sábado, janeiro 10, 2009

Cantinho do Vitória J14 - Tratado de banalidades

Podíamos ter ganho? Sim. Podíamos ter perdido? Sim. Dominámos? Sim. Merecemos ganhar? Não. Ou melhor, merecemos tanto ganhar, como perder, como empatar, porque esta equipa continua a trocar a bola, mas não cria oportunidades de golo em quantidade e qualidade suficiente para bater adversários que se remetem à defesa, tenham ou não qualidade. E porque ninguém faz nada para introduzir qualquer alteração táctica, sendo a mudança mais radical a troca de um lateral por um extremo passando o extremo original para lateral (ontem foi Desmarets, hoje foi Luis Filipe, que, como Desmarets ontem, estava a ser dos melhores e deixou de o ser porque foi afastado da zona de decisão, mas ainda foi a tempo de cometer erros parvos na defesa).

O jogo valeu por duas situações: pela luta entre Vidigal e Lucas, ganha pelo primeiro. Veterano contra novato, sendo este o menos culpado da sua derrota, por razões diversas, sendo a principal a sua falta de experiência, porque há quem seja absolutamente alérgico a lançar jogadores jovens; e pela exibição de Silvestre Varela, o único do Estrela que pensa para além da própria baliza e que o faz com bastante perigo.

Um longo bocejo.

ps - Para coroar uma exibição tão empolgante, nada melhor do que a ambição demonstrada pelo treinador Manuel Cajuda no fim da partida: "Acima de tudo não perdemos". Não há mais nada a dizer. A época acabou hoje.

master kodro

3 comentários:

leaoconselheiro disse...

Mk,

Mereceu muito mais perder do que ganhar. Aliás, pelos jogos que vi, o Vitória tem pontos a mais em Guimarães esta época. Entre Braga, Paços e Estrela fazer 3 pontos é bem bom...

Peyroteo disse...

Varela em grande forma

Cósmico disse...

O Cajuda já passou a validade. E já ia de patins... mas isso sou eu que não sei ver futebol.

ps: O Benfica lá voltou a ganhar com um exibição deliciosa e consistente. Mais uma vez prejudicado.