terça-feira, setembro 15, 2009

Curtas

1. Interessantes afirmações de Paulo Bento no final do jogo com o Paços: "O Paços de Ferreira, com todos os problemas que teve, não criou nenhuma oportunidade de golo. A única que tiveram fomos nós que a criámos, no final da primeira parte". Registo para memória futura: as oportunidades de golo que resultam de erros do adversário não contam como oportunidades verdadeiras.

2. Também interessante outra afirmação: "A equipa continua a revelar ansiedade e falta de maturidade". Só para que conste: média de idades do onze do Sporting deste fim-de-semana: 25,09 anos. Média do Porto (onze contra Leixões): 24, 18 anos. Média do Benfica (onze contra Belenenses): 25,72 anos.

3. Em semana europeia, desafios com um nível de exigência bem diferente - desde o fácil BATE (será mesmo?) até ao impossível confronto em Stanford Bridge (e daí, quem sabe?). Pelo meio, uma visita a Heerenveen (que prevejo tranquila para o Sporting) e a recepção do Bremen por um Nacional irregular (um empate já sabia bem). Vamos lá trabalhar para as cores nacionais, rapaziada!

4. Notável triunfo de Del Potro no US Open, numa grande final em cinco sets. Muita consistência no serviço e no fundo do court, e grande resistência mental para bater Federer em dois tiebreaks e ir buscar o jogo depois de estar a perder por 2-1. Vai longe o rapaz. Do suíço tenho pouco a dizer: é o melhor jogador de ténis que já vi actuar e não é uma derrota num jogo onde foi apenas razoável que muda essa opinião.

katanec

17 comentários:

Valdemar disse...

Tiras daí a idade do Liédson, e do Angulo, gajos que não enterraram, bem pelo contrário, e podemos falar.

Isso da estatística tem que se lhe diga. Teres dois gajos de 32 anos no meio de um onze jovem, faz uma equipa inexperiente. A maioria são-no.

Teres uma equipa de 11 gajos com 25 anos, não o é tanto.

O mister quis dizer que foi a única equipa que quis ganhar. Críticas ao Paços que montou o autocarro.

Sê mentalmente honesto. Não sejas Rui Santos.

Abraço

Filipe disse...

"Teres dois gajos de 32 anos no meio de um onze jovem, faz uma equipa inexperiente."

Havia mais dois velhotes, Abel (31 anos) e Tonel (28 anos). É verdade que os outros 7 tinham entre 21 e 23 anos (média 22 anos).

"Teres uma equipa de 11 gajos com 25 anos, não o é tanto."

Aqui também exageras, tal como o Sporting o Porto entrou com apenas 4 "velhotes" (jogadores com 25 anos ou acima). Os restantes 7 tinham idades entre 22 e 24 anos (média 23 anos).

O Sporting não é particularmente jovem face ao Porto.

JNF disse...

1 - Bento forever.

2 - Os sportinguistas não podem falar das idades. Afinal, Aimar e Saviola já estão, segundo informações de Alvalade, na casa dos 50. E o Quim não conta, claro.

3 - Não torço por todas as equipas portuguesas. Apoio o Benfica, óbvio, mas os outros são-me indiferentes. Mas vá lá, boa sorte ao Nacional, Sporting e Ricardo Carvalho & companhia.

4 - Federer esteve mal. Eu que sou fã do suíço, tenho de reconhecer que o 3º set foi ganho com muita sorte. No 10º jogo de serviço, Del Potro falha um smash, vê uma bola de Federer bater na tela e ficar perto da rede após slice de direita, e ainda comete duas duplas-faltas. Por outro lado, Federer teve mais que uma hipótese para fechar a partida no 4º set, mas não foi capaz. Mas como dizes, não é por um jogo...

Pedro Reis disse...

Capa brilhante hoje do Record! Começa o circo... normalmente acaba em palhaçada!

Gabriel disse...

Estes lagartos são mesmo chorões... Esta equipa de jovens (alguns destes jovens já têm 3 anos de equipa principal e a jogar na Liga dos Campeões).
Eu acho que o segredo deles é mesmo esse, baixar as expectativas, arranjarem a desculpa da juventude e assim iludem a populaça queque.

jamsilva disse...

a joventude, a falta de maturidade, a falta de €€...
enfim uns especialistas...

jamsilva disse...

a joventude, a falta de maturidade, a falta de €€...
enfim uns especialistas...

Jorge disse...

1- podes explicar a deducao que fazes neste ponto?

2- O PB fala em maturidade da equipa tu falas na media de idades dos jogadores...

LMGM disse...

Ainda não sei porque é que o Porto não é favorito hoje.

Fredy disse...

Vá lá que o JNF assumiu o seu clube de forma aberta: o anti-portismo! logo depois bem o seu clube, o benfica!

obrigado pela sua honestidade! fossem todos assim e poupava-se conversas sem nexo com quem não vale a pena!

master kodro disse...

LMGM, não sabes porque agora utilizas a palavra favorito. Que não era a base da discussão original. Até porque já nem tu sabes o que querias dizer depois de equipas com um orçamento 5 vezes maior do que outras terem sido eliminadas pelos pobretanas com derrotas nos dois jogos de acesso à Champions. Com a agravante de terem sido usadas por ti como um argumento para comprovar a tua teoria. É a vida.

LMGM disse...

Qual era a base da discussão original?

É que mantenho a minha teoria, tendo a certeza que tu vais encontrar toda e qualquer excepção para a contrariar.

master kodro disse...

A base da discussão original era tudo menos o favorito. Não me admiro que mantenhas a tua teoria quando usas uma equipa vencedora com um orçamento cinco vezes inferior à outra para ilustrar que as equipas com orçamentos maiores ganham sempre.

LMGM disse...

Eu não uso uma equipa, uso todas.

MK, o orçamento do Manchester City cresceu no ano passado brutalmente isso não se traduziu em nada de concreto em termos de favoritismo, contudo se mantiverem esse nivel de investimento brevemente teremos mais um fenómeno Chelsea que é um clube reles com um dono rico, vê lá tu que este reles clube cuja única coisa que melhorou foi a sua capacidade de investimento hoje vence bi-campeões europeus e intercontinentais e UEFA e que nem com estes titulos todos consegue ser favorito contra um que nunca venceu nada.

Sobre o teu exemplo fetiche, quando o cento e quarenta e tal do ranking começar a investir os seus 60 milhões em jogadores em vez de estádio novo pode ser que vença regularmente o noventa e tal do ranking, queira a RedBull manter o investimento, na F1 já está a funcionar.

JLC disse...

O ponto 2 foi completamente ao lado.

A maturidade ou falta dela é uma coisa, a idade outra.

O PB falou numa, tu respondes com a segunda.

È assim mesmo.

JNF disse...

Diz lá, Freddy, que até apoias o Benfica nas europeias...

se a estupidez matasse...

Helder disse...

Caro katanec, saudações. Deixa-me lá ripostar mais uma vez sobre o mesmo tema em que sempre discordamos (Paulo Bento). O teu ponto 1, é sintomático da má vontade que se criou contra PB. Já nem vou discutir se o gajo é bom, se é burro, se deve ficar ou sair, porque aí impera o gosto e a opinião de cada um, e cada opinião tem a sua legitimidade, embora umas sejam mais sustentadas que outras. Vou ater-me só mesmo ao que escreveste no ponto 1. Que diabo, o PB apenas disse que o Paços não criou nenhuma oportunidade de golo. Disse e é verdade, que o golo que podia ter marcado foi o André Marques que meteu a bola nos pés do avançado pacense. Com isto quis apenas distinguir, que o SCP conseguiu impedir o Paços de gizar lances de perigo para a baliza leonina, tendo sido a excepção o lance já comentado, que é de plena responsabilidade leonina. O que é bem diferente de permitir ao adversário por mérito e autoria próprias, que crie chances de golo, em jogadas por si construídas. Sinceramente não acredito que não percebas isto. Ou foi cansaço, ou má interpretação na altura, ou então meu caro, tenho a dizer-te que foste contagiado pelo vírus Rui Santos. O que seria uma pena, porque apesar de discordar de ti sobre o Paulo Bento, julgo saber que ao contrário dele, tu és intelectualmente honesto. "Ataca" o PB, se essa é a tua convicção, mas por favor, argumentos desses não. Já provaste estar acima desse nível.
Abraço