terça-feira, outubro 23, 2012

À deriva

Eis o rumo do Sporting. Queimaram-se dois treinadores - Domingos e Sá Pinto -, o terceiro nasceu queimado, pelo meio tentou-se Scolari que deixou o Palmeiras à beira da segunda brasileira, agora foi Duque e Freitas por arrasto - portanto todo o "projecto" para o futebol - e agora fala-se em Couceiro, que, do que me lembro, não deixou obra feita em lado nenhum por onde passou - Sporting incluído. Falta saber para onde soprará o vento, sabendo que os ventos têm estado tramados, mesmo para quem tem rumos traçados.

master kodro

4 comentários:

Grilo Falante disse...

"o terceiro nasceu queimado" Uma boca um bocadinho racista, MK. ;)

master kodro disse...

Foi sem intenção, confesso... :)

Joao disse...

"o terceiro nasceu queimado" Uma boca um bocadinho racista, MK. ;)

Ahahahahahhahahaha!!!

Entre Couceiro e Scolari mais vale ficar com o Paulinho, que se calhar sabe mais de futebol do que muitos treinadores da nossa praça...

master kodro disse...

A sério que não era essa a intenção. O homem sem experiência, com esta equipa neste estado, com um anúncio subentendido de que estava a (curto) prazo, estreia-se no Dragão... É dose.