quarta-feira, janeiro 14, 2009

Chamem a polícia

Ainda não parei de rir. Quase dá vontade de falar em justiça poética: o Sporting acaba de ganhar ao Rio Ave por 1-0 com um golo vergonhoso, estando Vukcevic pelo menos dois metros fora-de-jogo, num lance em que não está quase ninguém na área e o fiscal-de-linha tem visão privilegiada. Aguardo pois, pacientemente, reacções de choque, espanto e indignação - em particular de Paulo Abreu, Rogério Alves e restante grupelho. De preferência, utilizando as palavras "roubo", "premeditação" e "escândalo".

katanec

44 comentários:

Luciano Rodrigues disse...

LOLOL! Muito mau, é que estão os 2 fora-de-jogo, no primeiro remate o Izmailov acho, e no segundo o Vuk. Espectáculo. :)

Filipe disse...

Que se lixe isso, grande golo do Di Maria!

cj disse...

Engraçado seria o Futebol Clube do Porto ser beneficiado com estas arbitragens...


Agora, só se argumenta com a inoperância qualitativa/profissional da arbitragem.
Curioso.


Os cães ladram e a caravana passa.
A assimetria cromática continua a toldar o espírito desportivo deste país.

JLC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JLC disse...

Eu confesso que ás vezes perco a vontade de seguir os posts de muita gente.

Quantas vezes será preciso dizer, katanec, que o problema não foi o golo do dluiz, ou o penalti do di maria, ou o do luisao?

O problema é durante um jogo de 90 minutos, haver 3 decisoes más e graves, todas para o mesmo lado?

E deixo-te com o teu paragrafo, outra vez
"então por que diabo criticam os outros quando se envolvem nas mesmas práticas? Não seria mais fácil adoptarem OUTRA atitude, dar um exemplo DIFERENTE, para depois terem autoridade moral na altura certa?"

nao seria mais facil adoptares uma atitude diferente? ou atitude diferente são 4 ou 5 posts a falar do mesmo, com a atitude que tu proprio criticas?

joaoscp78 disse...

Querem fazer de uma competição inutil a expurgação dos vossos pecados.
Não é com compensações parvas em Taças da Liga que se esqueçe o de domingo.
Era mais facil para vcs, admito que sim, mas o de domingo nao se esquece facilmente.
Nem nos jogos do Porto me lembro de ver um arbitro tão caseiro.

PPA disse...

Comparar um lance do Rio-Ave - Sporting com 90 minutos de festival de roubos à Calabote no SLB-Braga só pode ser brincadeira!

PPA disse...

Rio-Ave, 0 – Sporting, 1
Pouco interessante este desafio que um Sporting de 2ª linha acaba por vencer perto do final com um golo de recarga de Vukcevic, beneficiando diga-se de posição irregular.
Evidentemente que este lance, sem efeitos práticos, pois o Rio-Ave empatando era o mesmo que perder, ou seja, nunca seguiria em frente; e o Sporting mesmo que perdesse mantinha-se no 1º lugar; irá ser aproveitado à exaustão (já começou com os jornalistas a perguntarem a tudo e todos. Só é pena que não tenham feito o mesmo noutros estádios. E desde logo com a convocação do homem dos caracóis para gritar em directo na SIC Notícias de imediato!) para ser comparado com o incomparável: um roubo de Catedral ocorrido no estádio da luz Domingo último. Desta forma vai-se “preparar o terreno” para o Sporting ser roubado na sua próxima deslocação à Madeira.
Sobre o jogo de referir a actuação desastrada de Postiga que não quer nada com os golos, tendo inclusivamente atirado ao ferro naquele que viria a ser o merecido golo Leonino.
De resto mais uma má arbitragem, com destaque para o fechar de olhos logo na 1ª parte à expulsão de Tarantini, que teria que ver o 2º amarelo; e para o constante saco de pancada que Pedro Silva foi ao longo do jogo.
Curioso, pois no mesmo estádio não se teve já este ano problema em pôr o Sporting a jogar com 9 ou de anular um golo limpo a Liedson e mais 3 “meios golos”, todos por FJs mal tirados.
Felizmente desta vez o auxiliar não percebeu que Vuk estava adiantado e o golo valeu mesmo, fazendo justiça no resultado.
Positivo:
Paulo Bento: pela 1ª vez em Portugal vi um treinador afirmar ter sido beneficiado. Mesmo que em termos práticos esse benefício seja nulo.
Venham o Quiquinhas choramingas e o Professor do escorbuto fazer o mesmo!
Moutinho: joga sempre, faz jogar, apanha porrada velha (deve ser feito de borracha) e nunca vira a cara à luta.
Negativo:
Modelo da Taça da Liga: pelo que se vê dos jogos, as equipas não têm grande vontade de jogar esta competição. O modelo e sistema de prova são ridículos também, com destaque para a escolha do melhor dos segundos classificados.
Postiga: se em jogo jogado até tem feito exibições interessantes, a sua finalização anda uma nulidade perfeita.
Dependência de Liedson: não vale a pena, é incontornável. Sem ele em campo a equipa não tem comparação.
Jornalismo: incrível a fome com que perguntaram e não se calaram com o FJ no golo de recarga de Vuk. Não costumam fazer isto! (Será para rir?) Até intervenção em directo na SIC Notícias com o inevitável homem dos caracóis. Paulo Bento calou-os ao assumir que sim senhor, Vuk estava adiantado.

Leão de Alvalade disse...

Katanec:
Prosseguindo nesta linha subirás número de comentários, mas baixas o nível. Assim sendo nem me apetece comentar o post. Eu sou do tal grupelho e não te dou esse prazer.

Lendo o 442 várias ao dia, é a 1ª vez que tal sucede. Normalmente fico com pena de não ter tempo para comentar. Após ler este post e escrever estas letras já estou a ficar com pena do tempo que estou a perder...

Férenc Meszaros disse...

Caro Katanec,

Tens o treinador a admitir que o golo foi em fora-de-jogo. Pode não ser suficiente mas é mais do que o sobrinho da Lola Flores ou qualquer dos que tanto choramingaram há umas semanas foram capazes de fazer.

Qualquer comparação a ambos os jogos só possa ser feita manifestamente por má fé, mas mesmo assim era óbvio que ia servir de pretexto para poderem desviar as atenções à vontade...

low desert puke disse...

"Nem nos jogos do Porto me lembro de ver um arbitro tão caseiro."

Caro joaoscp78, isso è porque começaste a ver futebol desde hà umas 3 semanas.

Filipe disse...

JLC estás a querer dizer que três erros para o mesmo lado só podem ser fruto de uma conspiração?

Se os erros forem ao acaso, as possibilidades de os erros serem a favor da equipa x ou y são:

erro1 erro2 erro3
x x x
x x y
x y y
x y x

e a mesma coisa trocando x e y. Há uma chance em 4 de três erros consecutivos ocorrerem a favor da mesma equipa. É a mesma probabilidade de tirar duas caras mandando uma moeda ao ar duas vezes. Nada de extraordinário nem conclusivo.

É por isso que corrupção é tão difícil de provar com análise dos jogos. A coisa só muda de figura se o Mesquita Machado conseguir arranjar testumunhos de pressão sobre a comissão de arbitragem.

katanec disse...

Meus caros, peço a vossa indulgência e compreensão: polvilhem o que escrevi com bastante ironia, por favor. E perceberão obviamente o que eu quero dizer.

Quem tem reacções histéricas acaba sempre por se tramar. E o jogo de hoje foi a prova disso. Eu acho que o que se passou hoje foi normal: um erro grave feito por pessoas incompetentes e imbecis. Mas também acho que foi isso que aconteceu na Luz no fim-de-semana passado e no jogo contra o Nacional, por exemplo.

Agora, quando se vem falar de "roubo", "premeditação" e afins, entra-se num domínio muito perigoso. Foi sempre isso que quis aqui defender.

Um abraço a todos!

leaoconselheiro disse...

Podes comparar a incompetencia dos 2 fiscais de linha. Não podes é usa-la como atenuante para a diferença de critérios de Paulo Baptista. O que ganhou o Sporting com este golo e esta vitória?

De resto, a reacção enquadrada com os teus próprios posts só pode ter um comentário. Aliás, parece que és tu próprio a faze-lo de uma forma implicita:

"Patético"

Nelson Santos disse...

Quem tem reacções histéricas acaba sempre por se tramar???

Rui Costa, Vieira e cia tramaram-se depois da reacção histérica pós Benfica-Nacional? Curioso!!!

JLC disse...

Filipe, calculo que na escolinha te tenham ensinado probabilidades com o lancamento da moeda ao ar.

Parabéns aprendeste a lição.

Não se aprende em matemática, mas eu ensino-te aqui, a probabilidade de se atirar uma moeda ao ar e sair cara(coroa) é de 50%. Mas a de se ter um erro grave não é. A probabilidade de o fiscal de linha, depois de tar 2 minutos na mesma posicao, a olhar para a area, não ver o DLuiz fora de jogo é muito muito pequena.

Porque erro grave é bastante visível que é falta. A tua matematicazinha só servia se o árbitro apitasse o jogo de olhos vendados e ouvidos tapados.

Queres repensar a tua probabilidade 1 em 16, de o benfica ser beneficiado nos 3 lances graves que existem?


Peco desculpa, mas a tua brincadeira fracassou.

Filipe disse...

JLC, eu estava apenas a referir que 3 erros para o mesmo lado, não é nada de extraordinário. Não discuti a bondade ou não do erro, apenas que o número em si não permite distinguir se é casual ou não.

Que venhas argumentar que é uma situação em que é impossível o fiscal de linha errar, tudo bem, isso é um argumento a favor de erro premeditado.

Onde é que foste buscar o 1 em 16? Tenho muita curiosidade em saber que raio de números são esses? É 1 em 8.

James disse...

Quando vamos parar de falar de arbitragens???

Já sabemos que em Portugal elas não prestam!

LionHeart (o autêntico) disse...

katanec,

Deixa-me partilhar o teu sentimento: o golo foi uma vergonha. O fora de jogo é do tamanho do estádio. O resultado é uma mentira. A equipa de arbitragem fabricou o resultado final.

Dito isto, a mera comparação do que se passou ontem com o último domingo é delírio. O campo ontem não estava inclinado. O resultado não afecta terceiros. As decisões não foram todas para o mesmo lado.

Aliás, atendendo à rudeza excessiva da equipa do Rio Ave, permitida pelo árbitro, eu até arriscaria dizer que, não fora o golo fantasma, o Sporting sairia com queixas do árbitro.

Seja como for, espero com isto ter-te dado uma prova de coerência, aquela que tu não tiveste quando continuas a negar a vergonha do último domingo.

rui disse...

"Venham o Quiquinhas choramingas e o Professor do escorbuto fazer o mesmo!"

Ora isso é não é possivel já que esta epoca o porto nao ganhou nhum jogo por causa da arbitragem...e quem o disser o contrario que me diga um jogo pf...ou entao estejam calados.

RuiBonga

Mr. Shankly disse...

3 erros? Foram dois erros: o golo e o penalty do Luisão.

Qual é a probabilidade de dois erros na mesma jogada para o mesmo lado?

rui disse...

http://www.ojogo.pt/Imagens/5388.gif


Tá tudo dito!

Littbarski disse...

A probabilidade de 3 erros (de um total de 3) beneficiarem a mesma equipa é 1/2 x 1/2 x 1/2 = 1/8.
A probabilidade de um árbitro não ver um fora-de-jogo como o do David Luiz, ou um penalty do tamanho da "catedral" como o que foi cometido pelo Luisão é, naturalmente, mais pequena. A probabilidade de não ver uma coisa nem outra ainda mais pequena é. Se juntarmos a isto um penalty como o do Di Maria não há probabilidade que resista...

O golo do Sporting foi claramente irregular, mas foi um lance num jogo. É como um golo marcado com a mão por um jogador chamado Ronny. A diferença está no escândalo.

cparis disse...

katanec,,

Queres rir mais um pouco?

Lembra-te de Rogério Alves a diizer:

"o Benfica ganhou indevidamente, com um golo irregular e beneficiou de um ‘penalty’ absolutamente escandaloso que não foi marcado"

e vê este lance, do árbitro Paulo Batista.

FIL disse...

É um erro óbvio num jogo em que nem sequer precisávamos, aliás, lamento que a bola não tenha entrado logo (em vez de bater no poste) e até preferia que o jogo ficasse empatado. Na prática seria igual, mais ponto menos ponto...Leio o comentário de katanec e percebe-se que apesar de algum sensacionalismo no post (inevitável e compreensivel face ao contexto desta semana) prevalece o racionalismo. Comparar os jogos em questão e a importancia dos mesmos, bem como os lances ocorridos é um exercicio de pura ilusão ou má-fé.

Como diz Paulo Bentos "incompetentes já nós sabemos que são, resta saber o que mais..."

FIL disse...

E só um pequeno reparo ao luciano, não há fora-de-jogo anterior (não vale a pena dorarem mais a pilula), quem recebe a bola é Ismailov, perfeitamente em jogo, sobrando depois para Postiga, que desta feita está completamente em jogo, são duas acções legais...não vale a pena exagerar, a malta admite a ilegalidade posterior ;)

Força para o Belém, que não apite o pedro henriques...ou o Baptista...

LionHeart (o autêntico) disse...

FIL,

Convém acrescentar, a bem da verdade desportiva, que o facto de o jogo não ter importância e a competição ser menor, não diminui em nada a gravidade do erro. Muito menos o desculpa.

Dito isto, também não é aceitável que este erro grosseiro seja usado para desculpabilizar e branquear o que se passou no domingo.

Pipos disse...

Katanec, como lampião tb n espero muito de ti... mas com o Braga houve pelo menos 4 decisões erradas e sempre a favor do mesmo, numa competição importante e em que uma equipa subiu ao 1º lugar devido a isso e onde esses mesmos treinadores, dirigentes e jogadores gritaram qual hiserica a ser violada que era uma vergonha. Depois do jogo com o Braga, 0 comentários, aliás os do Quique foram só para nos rirmos...

Ontem, houve 1 decisão errada, numa competição de merda, em que o sporting para passar empatar ou ganhar era igual e em que um treinador no fim veio admitir que o golo foi em fora-de-jogo.

QUERES COMPARAR?

Além do que falas de se falar da arbitragem e principalmente da importancia da Taça da LIga.

Obvio que qualquer lampião agora tenta comparar, para ver se nos convencem que tb somos beneficiados, mas já dizia o Scolari: Burros não somos nós!!

Bananaman disse...

Só para informar que os arautos da verdade desportiva e peregrinos da justiça e igualdade entre agremiações desportivas, a Sporting, vão, como sequência lógica das suas acções anteriores, solicitar averiguações pela Liga, Ministério Público e Agrupamento de Escuteiros de Alvalade ao jogo em questão, podendo daí advir sérias sevícias capilares ao seu treinador, Paulo "tigelada" Bento.

Eu estou do vosso lado lagartos, pela justiça, sempre.

Mr. Shankly disse...

"Katanec, como lampião tb n espero muito de ti"
End of story.

Nelson Santos disse...

Excertos do resumo do jogo no site do Sporting Clube de Portugal:

"O montenegrino entrou na segunda parte e deu três pontos ao Sporting, com um golo ao minuto 87, ainda que em posição irregular, na sequência de um remate de Hélder Postiga."

"Depois um erro do auxiliar, validando o golo a Vukcevic passou a ser a nota mais negativa do trio de arbitragem, a ter influência no resultado."

É igualzinho ao que se escreveu por exemplo no site do benfica a seguir ao jogo com o Braga.

"Um lance em que ficaram dúvidas sobre a posição do jogador (ainda assim, mesmo que se confirme um suposto fora-de-jogo, basta lembrar os jogos com o V. Setúbal e o Nacional para que o Benfica nada deva a ninguém...)"

Igualzinho, não é?

PS: O Sporting devia pedir a repetição do jogo e um castigo pesado para o assistente, nem que fosse para calar certos patetas...

pitons na boca disse...

Shankly,

e já não são 3, já são 4 erros "e sempre para o mesmo lado". Nestas contas entram certamente o penalty sobre o Di Maria (alguem que explique a esta gentalha em que condições o encosto de ombro é legal e não é). Mas do empurrão ao Suazo não falam... por só ter havido erros "sempre para o mesmo lado".

Já agora, acho bem admitirem que foram beneficiados ontem. fica-lhes bem aos sportinguistas. Hilariante é os portistas fazerme-se matires, nunca antes beneficiados (nem este ano, imagine-se).
Mas viram algum enfiquista dizer que não foi beneficiado no jogo de domingo? Muito gosta esta gente de enfeitar o mundo mágico em que vivem.

André Santos Campos disse...

Que chatice este golo do Vukcevic! Vem abanar outra vez a ordem natural das coisas, e impedir uma regular coitadinhificação por quem de direito.

Mas quem é de boa raça não esquece: "Ganhámos com um golo fora de jogo, mas devíamos ter jogado desde muito cedo contra 10, e no último jogo aqui para o campeonato o mesmo árbitro (com diferentes fiscais de linha) anulou-nos um golo limpo» (Paulo Bento dixit, na conferência de imprensa).

Excelente!

Mr. Shankly disse...

Ó André, lá vens tu chatear o Nelson! Que chatice, pá!

Nelson Santos disse...

É cá uma chatice ver os argumentos de certas pessoas, Sr. Shankly... então desde que o Gato Fedorento foi de férias, é preciso ter com que rir (as últimas arbitragens também servem...)

PPA disse...

EU admito quando sou beneficiado.
Paulo Bento admitiu ser benefeciado.
O Site do Sporting no seu texto sobre o jogo admite ter sido beneficiado.
...
Agora a concorrência NUNCA o fez.
Até o Quique que dizia a boa imprensa "ser diferente" ficou caladinho como um rato ainda agora no último SLB-Braga, onde ai não é UM Lance, mas são 90 minutos sempre a ROUBAR para o mesmo lado.

Aliás EU sei o que aconteceu ontem em Vila do Conde!
O jogo até correu normalmente, ou seja com o Sporting a apanhar porrada e a arbitragem a não expulsar adversários.
No lance perto do final e com tanta polémica durante a semana, o Fiscal de Linha não teve coragem de anular o golo a Vuk.
Com isto ganhou 3 coisas:
- O Sporting passa por beneficiado
- Tenta calar a polémica em torno do SLB-Braga (um jogo vergonhoso)
- Dá armas ao SLB e FCP para virem com a história que "todos são prejudicados e todos são beneficiados.
...
Vamos estar atentos às arbitragens de:
Nacional-Sporting
Braga-Porto

PPA disse...

Mais uma nota:
depois do Sporting ter sido Prejudicado com lances que revelaram no mínimo incompetência atroz, em Vila do Conde para o campeonato;
(é anulado um golo a Liedson, o 2-0 que matava o jogo, por um FJ mal tirado pelo menos igual ao de ontem em distância; entre outros lances)
pergunto como é que se volta a nomear o mesmo árbitro?
Pergunto também como é que Paulo Baptista está a apitar e foi apitar o SLB-Braga, depois de este ano ter marcado um penalty por falta pelo menos 2 metros fora da área?
Este homem deveria estar suspenso.
Aliás, depois da arbitragem que fez na Luz, não aceito que volte a apitar este ano.

PPA disse...

Outro factor que contribuiu para que não fosse assinalado FJ (evidente) a Vuk, foi o mesmo fiscal ter assinalado MAL um FJ a Pereirinha, minutos antes.
Para quem não se lembra, aqui vai a análise de O JOGO:

- Pereirinha não estava fora-de-jogo no momento do passe. Havia um outro colega, mas Pereirinha deslocou-se na diagonal, partindo de posição correcta. Fora-de-jogo mal assinalado.

- Não está fora-de-jogo. É uma precipitação do árbitro assistente. No momento do fora-de-jogo, Pereirinha está em posição regular.

- No momento do passe, estava um jogador do Sporting em posição de fora-de-jogo, mas Pereirinha encontrava-se em posição legal. Houve aqui, por parte do árbitro assistente, uma precipitação e consequente mau julgamento.

PPA disse...

É fácil dizer que o Sporting marcou em FJ e depois apagar o resto do jogo, onde o Sporting foi claramente prejudicado pela arbitragem, a saber:

18' :
Entrada para VERMELHO directo de Tarantini sobre Pedro Silva, apenas castigada com AMARELO.
30' :
Mais uma entrada de Tarantini sobre Pedro Silva merecedora de cartão amarelo.
Ser já devia ter visto o vermelho aos 18’ e só viu amarelo, desta vez é inaceitável que não tenha ido para a rua com 2º Amarelo.
62' :
Livramento tem entrada perigosa sobre João Moutinho. Deveria ver VERMELHO directo, mas não viu nada.
64' :
Mal assinalado fora-de-jogo a Pereirinha, em jogada muito perigosa.

PPA disse...

Para não me chamarem fanático, aqui fica a apreciação do Jornal O JOGO, que como se sabe de Sporting não tem nada:

O Tribunal de O JOGO
Golo de Vukcevic é irregular
O Tribunal d'O JOGO não tem dúvidas na análise ao lance mais polémico do desafio: o golo de Vukcevic, decisivo para o desfecho do encontro, foi obtido de forma irregular, por claro fora-de-jogo. Nos restantes lances, Jorge Coroado e Rosa Santos entendem que Tarantini deveria ter visto o cartão vermelho directo, e não apenas o cartão amarelo, pela falta cometida sobre Pedro Silva. Quanto à entrada de Livramento sobre João Moutinho, o trio de especialistas em arbitragem é unânime: o juiz da AF Porto poupou a expulsão ao vila-condense.

Momento mais complicado
88'
No momento em que Hélder Postiga remata, Vukcevic encontrava-se em posição irregular?

Jorge Coroado
-
Vukcevic já estava para além do penúltimo defensor desde o Carnaval do ano passado. O assistente distraiu-se, esquecendo-se, e assim, não ajuizou da melhor forma.

Rosa Santos
-
É um lance tão flagrante de fora-de-jogo, que nem sequer um analista de café errava um lance destes. É impossível que um árbitro assistente não assinale um fora-de-jogo destes. Já o Hélder Postiga recebe a bola em fora-de-jogo, como também o próprio Vukcevic, que acaba por fazer golo.

António Rola
-
Sim, Vukcevic, no momento do remate de Hélder Postiga, estava claramente em fora-de-jogo. Depois, a bola vinda do poste, o jogador do Sporting tirou benefício de posição irregular para fazer golo. A evidência do lance é tanta, que tenho de considerar que António Vilaça cometeu um erro grave, com influência no resultado.

Outros casos
18'
Aceita-se o amarelo exibido a Tarantini, a castigar falta sobre Pedro Silva?
30'
A entrada de Tarantini sobre Pedro Silva merecia a exibição do segundo cartão amarelo?
62'
Esteve mal o juiz da partida ao não advertir Livramento por entrada perigosa sobre João Moutinho?
64'
É correcta a decisão do árbitro assistente ao assinalar fora-de-jogo a Pereirinha?
Jorge Coroado
-
O árbitro não quis, como se costuma dizer, estragar o jogo cedo. Mas Tarantini projectou-se de pés na frente, atingindo com a sola da bota o adversário. O castigo mais adequado seria o cartão vermelho.
-
Tarantini foi intempestivo, determinado e vigoroso. Natural que, pelo movimento, os dois jogadores tenham chocado. Contudo, o jogador do Rio Ave não cometeu qualquer infracção, que acabou por ser assinalada.
-
Livramento, com a perna direita, objectiva e deliberadamente, atingiu o joelho de João Moutinho. Seria cartão vermelho, sem contemplações.
-
Pereirinha não estava fora-de-jogo no momento do passe. Havia um outro colega, mas Pereirinha deslocou-se na diagonal, partindo de posição correcta. Fora-de-jogo mal assinalado.
Rosa Santos
-
É uma entrada violenta. O árbitro deveria ter exibido o cartão vermelho em vez do amarelo. Em entradas violentas, o árbitro não pode ter contemplações.
+
Aqui o árbitro esteve bem ao não mostrar o segundo cartão amarelo. É uma obstrução e, como tal, ajuizou bem.
-
É para cartão vermelho, pura e simplesmente. A entrada é violenta e deveria ter exibido o cartão vermelho. À medida que o jogo vai decorrendo, os jogadores percebem que os árbitros são moles e vão "molhando a sopa".
-
Não está fora-de-jogo. É uma precipitação do árbitro assistente. No momento do fora-de-jogo, Pereirinha está em posição regular.
António Rola
+
Tarantini rasteirou o adversário, praticando, assim, jogo perigoso e passível de cartão amarelo. Bem o árbitro a exibir apenas o cartão amarelo.
-
Se optarmos pelo critério anteriormente adoptado pelo árbitro, este tinha base legal para exibir o cartão amarelo. Neste caso, seria o segundo e, assim, deveria ter visto o respectivo cartão vermelho.
-
Livramento, de pé na frente, atinge com os pitons a perna de João Moutinho, de forma violenta. Sendo assim, e dando cumprimento às leis do jogo, devia o árbitro punir o Rio Ave com livre directo, e exibir cartão vermelho a Livramento.
-
No momento do passe, estava um jogador do Sporting em posição de fora-de-jogo, mas Pereirinha encontrava-se em posição legal. Houve aqui, por parte do árbitro assistente, uma precipitação e consequente mau julgamento.

PPA disse...

Ter 4 ou 6 pontos dá no mesmo na porcaria do esquema da Taça da Liga.
Aliás, o Sporting mesmo perdendo desde que não seja por goleada em casa, ficará em 1º.
Isto porque venceu o Marítimo por 3-0.
Está tão "bem" organizada a Taça da Liga, que na 3ª e última jornada os jogos do mesmo grupo são à mesma hora.
Ou seja, em termos práticos, o Marítimo recebe o Rio-Ave à tarde; e depois à noite o Sporting recebe o Paços de Ferreira, sabendo de antemão o resultado que necessita.
Contra mim (Sporting) falo e digo que está mal porque até perder pode.
Em função de muita coisa, até variar os jogadores a apresentar pode.
Enfim, o modelo está uma porcaria.
...
Dai ontem para o Rio-Ave empatar ou perder era o mesmo, pois tanto de uma maneira como outra ficava logo de fora.
Mesmo ganhando, era obrigado a ir ganhar ao Marítimo.
Enfim, não tem jeito nenhum.
O Sporting mesmo perdendo no Rio-Ave ontem, só precisava no mínimo de vencer o Paços de Ferreira em Alvalade.

PPA disse...

Que fique registado que o Sporting foi beneficiado num lance de FJ, que deu em golo num jogo da Taça da Liga.
(Foi prejudicado no resto do jogo e não foi pouco).
Em breve vamos verificar que não interferiu em nada.
É que já conheço as pessoas... e daqui por umas semanas vão estar a dizer (mentindo) que foi para o campeonato, a ver se pega.

pitons na boca disse...

Ter 4 ou 6 pontos dá no mesmo na porcaria do esquema da Taça da Liga.

Ora, 3 grupos de 4 equipas, a próxima eliminatória é as meias-finais.

Ter 4 pontos contra os 3 pontos que os 2º e 3º têm, com uma jornada por jogar é definitivamente a mesma coisa que ter 6. Mas tens de admitir que a probabilidade de ficar em 3º assim é um bocadinho mais pequena... não?

Desculpa, estava só a pensar alto, e parece que acabei por te dar razão... ou não.

pitons na boca disse...

E a teoria do porquê do fiscal ter-se enganado neste lance é magnifica, tenho de dar a mão à palmatoria.

E o Bush ter sido reeleito uma vez, não terá sido também para desviar as atenções da constante roubalheira a que o Sporting é submetido?