...

Para uma grande parte de quem aqui comenta, Jorge, o futebol são os casos que impedem o seu próprio clube de ser campeão. E aquele futebol de que eu costumo falar é constantemente minimizado perante os erros de arbitragem, esses sim decisivos para tudo o que acontece. Basta leres qualquer caixa de comentários. E ainda sou insultado por não escrever sobre casos de arbitragem (por pessoas que já sabem que não o faço por regra) e de não lhes dar a devida importância.

O futebol português é constantemente ligado a casos de arbitragem, corrupção, incompetência e indisciplina, sendo os outros os bons.

Agora também vão ter aquilo de que gostam sobre outros campeonatos. Os campeonatos de que vêem e conhecem apenas o Barcelona e o Manchester, o Messi e o Ronaldo.

leaoconselheiro disse...

"Agora também vão ter aquilo de que gostam sobre outros campeonatos. Os campeonatos de que vêem e conhecem apenas o Barcelona e o Manchester, o Messi e o Ronaldo."

Pela parte que me toca, obrigado, Mk!

Sobre o primeiro jogo, provavelmente não ouviste as declarações do treinador do Lyon a seguir ao jogo...

Já agora, não se arranjam aí umas escutas suspeitas num desses campeonatos? Uma visita de um árbitro a casa de um presidente na véspera de um jogo? Um penalti por telepatia? Uma lei da vantagem num penalti? Uma falta que é marcada depois da bola entrar, quando icialmente tinha sido ignorada?

Tenho a certeza que vais conseguir...

Infante disse...

Mesmo percebendo o objectivo do MK, a mim não me consola nada saber que "lá fora os árbitros também são maus". Isso não apaga os aspectos miseráveis extra-arbitragem do futebol português (que são bem mais do que saber se Portugal está em 7º ou 8º lugar do ranking)

E eu até conheço bem mais dos outros campeonatos do que apenas Manchester e Barcelona. Quem me dera a mim que o campeonato português fosse um décimo dos 5 principais campeonatos (e estou a contar com as subvalorizadas ligas de França e Alemanha também).

Aceitaria de bom grado que houvesse 10 vezes mais erros de arbitragem em Portugal, se houvesse também as características de outros campeonatos: clubes com adeptos, estádios bem compostos, clubes que não andassem a perder os seus melhores jogadores para equipas de meio da tabela da Grécia, Roménia e Turquia, etc...

Se tivéssemos um campeonato assim, já me preocupava mais com o mal dos outros.

cumps.

master kodro disse...

E são quantos, infante? 5? 7? Foda-se, estamos mesmo nas ruas da amrgura. Há cinco (a sete) campeonatos melhores do que o nosso. Temos mesmo um campeonato de merda.

Infante disse...

Eu não acho que Portugal tenha um campeonato de merda. De merda são os das Ilhas Faroe e por aí fora. Agora não vamos atirar areia para os olhos dos outros. Deixa-te mesmo assim tão confortado saber que há erros de arbitragem e cenas de pancada em campeonato muito superiores ao português ? A mim não.

A mim deixa-me preocupado saber que a maior parte dos clubes em Portugal não tem adeptos para encher um autocarro. Deixa-me preocupado saber que só cerca de um terço dos jogos do campeonato português do ano passado teve mais de 5 mil pessoas a assistir. Deixa-me preocupado saber que as equipas pequenas e médias tugas estão a levar uma “coça financeira” dos clubes médios da Roménia, Turquia, Grécia; deixa-me preocupado ver o teu V.Guimarães em vésperas de jogar a LC a perder o Ghilas para um clube da 2º divisão espanhola e em Janeiro a perder o Momha para o Bursaspor da Turquia, o Leixões a perder Wesley para o Vaslui e a Académica Pavlovic para o mesmo clube, o Marítimo Ricardo Esteves e Fábio Felício para o Asteras Tripolis, etc…

Um dia, podes querer escrever um post sobre isto. Mas eu percebo: analisar rankings e dizer que a arbitragem nos outros países também é má, isso é que é importante…

leaoconselheiro disse...

O problema é só 1 Infante, não são 2 ou 3. Quem manda nos destinos do futebol português está pouco interessado com o seu futuro. O que interessa é o presente. A projecção pessoal neste e no próximo ano. É uma forma de gerir que não evoluiu desde os anos 80 mas que agora tem a televisão como concorrência e não tem os dinheiros públicos para alavancar as receitas.

Como cá temos o privilegio de ter bons jogadores, treinadores e uma boa posição no mercado brasileiro, vamos disfarçando isso porque as melhores equipas não têm perdido muita qualidade e por isso o ranking aguenta-se e sobe sempre muito quando ficamos só 3 ou 4 equipas na Europa. O pessoal agarra-se a um ranking que é feito por 4 equipas enquanto tudo o resto apodrece.

O problema da arbitragem é apenas uma das faces do problema maior que é aquele a que te referes que é a forma como é conduzido o futebol português. E digo-te mais, isto vai piorar porque a tendência é para em Portugal não haver mais do que 4 ou 5 clubes com mais do que 5000 adeptos. Entretanto, podemos continuar a comparar rankings e falar dos casos de outros campeonatos.

Mas é melhor assim. Se é para cair, que seja com um sorriso nos lábios!!

leaoconselheiro disse...

Mk,

podes juntar aí à tua cruzada o penalti do Gomes hoje. Muito mau!

Infante disse...

"O pessoal agarra-se a um ranking que é feito por 4 equipas enquanto tudo o resto apodrece."


É isto.

Quando no ano passado o FCP venceu o Marselha, lembro-me de ver pessoas a dizer "aha, afinal o campeonato português é melhor que o francês", como se as coisas pudessem ser postas nestes termos.

A melhor maneira de comparar campeonatos não são os rankings, que na verdade só comparam as melhores equipas. A melhor maneira é ir ver como são os Trofenses, Estrelas e Rio Aves das outras ligas. E garanto-vos, não são só os 5 principais campeonatos que nos que dão motivos para vergonha nesse aspecto...