sexta-feira, junho 08, 2012

Pausa para olhar mitos da Liga

Afinal Leonardo Jardim não foi para o Porto - foi para o Olympiakos - e afinal foi Peseiro, e não Sérgio Conceição, que assinou pelo Braga. Mas o que se escreveu a este propósito não se retira, apaga (e muito menos comenta, agora): é assim mesmo que funciona a propaganda. Quem a espalha sabe que é assim; quem a acolhe como se fosse ideia própria, ou não sabe ou não quer saber (o que ainda é pior).

master kodro

3 comentários:

Pedro disse...

É uma campanha que dura, dura, dura, dura e o Porto ganha, ganha, ganha, ganha...

E MK, não tenhas dúvidasm o próximo cavalo de batalha vão ser os árbitros estrangeiros.

Aliás, essa campanha já começou aqui:

http://bnrb.blogspot.pt/2012/06/e-fartar-villanage-people.html

Quanto não vale umas idas ao estádio de borla e umas subidas ao camarote presidencial.

master kodro disse...

Acredito, Pedro. É preciso sempre inovar, quando se escreve tanta barbaridade. Também essa me parece fadada para o sucesso: no ano em que Portugal tem o melhor da Europa, nada como ir buscar estrangeiros... que por acaso colocaram o Braga na final de uma competição europeia, sem ser na PlayStation.

Hugo disse...

Lembro-me do Jose Marinho escrever que com árbitros estrangeiros, o Braga ia ser sovado e depois foi o que se viu.
Que continuem assim é o que eu desejo