domingo, setembro 21, 2008

442 Memória

“Pretendo jogar como sempre, a 100 por cento. Mas primeiro está o Sporting. Sair? Fala-se muito mas veremos o que acontece esta semana porque eu quero jogar e não pretendo sentar-me no banco. Essa é a minha prioridade e penso que mereço jogar” - Vukcevic, 7 Julho 2008.

"Já deixei bem claro que quero dar o salto para o estrangeiro já esta época" - Veloso, 12 junho 2008.

"Já disse que quero sair", Moutinho, 29 Julho 2008.

"Se é indisciplina recusar-se a marcar um penálti, então isto aqui é uma ditadura ou um quartel-general (...) Estou preparado para continuar ou sair. Sinto-me bem aqui, mas às vezes temos de mudar de ares para mudar alguma coisa", Liedson, 26 Dezembro 2007.

kovacevic

10 comentários:

JLC disse...

Kovacevic, podes ir buscar frases de 1940, nenhuma justifica que ser suplente do sporting seja "ser enxovalhado e diminuido".

Nem o Romario...

leaoconselheiro disse...

Acho que queres perguntar o que vai fazer o PB com o Vuk, se vai ter a mesma paciencia que com os outros.

A pergunta é ao contrário. O que vai fazer o Vuk com o Sporting? Isto é que me parece que não tens querido perceber, é o Vuk que trabalha para o Sporting e não o Sporting para o Vuk.

Se ele continuar a trabalhar de certeza que vai continuar a ser utilizado. Que o PB o aprecia como jogador é claro. Se assim não fosse já o tinha dispensado no Verão e seguramente não o tinha utilizado 45 minutos depois de tanto paleio.

JABT disse...

Paulo Bento para a rua. Já!

João disse...

Desde que o Paulo Bento chegou a treinador da equipa principal tenho ouvido e lido muita gente dizer que ele não é treinador para o Sporting e se o Sporting tivesse um treinador de jeito era campeão facilmente. Paulo Bento, em pouco mais de quatro anos de treinador, ganhou um título nacional de juniores e duas Taças e duas Supertaças em seniores. E no campeonato ficou sempre em segundo. Merda de currículo, não é verdade? Para mim não. É que eu ainda sou do tempo em que o Sporting tinha jogadores como Balakov, Figo, Paulo Sousa, Silas, Douglas, Ricardo Rocha, Valckx, Naybet, etc, e treinadores como Venglos, Toschack, Robson, Queiroz, Jozic, etc e nada ganhava (excepto a Taça de 1995, com Queiroz). E terminava quase sempre o campeonato em 3º ou 4º lugar. Não tenho saudades nenhumas desses tempos, garanto. Os últimos anos não foram perfeitos, mas estiveram muito mais perto do Sporting que ambiciono do que acontecia antes. Com Fernando Santos e Peseiro, por exemplo.

Quanto ao caso específico de Vukcevic, o que deveria Bento fazer? Que consideração mereceria um treinador que escolhesse a equipa consoante as declarações públicas dos jogadores? Não quer isto dizer que concordo com tudo o que Bento faz. Por exemplo, acho que deveria ter tido outra atitude com Moutinho. Sempre achei que ele não devia ter lugar cativo na equipa nem ser capitão. Depois do que ele disse no Algarve é que devia mesmo ter perdido esses dois estatutos. Nesse caso estou contra Bento. No de Vukcevic não.

Leão de Alvalade disse...

O Vuk pode não saber falar português mas provou que é inteligente e tem memória. Como o que ele mais quer é jogar, e ontem, mesmo q.b., provou que o pode e deve fazer, vai de imitar o bom exemplo do capitão e diz que quer ir embora. O PB, que sabe que o Natal é em Dezembro, para o castigar, não lhe pode tirar a braçadeira porque que ele não tem. Não o pode por no banco porque também não o fez ao capitão. Só o pode por a jogar!. Bem visto Vuk! Agora podes é, de castigo, (tem que haver algum) jogar a lateral direito ou a central. O Moutinho de castigo também joga a trinco.

PS: talvez, depois do jogo de ontem, o leãoconselheiro perceba melhor o que quis dizer com "O Postiga é a minha aposta este ano. Mas para isso é necessário que a produção atrás melhore consideravelmente. Se assim não for não há Postiga nem Liedson ou Djaló."

leaoconselheiro disse...

Não, não percebo, Leão de Alvalade.

A prestação do Postiga, do Djalo e do Derlei tem sido muito boa e graças ao rendimento presente da equipa que é bom e dentro do que devemos exigir. Estamos a fazer uma boa época, quer ao nível de exibições, quer ao nível de resultado. Vamos ver o futuro.

Também eu tenho a memória do João e, na minha memória estão muito bons jogadores mas muito poucas boas equipas e muito poucos titulos. É por isso que acho que o Paulo Bento, é, a par do Robson, o melhor treinador que vi no Sporting. Tenho pena que outros não tenham a mesma memória e prefiram outro tipo de orientação, mais centrada nos jogadores e nas suas motivações individuais. É isso que me desilude porque sei que o Sporting apenas poderá tornar-se consistentemente forte com disciplina e foco colectivo.

kovacevic disse...

João e JABT,

Pela minha parte esclareço, pela milésima vez, que não defendo a saída do Paulo Bento, cujos resultados reconheço.

E se vocês lêem o 442 sabem isso.

José disse...

Boas!

"Só" estão a perder o melhor jogador do plantel! Deve haver aí uma fartura qualquer que não estou a perceber... Mandem-no ali pró pé do Colombo que a malta recebe-o de braços abertos!!

O treinador "eterno segundo" se não chega a Maio em 1º lugar, a coisa fica muuuuuuuito negra!

luissm disse...

Apesar de achar que são problemas diferentes, isto só vem provar que, ao contrário do que muitos dizem, afinal o Paulo Bento é um bom condutor de homens.

Teve 5 problemas, conseguiu resolver 3 bem, pondo os seus actores principais novamente na linha e fazendo-os contribuir para o todo que é a equipa do Sporting.

De resto, o problema do Liedson resolveu-se quando ele começou a obedecer. E não foi o Paulo Bento que cedeu, foi o Liedson que passou a obedecer. Nesta altura de certeza que já treina penalties apesar de não ser a principal opção.

O Moutinho e o Veloso disseram que queriam sair. Não disseram que já tinham decidido sair. É uma nuance importante para mim. Ainda por cima, são dois jogadores que fizeram uma época excelente, que tiveram no Euro e que tinham clubes/empresários a acenar-lhes com contratos e campeonatos milionários. Para mim é normal que digam que querem sair (apesar de não gostar).

E o Paulo Bento, pelo menos em relação ao Moutinho, criticou publicamente as suas palavras mas frisou que o seu comportamento nos treinos e em campo cotinuava a ser o mesmo.

Reparem que nenhum destes exigiu nada, simplesmente expressaram uma vontade comum a todo e qualquer profissional de futebol. E falaram em sair na altura em que o mercado estava aberto.

Já o Stoj e o Vuk exigiram ser titulares. A postura deles é: ou jogo ou arranjo problemas! E estes gajos não servem para clube nenhum.

Quer um quer outro desrespeitaram os colegas. Pegando nas tuas palavras, Kovacevic, quer um quer outro diminuiram e humilharam os colegas.

E isso não se pode admitir num plantel!

O caso do Vuk é ainda mais idiota.

Apesar do meio-campo do Sporting andar a carburar bem, ao 5º (quinto) jogo oficial o tipo jogou uma parte. Certo que para substituir um colega que saiu por lesão, mas jogou.

E depois do jogo de ontem vem fazer aquelas declarações!??! Em Setembro?!?! Três meses antes do mercado voltar a abrir? Mas o que é que este gajo quer?

E já agora, é muito triste que os adeptos aplaudam um tipo que está a aquecer para substituir um jogador lesionado. Revela uma falta de consideração pela não-vedeta que até confrange.

Hugo disse...

O Liedson, o Derlei, o Yanick, o Postiga, o Tiui, o Ronny, o Miguel Veloso, o Pedro Silva, o Pereirinha também querem dar 100 por cento e também querem jogar sempre a titulares. E se não vão-se todos embora em Dezembro. Bolas pá, eu também admiro bastante as qualidades futebolisticas do Vukcevic e também acho que o Paulo Bento não é perfeito, mas porra, esta conversa já cheira mal. E porque? Porque um jogador à terceira jornada, mais um jogo da Champions, com lesões pelo meio, actuou 49 minutos? Por amor de deus pá... Esta tudo maluco a começar pelo jogador e pelo seu empresário que obviamente o quer mudar de clube para receber mais uma comissão de transferencia que é assim que ganham dinheiro!