quinta-feira, outubro 15, 2009

Curtas da selecção

A Suécia não ficava de fora de uma fase final de uma grande competição desde 1998.

Cristiano Ronaldo marcou 8 golos na fase de qualificação para o Euro2008.

Cristiano Ronaldo marcou 7 golos na fase de qualificação para o Mundial 2006.

Cristiano Ronaldo marcou 0 golos na fase de qualificação para o Mundial 2010. Mas ainda não fomos eliminados.

Edinho marcou e ainda bem porque assim é definitivo: não gosto do gajo.

master kodro

20 comentários:

!nsurrecto disse...

o edinho também não gosta de ti...

Zé Luís disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zé Luís disse...

(refeito, com todo o rigor)
mk, lembras-te?
"se todos fizessem o que eu já fiz pela selecção"...

irá a tempo?

nm disse...

Zé Luís,

Pelos dados do MK se vê que o Cristiano Ronaldo já fez, de facto, muito pela selecção. E ainda que o rapaz ande de pé frio, ainda que um jogador da sua categoria devesse ter dado um maior contributo (em termos de golos à equipa) não penso que o possamos acusar de se ter escondido e de não ter procurado melhor sorte, para ele e para a selecção. Melhores dias virão e esperemos que recupere a tempo de nos ajudar nos "play off".

luis disse...

nm,

deixa lá isso. Há malta que nem com os factos à frente dos olhos chega lá. Não que não sejam inteligentes. É mais uma poeira que lhes torva a visão.

Ronaldo foi considerado o melhor do Mundo, é um marcador de golos exímio e um grande profissional.

Não marcou golos nesta fase, mas a culpa é só dele, mesmo que o faça noutros lugares.

Mr. Shankly disse...

Eu também não gosto do Edinho. Não é sequer bom jogador. Temo que vá para a África do Sul.
Assis é bom jogador, mas não de selecção. Peixoto nem isso. Para estes três preferia meter esperanças. Estão a fazer exactamente o quê na selecção?

Acho que a ponta final deste apuramento nos fará bem em termos de confiança. Se passarmos o playoff chegaremos moralizados por um percurso ascendente, e chegaremos ao Mundial como underdogs, o que pode ajudar.

pitons na boca disse...

"Estou-me a guardar para o Mundial", palavras dos 3 melhores do Mundo.
Sem duvida uma grande atitude de um "capitão" que manda bocas ao próprio publico, envergando a camisola da selecção.

kovacevic disse...

Inteiramente de acordo:

"Acho que a ponta final deste apuramento nos fará bem em termos de confiança. Se passarmos o playoff chegaremos moralizados por um percurso ascendente, e chegaremos ao Mundial como underdogs, o que pode ajudar"

acrescento que pode injectar confiança no próprio Queiroz, cuja ansiedade e instabilidade prejudicou, em vários momentos, a selecção

Zé Luís disse...

nm, estou contigo e, sim, agora torço pela selecção que é de todos e não de alguns.

Eu rio-me é de quem, magnânimo justamente e condescendente decerto por natureza, diz: ah, o rapaz está numa de pé frio, mas vai aquecer. Há muitos...

Até há pouco tempo o pé frio era só do CQ.

E eu rio-me com a coerência e a justtiça com que, ao longo do tempo, se tratam os homens.

Até parece que, diria Quinito, CQ chegou com a papinha feita... Era só jogar, mainada.

Vamos lá pôr os dois pés em África para nos rirmos todos. Até das parvoíces de alguns nesta meia maratona que dura há ano e meio.

Já agora, podia escolher a Ucrânia, que todos temem, mas acho mesmo que vai sair a Eslovénia, ou a Bósnia noutro palpite, portanto é mesmo na ex-Jugoslávia.

Assim toda a gente vai pensar que é fácil. Tal como nesta qualificação, o mais duro grupo de apuramento de Portugal desde 1998 com Alemanha e... Ucrânia (ficámos em 3º lugar), embora para 2002 foi forte (Holanda e Irlanda, pagaram os holandeses).

Mr. Shankly disse...

"Eu rio-me é de quem, magnânimo justamente e condescendente decerto por natureza, diz: ah, o rapaz está numa de pé frio, mas vai aquecer. Há muitos..."

Sim, que a realidade é que o CR joga pouquinho, pouquinho. Golos, nem vê-los. Bom é o Edinho.

Luciano Rodrigues disse...

Eu por mim afastava liminarmente o Cristiano Ronaldo da selecção. Fraquinho fraquinho.

Deus de facto é cruel.

master kodro disse...

Da minha parte, sobre o assunto CR, limitei-me a apresentar dados estatísticos que mostram que, nesta fase de apuramento, não tivemos o melhor jogador do mundo.

Mr. Shankly disse...

mk, há sempre duas leituras: não o tivemos ou não o aproveitámos.

luis disse...

A fase do apuramento compreende outras competicoes. Como foi o desempenho de CR nessas competicoes?

master kodro disse...

Claro que há duas leituras possíveis, shankly e luis. A questão é que eu vi os jogos e vi-o falhar vários golos sem oposição. Não em vão dizer que foi por falta de oportunidades, pois não?...

Há outra leitura mais importante que se pode retirar disto, mas que ninguém quer fazer, pelos vistos. Não me lembro dos números, porque já fiz isto há uns meses. Mas o CR já esteve mais vezes ausente em jogos oficiais nesta fase de qualificação do que em toda a sua anterior carreira na selecção, o que ajuda a explicar esta falta de golos. Ou seja, Queiroz, que faz muita merda, esteve meia qualificação sem o abono de família de outras qualificações. Explica tudo o que correu menos bem? Não. Ajuda a explicar? Sim. Mas ninguém quer ver isso, aparentemente. É mais fácil dizer que não foi aproveitado convenientemente. (como, já agora?...)

Mr. Shankly disse...

Eu não digo que não tenha sido aproveitado convenientemente, parece-me é que a selecção (excluindo as Maltas desta vida) teve uma produção ofensiva menor que o costume. E isto é uma opinião baseada nos jogos que vi, e pode estar completamente errada e haver dados que o comprovem. Mas é o que me pareceu. Ronaldo é simultaneamente vítima e réu disto. E queirós também, já agora.
Acho interessante a ideia de ROnaldo jogar no ataque em 4-4-2, mas até agora só é interessante: não vi grandes vantagens práticas. Isto não é crítica a Queirós, já Scolari o testara como Ponta de lança no 4-2-3-1, com pouco sucesso. Para mim, como avançado no 4-3-3 (e não a extremo no 4-2-3-1) será onde rende mais, mas isto sou eu a falar. Não sou o Queiroz ou o Scolari, que certamente percebem mais disto que eu. Mas pelo que vejo em termos de "produto final", é a ideia que tenho.

Metralha disse...

Eu ainda não percebo porque é que andam à caça às bruxas.

O CQ é um lider fraquissimo, deve perceber de metodologia de treino e teve oportunidades para o demonstrar em grandes clubes como treinador principal ( Sporting e Real ). Nestes 2 foi o que se viu e teve sucesso num clube apenas, como adjunto. É competente como treinador principal? É lógico que não e esta fase de apuramento é reflexo disso mesmo.

Quanto a Ronaldo, é obvio que após a eleição de melhor do mundo, adicionado ao seu ego, quis liderar a selecção, optando demasiadas vezes do "eu contra o mundo" que lhe valeram paupérrimas exibições e zero golos marcados.

nm disse...

Ter-se-á perdido por aí um comentário que fiz?

master kodro disse...

Shankly, começámos a jogar em 4x4x2 há 2 ou 3 jogos...

Zé Luís disse...

As pessoas pensam (?!) que por se constatar uma realidade, factualmente, é um ataque a alguém.

Creio ser mais ofensivo pensar-se que ganhámos estes jogos porque Simão marcou 2+1 golos.

Ora, o "insuportável" (adjectivo com aspas para alguns tentarem perceber a ironia que não é dirigida a ele mas a quem inala oddores assim) Simão com "cheiro" a Benfica não foi crucificado, na medida em que agora é justamente exaltado, quando falhou golos escandalosamente com a Dinamarca e em dois jogos!

Bem, se tivéssemos ganho à Dinamarca como podíamos e devíamos, o 1º lugar estava no papo.

Mas como não se olha para o "azar" (entre aspas, propositadamente) de Simão nos jogos mais importantes, prefere falar-se da sorte. E da sorte não de Portugal, mas de CQ.

É o costume, de resto, este raciocínio de quem tem ligação directa da cabeça aos intestinos.