sexta-feira, agosto 22, 2008

Cantinho do Vitória - Liga J1

O jogo foi todo dos de Guimarães, desde o apito inicial até ao apito final, mesmo depois do golo de Douglas, no fim da primeira parte. Mais posse de bola, muito mais remates, muito mais cantos, muito mais oportunidades de golo - os sadinos tiveram uma, a do golo -, tivemos tudo para ganhar. Mas Cajuda incorreu no seu erro preferido: colocar o terceiro trinco em campo, Wénio, retirando um dos homens ofensivos, Marquinho. E o Setúbal, na única vez que chegou à área com a bola na sua posse, após um centro da esquerda (em que Wénio foi enganado, algo que nem Andrezinho conseguiu), marcou com o único homem que estava na área contra os quatro ou cinco do Vitória a olhar para ele e para a bola a entrar.

Muito bem Luciano Amaral, sempre a subir na esquerda (Janício nem uma vez subiu); muito bem Desmarets e Fajardo por todo o lado, sempre; Douglas bem nas combinações (a fazer lembrar Mrdakovic), mas mal na finalização (marcou um, mas falhou dois); Andrezinho, mais sóbrio, fez a assistência para o golo; Nilson, Gregory e Moreno não tiveram nada para fazer; Marquinho luta muito mas pouco faz de realmente produtivo; Alves continua com a mira descalibrada a passar e a rematar (e, numa primeira análise, Elias era dele); Cajuda deu a possibilidade do empate ao adversário, porque o adversário parecia que nem queria, nem podia.

master kodro

8 comentários:

Gabriel disse...

Só vi a primeira parte do jogo e foi bastante chata, equilibrado com pequena tendência de vantagem do Guimarães, que acaba por marcar.

P.S. Primeiro jogo, primeiro erro grave de arbitragem... Bruno Vale era expulso!

Erste Mal disse...

master, tu que também andas nesta luta e longe de querer fazer publicidade... deixo aqui um link para uma pesquisa feita...http://arttedofutebol.blogspot.com/2008/08/os-nossos-olmpicos-e-os-apoios.html

Filipe disse...

Os vitórias começam tal qual a época passada.

Por acaso também acho que devia ser expulso, entre o atacante e a baliza havia apenas um jogador (situação idêntica à expulsão por falta do último defesa, onde o jogador fica apenas com o guarda-redes pela frente). De certeza que os especialistas do apito nos vão esclarecer (ou confundir).

master kodro disse...

Eu não comento lances.

Pedro disse...

Mas comento eu.

Concordo que há muita culpa própria neste empate. Cajuda esteve mal nas substituições, e há jogadores em baixa de forma. Fajardo segue na linha da época passada, muito mal. João Alves longe do seu melhor, o próprio Flávio também, e o Desmarets, ontem também esteve mal, muito preso de movimentos.

Mas não se pode deixar de falar na arbitragem. Parece que virou lei este ano, contra o Vitória podem todos usar os braços. Foi assim com o Basileia, foi assim ontem e não só no lance do penalti. E depois a expulsão incrivelmente perdoada ao Bruno Vale.
Erros a mais...

Mas continuo confiante para o jogo de quarta-feira. Ganhámos 0-1 e passamos.

www.vitoriasempre.net

Diogo Sousa disse...

O jogo foi meio fraquinho.

Onde anda o Janicio da outra epoca?

Filipe disse...

MK, eu discuto o lance simplesmente porque não é polémico na apreciação de que houve falta, tanto é que a falta foi marcada e houve sanção disciplinar.


É mais curiosidade sobre as regras do jogo numa situação destas.

Vitoria-1922 disse...

Entrevista com José Marinho
(Dir. de Comunicação Social do Vitória Sport Clube)

http://www.vitoria1922.com/entrevista-com-jose-marinho/