quarta-feira, outubro 24, 2012

Ai Mãezinha...

Cada vez mais acredito que um treinador que não conhece as subtilezas, manhas e vielas do campeonato português está condenado ao fracasso. É preciso contrariar equipas sem nada a perder, que jogam tudo no erro adversário, com 11 homens atrás da bola, agressividade além das regras e um contra-ataque venenoso. O futebol é miserável, claro, mas chega para travar jogadores borrados de medo, como têm sido os do Sporting. Os piores exemplares deste modelo sem igual na Europa, que é o resultado de anos e anos de apuramento do treinador luso, enquanto espécie, são tacticamente consistentes, abusam do antijogo e aderem fanaticamente a uma estratégia defensiva que já nem em Itália se vê. Caçadores furtivos a semear armadilhas.

Portanto, amigo Vercauteren, prepara-te para o teu próprio Vietname...

kovacevic

22 comentários:

MM disse...

Kovacevic, não deixes que o pessimismo te intimide. Se consultares as sítios de notícias e respectivos comentários ou blogs como o destes imbecis verificarás que já se dizem 'por aí' muitas piadas próprias de gente estúpida. Verdade de bolso que deverá ser guardada: a Liga Portuguesa não é melhor que a Belga, Francesa, Holandesa, Escocesa, Grega, é se calhar um bocadinho melhor que a Irlandesa e não é definitivamente melhor que a Russa ou Ucrâniana.

Férenc Meszaros disse...

Vietname. Nem mais. Mas o pior ainda são os Coroneis Kurtz do Sporting...

'I watched a snail crawl along the edge of a straight razor. Crawling and slithering along the edge of a straight razor...'
Cor. Kurtz (Marlon Brando), Apocalipse Now

Infante disse...

Claro, se o homem falhar só pode ser porque o campeonato português é miserável e tal.

Eu que já critiquei tantas vezes o campeonato português (que é, de facto, pior do que a opinião pós-euforia europeia recente dá a entender) acho o post e o primeiro comentário de um exagero ridículo. Isto nem 8 nem 80.

De facto, não somos melhores que os fabulosos campeonatos da Escócia (onde o melhor clube não anda longe da descrição do Kovacevic) ou Grécia, sobretudo a Grécia, que goza de uma saúde robusta e onde o Zeca, ex- Setúbal é uma das grandes estrelas. MM, experimenta uma vez ver um jogo do campeonato ucraniano naqueles canais tipo 1+1. Digamos que o Shakthar não é propriamente uma amostra daquele campeonato.

O campeonato português é, de facto, um campeonato de segundo plano, com uma primeira linha de qualidade e uma segunda linha pouco mais que medíocre, de clubes de pouca dimensão e competitividade. Mas ao menos tem uma óptima primeira linha, competitiva a nível internacional, que é mais do que se pode dizer da maioria dos campeonatos que elencaste (vê por exemplo a crise europeia dos clubes holandeses).

Eu percebo que vocês estejam frustrados com a situação do Sporting, mas é mesmo preciso este exagero todo?

master kodro disse...

Grande jogador...

MM disse...

Infante, tem algum exagero mas a parte relevante é: o campeonato Português não é melhor que o Belga, Escocês, Grego e Holandês. O exagero refere os campeonatos Russo e Ucrâniano porque estão longe, e estarem longe de Portugal é (como se fosse) uma mini-virtude.

Infante disse...

Nesse caso, ainda bem para vocês que o Sporting joga neste campeonatozeco, não? Nem quero saber o que seria se jogasse num campeonato melhor.

Para já admitamos que o nosso conhecimento desses campeonatos é relativamente limitado. As competições europeias não servem para avaliar a qualidade global de um campeonato, mas dão uma boa ideia da qualidade das melhores equipas de cada campeonato. E de todos as ligas que referiste só a francesa e a russa conseguem ter, pelo menos 4 equipas a um nível europeu decente, como acontece com Portugal. O exagero é mesmo Grécia e Escócia, desculpa lá.

Infante disse...

Aliás, antes de falarmos de Escócia ou Grécia, temos de falar é da Turquia. Esses sim, se estivessem na União Europeia, sem restrições de estrangeiros, nunca mais os apanhávamos.

MM disse...

Infante, não dão uma boa ideia de nada. Exceptuando o FCP para todas as outras o desfasamento é regular:

. o Benfica é muito melhor em Portugal que na UEFA, diz quem sabe em virtude do modelo de jogo que Jesus preconiza.
. o Sporting no ano passado foi à meia-final da UEFA e em Portugal fez o que se conhece. No ano passado ou últimos 3, para todos os efeitos
. o Braga há 2 anos foi à meia da UEFA e terminou em Portugal a 25 pontos do 1º, taco-a-taco com o Sporting de Paulo Sérgio.

E isto não acontece porque a liga Portuguesa tem mais dificuldade relativamente às provas da UEFA (óbvio que não tem). Às vezes significa o contrário, depende: porque os jogadores encaram jogos mais difíceis com outra motivação e não-raras vezes superam-se.

Não se misturam, o caso é mesmo esse: para o bem e para o mal as provas da UEFA nada têm que ver com os provas domésticas.

LDP disse...

O que é que o campeonato grego tem a mais, quantitativamente e qualitativamente falando, do que o portugues?

Adeptos que fazem barulho nas bancadas? Ok, e que mais?

Infante disse...

OK, vamos lá a ver, eu concordo que não se pode usar os resultados europeus para uma análise GLOBAL de um campeonato. Foi ridiculo ver aí gente a dizer que o campeonato português era maravilhoso, quando tivemos 3 equipas nas meias da UEFA. Naturalmente que o nivel médio do campeonato anda mais perto da Académica ou Olhanense do que do Porto ou Benfica. Isso acontece aqui e em qualquer lado.

Mas não me parece totalmente irrazoável achar que as competições europeias são um bom barómetro da qualidade da PRIMEIRA LINHA de cada campeonato. E nesse aspecto é um bocado dificil colocar o campeonato português atrás do grego ou do escocês que têm apenas uma equipa europeia em prova - aquela que arrasa o respectivo campeonato - e mesmo estas estão longe de fazerem brilharetes. É razoável achar-se que Benfica e Braga seriam favoritos contra Hibernians, Motherwell, PAOK, Panathinaikos ou não?

E ainda podes ir buscar outros critérios, além das competições europeias: venda de jogadores (a quem, por que preço e a sua importância nos melhores clubes do mundo), quantidade de internacionais nas provas de selecções (e em que selecções jogam).

Portugal tem os problemas que tem, como um fosso enorme entre os grandes e outros (a nível financeiro, de adeptos, etc.), mas não consigo encontrar um único critério em que esteja atrás da Escócia ou Grécia.

Parece-me que isto é mesmo frustração da tua parte e mesmo essa é incompreensível: os clubes pequenos/médios tugas têm a obrigação de abrir as pernas ao Sporting? Não achas que a capacidade financeira do Sporting, em comparação com quase todos os outros clubes, seria suficiente para ultrapassar esse "anti-jogo horrível" do campeonato português?

Filipe disse...

Pelo menos ao contrário de Domingos e Sá Pinto o homem ganhou títulos como treinador. Em particular, o homem foi campeão com o Genk, logo sabe gerir equipas supostamente não favoritas. Acho que foi uma boa escolha.

MM disse...

LDP,

O ónus está em quem afirma que o campeonato Português é melhor que o Belga, Grego, Holandês, Chinês, Luxemburguês, Chileno ou outros. Esses é que têm de demonstrar porquê, e depois demonstrar que o Belga é em razão disso um treinador insuficiente para o Sporting.

MM disse...

Infante,

Estou a falar de sapatos e tu respondes cebolas. Não estou frustrado por nada nem sei quem tem de abrir as pernas a quem nem estou sintonizado com qualquer 'anti-jogo'.

Fala-se na qualidade do campeonato Belga para à partida diminuir a escolha de Franky Vercauteren, tem só mesmo que ver com isso.

"É razoável achar-se que Benfica e Braga seriam favoritos contra Hibernians, Motherwell, PAOK, Panathinaikos ou não?"

Pois, não, não é, e é por isso que quando em sorteios calham equipas Israelitas, de Atenas ou Ucrânianas para os adeptos são sempre favas contadas mas depois levam aos 2, 3 e 5 de cada vez. Não de cada vez mas pronto, entendes o sentido. Da mesma forma que o Manchester City ou o Arsenal não são como 5 e 6 vezes mais equipa ou clube que o FCP e no entanto os portistas quando jogam em Inglaterra levam para casa brindes de 5 ou 6 golos com uma naturalidade um bocadinho estranha. O Braga excelentemente orientado por José Peseiro perde em casa por 0-2 com o Cluj e é goleado também em Braga pelo Shakhtar na época onde vai às meias-finais. O Benfica jogou há pouco tempo com equipas Belgas não jogou? Foi Fácil?

São manias essa do 'somos favoritos', ideias de superioridade mal enterradas nas mentes da maioria dos adeptos Portugueses. Seja como for falamos de equipas, 3 ou 4 de Portugal, nem são muitas. Equipas não são campeonatos: de que forma é o campeonato Belga inferior ao Português? Não é.

Infante disse...

Bom, antes de mais as minhas considerações não têm nada a ver com o Vercauteren, se ele vai ter sucesso ou não, ou com quem rebaixa o campeonato belga, por comparação com o português. Nem falei disso.

O que eu disse sobre o campeonato português não tem nada a ver com "superioridade mal enterrada". Pelo contrário, sempre fui muito crítico da liga portuguesa e de quem acha que esta é maravilhosa (a "4ª melhor da Europa", como já ouvi jornalistas dizer, o que é perfeitamente ridículo). Agora, também acho que nem 8 ou 80. Nem é a maravilha que às vezes se lê nem a porcaria que estás aí a tentar fazer parecer.

Dei-te mais critérios para um bom campeonato além das competições europeias. As vendas (qual o valor das vendas dos melhores jogadores desses campeonatos?), o número de internacionais, por exemplo (quantos jogadores desses campeonatos jogam nas selecções de topo?). Na minha opinião, nesses critérios, Portugal está muitíssimo à frente da maioria dos campeonatos que listaste.

Falas das derrotas do Braga com o Cluj, bem podias falar da caminhada do clube à final da UEFA, em que eliminou equipas como o Liverpool, por exemplo. Ou do Benfica que no ano passado venceu um grupo com Man Utd. Não há campeonato no mundo que esteja isento de desaires e basta ver o que tem sido esta jornada europeia para os clubes ingleses.

E já agora, por que é que o onus está em quem afirma que o campeonato português é melhor? A pergunta do LDP é perfeitamente legítima. Dá lá um critériozinho que seja em que Escócia ou Grécia sejam superiores a Portugal?

LDP disse...

Pergunta:
"O que é que o campeonato grego tem a mais, quantitativamente e qualitativamente falando, do que o portugues?"

Resposta:
"O ónus está em quem afirma que o campeonato Português é melhor que o Belga, Grego, Holandês, Chinês, Luxemburguês, Chileno ou outros. "

Deve ser esta a tal diferença entre sapatos e cebolas.

Tomé Silva disse...

Contratar Vercauteren é apenas sacudir o lixo para debaixo do tapete.

Confesso a minha ignorância acerca do trabalho deste treinador,mas por muito bom que seja terá sempre demasiado lixo para varrer.

galvao99 disse...

Estrangeiro ou Português, o Sporting volta a ter um treinador. Essa é a noticia.

MM disse...

LDP,

Ja nao tinha presente as tuas dificuldades. As minhas desculpas.


Infante,

E as minhas consideracoes so tem que ver com Vercauteren e com o rebaixamento do campeonato Belga como forma de desvalorizar os 3 titulos de campeao. Nao foi um comentario que resultou de qualquer das tuas consideracoes nem sequer do conteudo do 'post'.

Tambem nao disse que a liga Portuguesa e uma porcaria. Nem que a liga Portuguesa e pior que a Belga, Grega, Escocesa ou Japonesa (parte que o LDP nao entendeu). Os argumentos (alguns) que ferem Franky Vercauteren, esses sim, afirmam que a Liga Belga e claramente inferior a Portuguesa (parte que o LDP nao entendeu).

"E já agora, por que é que o onus está em quem afirma que o campeonato português é melhor? A pergunta do LDP é perfeitamente legítima. Dá lá um critériozinho que seja em que Escócia ou Grécia sejam superiores a Portugal?"

Novamente: se achas que a Liga Portuguesa e melhor que a Belga, Escocesa e Grega, es tu quem tem de demonstra-lo. Tu e/ou quem o afirme. A mim nao interessa se a Liga Belga e melhor ou pior que a Portuguesa, quero la saber disso. Interessa-me isso sim chamar atencao para o facto dessa ideia ser estupida e nao ser argumento relativamente ao novo treinador do Sporting: a Liga Portuguesa nao e superior a Belga, Escocesa, Holandesa, Grega ou outras.

MM disse...

Infante, seria o mesmo que eu ou alguem afirmar: "O senhor Vercauteren e um grande treinador porque foi campeao em clubes diferentes e ainda por cima numa liga superior e mais exigente que a Portuguesa".

Se o afirmasse, perguntar-me-ias "porque?". E nao te responderia nada, porque e uma ideia parva. E exactamente a mesma coisa.

Nao perguntes por que razoes e a Liga Portuguesa inferior a Belga, porque ninguem afirmou-o. Da ideia contraria ja nao pode dizer-se o mesmo.

Infante disse...

"Tambem nao disse que a liga Portuguesa e uma porcaria. Nem que a liga Portuguesa e pior que a Belga, Grega, Escocesa ou Japonesa (parte que o LDP nao entendeu)."

"a Liga Portuguesa nao e superior a Belga, Escocesa, Holandesa, Grega ou outras."


Ou seja, têm todas exactamente o mesmo valor, é isso? Por mim, tudo bem. Eu acho que não, mas OK. Reconheço que é muito dificil avaliar campeonatos "cientificamente", por assim dizer, mas há certos critérios que nos podem deixar uma ideia e estes dizem-me que é mais provável que o campeonato português seja superior a esses campeonatos do que o contrário.

E estou totalmente de acordo quando dizes que é ridículo desvalorizar-se o Vercauteren por ele vir da Bélgica. Mas isso provavelmente tem mais a ver com o gozo das rivalidades e tal. Muito dificilmente o Sporting conseguiria um treinador com quem ninguém gozasse, fosse Scolari, Couceiro, ou qualquer outro. Teria que ser preciso o Guardiola ou o Hiddink...

Continuo a achar sobretudo que o post do Kovacevic é ridículo. FCP e Benfica foram campeões nos ultimos anos (sobretudo em 2010 e 2011) marcando muitos golos, mandando nos jogos, sem precisarem de se preocupar com anti-jogo, autocarros e os "caçadores furtivos" do nosso campeonato. Com a tremenda diferença financeira que há entre os grandes e os outros não pode haver desculpazinhas de anti-jogo e por aí fora. Estas queixas sobre os pequenos são como um milionário furioso por o mendigo não lhe dar 5cêntimos.

MM disse...

Infante,

"FCP e Benfica foram campeões nos ultimos anos (sobretudo em 2010 e 2011) marcando muitos golos, mandando nos jogos, sem precisarem de se preocupar com anti-jogo, autocarros e os "caçadores furtivos" do nosso campeonato. Com a tremenda diferença financeira que há entre os grandes e os outros não pode haver desculpazinhas de anti-jogo e por aí fora. Estas queixas sobre os pequenos são como um milionário furioso por o mendigo não lhe dar 5cêntimos."

Nao contesto. E alastraria ao dominio das arbitragens - 9 para cada 10 vezes nao explicam em si mesmo nada. O nucleo sera sempre competencia desportiva. O mais existe, orbita, mas tem um tamanho muito mais pequeno.

1) "Tambem nao disse que a liga Portuguesa e uma porcaria. Nem que a liga Portuguesa e pior que a Belga, Grega, Escocesa ou Japonesa (parte que o LDP nao entendeu)."

2) "a Liga Portuguesa nao e superior a Belga, Escocesa, Holandesa, Grega ou outras."

E isso mesmo, completamente diferente uma de outra. Sao nuances numa vontade errada que sempre existe em dar-se valor as coisas A, B ou C para todo e qualquer assunto.

Tal como seria diferente dizer-se,

1) Franky e uma escolha boa porque na sequencia do que no ultimo mes aconteceu no clube e uma lufada de ar fresco, foi campeao em 2 clubes, 1 deles pouco favorito a se-lo e ja orientou uma seleccao Europeia. Alem disso, exceptuando a experiencia no medio ou proximo-Oriente os clubes por onde passou guardam saudade dos seus servicos.

2) Franky e uma boa escolha porque e claramente melhor que a trampa de Jorge Jesus, Peseiro e Vitor Pereira, treinadores pequenos que so ganham titulos numa liga como a Portuguesa.

LDP disse...

Jà eu terei sempre presente as tuas artimanhas de discurso e a insistencia com que cais em contradiçao.

Eu perguntei (e tu nao respondeste) o que é que o campeonato grego tem a mais do que o portugues. Somente.
E tu respondeste que eu nao entendi que os argumentos para rebaixar o Vercauteren afirmam que a liga belga é claramente inferior à portuguesa. Entre outras coisas.

Se me disseres onde é que eu menciono a liga belga ou outra, para là da grega talvez eu entenda melhor, mas ainda assim...
"Novamente: se achas que a Liga Portuguesa e melhor que a Belga, Escocesa e Grega, es tu quem tem de demonstra-lo. Tu e/ou quem o afirme."
Usando as tuas palavras, e pela terceira vez(!), demonstra-nos em que é que a liga grega bate a portuguesa.