domingo, setembro 05, 2010

Grandes resultados da selecção

Em jogos oficiais:

SET 2010 Portugal 4 x 4 Chipre (63.º)
OUT 2008 Portugal 0 x 0 Albânia (acabou o ano em 81.º)
AGO 2007 Arménia 1 x 1 Portugal (acabou o ano em 93.º)
OUT 2004 Liechtenstein 2 x 2 Portugal (acabou o ano em 142.º)

master kodro

17 comentários:

Pedro Almeida disse...

A Seleção Nacional iniciou a preparação para o jogo com a Noruega, na próxima terça-feira. O treino, realizado no Estádio 1.º de Maio em Braga, foi aberto ao público mas não cativou a atenção de muitos. Apenas duas dezenas de adeptos marcaram presença no local.

Record

Leão de Alvalade disse...

MK:
São de factos grandes resultados mas o de Guimarães é "mais grande" que todos os outros: 4 golos sofridos?!!!
contra o Chipre?!!

Filipe disse...

Outros «resultados históricos» em jogos
oficiais
1951 País de Gales- Portugal 2-1
1961 Luxemburgo-Portugal 4-2
1981 Israel-Portugal 4-1
1987 Portugal-Malta 2-2
1995 Canadá-Portugal 1-1
1996 Arménia-Portugal 0-0
1999 Azerbeijão-Portugal 1-1

Fora de casa temos alguma tradição quanto a "resultados históricos." Em casa, em jogos oficiais, só tínhamos dado uma balda destas em 1987 com Malta. Mas aí foi no rescaldo de Saltilho, com uma equipa de segunda linha.

SamM disse...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=220911

o mal é que agora a tendência é para empates caseiros e fora nem fazemos a diferença...

Pedro disse...

LOL

Pedro Almeida disse...

É chato é o facto de os dois resultados mais recentes serem em casa (um deles contra 10 durante a maior parte do tempo de jogo e no outro sofrermos 4 golos 4), estragarem um bocado a "teoria subliminal" aqui presente.

Cris Costa disse...

Por favor, queria linkar os blogs.

http://fichasfutebol.blogspot.com/

Se interessar, entre em contato por este setor.

Grato

Zé Luís disse...

Não dou para esse peditório.

Os resultados em si pouco dizem, escondem muita estória.

Nos tempos mais recentes, ganhar 1-o à Arménia em Leiria com um penálti inacreditável negado aos arménios e sob assobios do público ou o 2-1 ao Liechtenstein em Aveiro no tempo das vitórias "por meio a zero" igualmente sob um coro de assobios náo são melhores nem piores do que 4-4 com Chipre que tem mais méritos do que nas vitórias aludidas.

Pôr a cenoura ``a frente de certas narinas não é a melhor maneira de o animal andar para a frente.

master kodro disse...

Parece que tens razão, Zé Luis. Há aqui quem queira discutir problemas, a sério. Mas não é toda a gente. Ainda ontem me diziam que o empate com o Chipre tinha sido contra uma das piores selecções do mundo. Hoje, isso é ignorado, para passar a ser importante a audiência de um treino (aquele que teve 4000 não é abordado), depois, com ajuda, aparece a questão de ser em casa (como se fosse determinante a questão de jogar em casa ou fora perante estes 4 adversários claramente inferiores a nós). É "subliminal", de certeza. Também me lembrei do 2x1 no Cazaquistão. Abençoados turcos, Quaresma e Makukula.

Zé Luís disse...

Mas eu não discuto certos problemas com certa gente. É impraticável porque ou não sabem do que falam/têm os dados do problema em discussão; ou têm memória curta e/ou, pior, têm preconceitos, às vezes clubísticos, amiúde de ignorância pura para a qual Ortega y Gasset há 90 anos nos avisou: discutir com um ignorante é descer ao nível dele.

Vê-se pelo nível de comentários profundos mais uma vez aqui trazidos.

E normalmente até me abstenho de comentar. Só que já nem comento o que comentam ou entro em "diálogo". Leia-se a Rebelião das Massas e percebe-se tudo. Já temosa ignorantes a directores de informação de jornais e televisões, o mundo está perigoso.

Zé Luís disse...

E há questões de princípio: um deles é perceber a razão dos problemas, algo invariavelmente desprezado; outro é que, não sendo eu e penso que nenhum de ´nós político, não anseio em ficar na fotografia na hora das vitórias, nem me junto à matilha para morder os calcanhares a alguém quando as coisas correm mal e mais ninguém, com lucidez, aparece.

Creio que somos dois, três, quatro por aí?

José Leal disse...

eh ze luis,

então não sabes que isso de tentar perceber a razão dos problemas é «lixado», uma cena altamente desconfortavel?

é sempre melhor disparar estatisticas do que tentar tirar sentido delas.

master kodro disse...

Da parte de "disparar estatísticas" que me toca, José Leal, parece-me claro que estes números mostram que tens um resultado destes por campanha, mesmo no melhor período da selecção nacional.

pitons na boca disse...

Zé Luis,

"Os resultados em si pouco dizem, escondem muita estória."

Referencia à atitude da equipa, escolhas e decisões do seleccionador nos jogos da Costa do Marfim, Brasil e Espanha? :)

Pipos disse...

só pergunto que jogo oficial houve entre Portugal e Canadá em 1995?

há com cada invenção!

pitons na boca disse...

Foi para a importantíssima Copa Skydome, Pipos.

José Leal disse...

master kodro,

lá está a questão de disparar numeros. o que entendes por «um resultado destes» ? pura e simplesmente empates com equipas mais fracas? e fazes distinção entre resultados em casa ou fora? e quem é que decide que numeros apurados em cirscunstancias diferentes podem ser colocados no mesmo patamar?

podias por exemplo falar das derrotas caseiras em cada campanha, etc.

afinal , falando de resultados destes, empatámos com equipas manhosas em casa normalmente?