quinta-feira, dezembro 04, 2008

Braga passa!

Com o gosto especial de esta qualificação ter sido conseguida com uma vitória em terrenos holandeses. Uma qualificação para a história com momentos memoráveis - para o bem e para o mal - com o ponto alto a residir na importante vitória de hoje e o ponto mais baixo naquele remate assassino de Ronaldinho Gaúcho num jogo magnífico dos bracarenses. Parabéns!

ps - Vejam o que se passou no minuto 93. A jogada individual e o falhanço à frente do guarda-redes...

master kodro

14 comentários:

leaoconselheiro disse...

Era um grupo muito difícil ao nível da Champions (excepto o Heerenveen), mas suspeitei sempre que fizessem sensação. Pena que só haja 1 Braga no futebol portuguès, senão não precisavamos de reduzir equipas para subir no ranking...

Atenção porque agora eles vão começar a subir no campeonato e só estão a 3 do Sporting e 6 do Benfica. Daqui a 5 jornadas a gente fala...

Zé Luís disse...

A RTP-N e a SIC-N não deram a informação básica na abertura dos noticiários das 22h.

Por sinal, eu não sabia o resultado, apenas que o Braga teria passado, pois estive a ver o outro jogo em que o David "Quim" James enterrou o Portsmouth.

Lamentável que uma notícia de última hora não tenha sido notícia no primeiro noticiário televisivo após a façanha.

Fosse outro o galo...

Carlos Saraiva disse...

Estava aver que no final o Braga ainda ia sofrer o empate, voltando a ceder nos últimos minutos, mas consgeuiram segurar a vantagem e o apuramento é muito justo.
Jesus merece, porque as criticas qùanto à produção interna não são justas, numa equipa pouco habituada a estas andanças de dois jogos semanais.

http://chutodeletra.blogspot.com/

luissm disse...

Grande Braga! Fez bastante pela vida e mereceu passar.

Agora...oh leao, o grupo não era de Champions nm pouco mais ou menos. A única equipa boa era o Milan. Wolfsburg, Heerenveen, Portsmouth, Champions... não liga.

Já na altura do sorteio disse que o Braga tinha tido mais sorte que o Benfica. E soube aproveitá-la.

Quanto ao post só discordo do ponto mais baixo. Perder no San Siro com um golo do Ronaldinho não é o ponto baixo de nenhum clube.

O ponto baixo do Braga neste grupo foi o golo do Wolfsburg no fim do jogo em Braga. E a contribuição do Eduardo para esse golo!

Se fosse GR de qualquer um dos três grandes toda a gente lhe tinha caído em cima. Como é do Braga desculpa-se! Não me venham é depois dizer que o Eduardo é GR para a selecção.

José disse...

E um golo de Renteria é sempre um facto assinalavel. Nunca vi um jogador que conquistasse tantas oportunidades e depois as falhasse todas.

Parabéns Jesus..

Pedro Reis disse...

"Já na altura do sorteio disse que o Braga tinha tido mais sorte que o Benfica."

Candidata a anedota do dia!

leaoconselheiro disse...

A qualificação do Braga acontece por mérito e não por qualquer benece do sorteio. Era um grupo muito mais dificil do que o do Benfica.

Neste grupo, o Metalist ficava em último... e mais não digo.

Ricardo disse...

"A qualificação do Braga acontece por mérito e não por qualquer benece do sorteio. Era um grupo muito mais dificil do que o do Benfica.

Neste grupo, o Metalist ficava em último... e mais não digo."

Leão,

um grupo "muito mais difícil"? Até aceito que digas que era mais difícil, embora não concorde, mas... "MUITO mais difícil"?

Só para que conste: Galatasaray, campeão turco, e Olimpiakos, campeão grego, dizem alguma coisa?

Estes exageros é que me deixam doente.

luissm disse...

"Candidata a anedota do dia!"

Queres explicar porquê? Ou ficas-te só pelo insulto fácil?!

Se explicares porquê eu dou-te resposta. Caso contrário, não vale a pena discutir.

luissm disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Reis disse...

Insulto? Haja paciência...

Lá porque foram redondamente derrotados, virem agora dizer que o grupo era difícil, ou mais dificil que o do Braga, para mim é uma anedota.

leaoconselheiro disse...

Ricardo,

Que nao seja pelo "muito" que ficas doente!

Acho que é consideravelmente mais dificil. "muito" é subjectivo. Milan, Wolfsburgo e Portsmouth é um grupo ao nível da Champions. O grupo do Benfica não era facil para o que se apanha na Uefa (apesar de não ter nenhuma equipa das 3 melhores ligas europeias, o que ajuda) mas acho que o do Braga era, só, o mais dificil de todos

luissm disse...

Oh Pedro Reis,

Já vão dois insultos :). Mas já percebi que é por clubite e não por análise de factos. Menos mal.

1) Se eu afirmasse que o que tu dizes é anedota, interpretarias como insulto fácil, certo? Eu assim o fiz.

2) Não sou do Benfica, bolas! Sou bem verdinho, mas isso não me inibe de achar que o Benfica teve um sorteio com menos sorte que o Braga.

Vamos a factos e premissas que talvez te façam perceber que a realidade não é anedótica (recuperando um comment que deixei aqui em Outubro):

Quando estamos num sorteio, só podemos dizer que temos azar se nos calharem as piores das alternativas que se nos deparam (em termos absolutos ou comparando com outro clube).

Como o Braga e o Benfica estão em potes diferentes era expectável que o grupo do Braga fosse menos acessível que o do Benfica. Pela simples razão do Benfica ser cabeça de série e o Braga não.

As sortes do Benfica e do Braga só podem ser comparadas nos potes 2, 4 e 5. Além disso, podemos ainda ver a sorte na distribuição dos jogos em casa e fora.

No pote 2 temos Olympiakos e Heerenveen. Campeão grego contra sexto classificado do campeonato holandês. Em ambos os casos o jogo foi fora.

No pote 4 temos Herta e Portsmouth. O Portsmouth é o 88º do ranking da UEFA e o Herta é o 78º (pelo menos em Outubro eram). E os ingleses beneficiam dum coeficiente de país superior (caso contrário estariam ainda mais abaixo). Ainda por cima o Benfica jogou fora. Quem é que ficou com o osso mais complicado?

No pote 5 temos Metalist (145º) e o Wolfsburgo (106º), com ambas as equipas a jogarem em casa. Aqui poder-se-á dizer que o Benfica teve um bocado mais de sorte, mas eu valorizo menos o pote 5 porque tem as equipas mais fracas.

De qualquer forma, em 3 dos potes, acho que é indiscutível que o Braga teve mais sorte em 2.

Agora a questão dos jogos em casa.

O Braga conseguiu jogar contra as únicas duas equipas de potes inferiores ao seu em casa. Se isto não é sorte...

O jogo que à partida seria para perder (contra qualquer equipa do pote 1) é jogado fora.

Repara que, desde que há grupos na UEFA, só por uma vez uma equipa com 6 pontos não passou. O Braga, no pote 3, ficou com a oportunidade de fazer esses 6 pontos em casa contra equipas teoricamente inferiores.

Já o Benfica é supostamente superior a todos os clubes. Achas que alguém duvidava de 6 pontos para o Benfica se jogasse em casa contra Herta e Metalist? Eu não... mas não foi isso que aconteceu. E ainda consegue ter no seu grupo os campeões grego e turco.

De resto, é óbvio que o Milan é mais forte que o Gala. Mas isso não tem a ver com sorte. Decorre tão simplesmente da distribuição das equipas por potes.

leaoconselheiro disse...

Portsmouth é bem melhor que o Hertha e entre Wolfsburgo e Metalist nem há comparações...