quinta-feira, novembro 28, 2013

Ao nível da Liga Europa

Um empate com o Austria e uma vitória muito sofrida no terreno do Anderlecht são mais exemplos do que o Porto e o Benfica têm oferecido na Champions: longe dos melhores, são perfeitos exemplos de clubes médios na Europa que estão melhor a lutar por títulos na segunda competição europeia do que a arrastar-se na principal, sem golpe de asa que lhes permita dar um passo em frente na qualidade.

Repete-se o que se passa internamente - são orçamentos e plantéis para esmagar os adversários, o que está muito longe de acontecer. Paulo Fonseca e Jorge Jesus devem, para os adversários, continuar por muitos e bons anos.

5 comentários:

Ribeiro dos Santos disse...

Acho que o campeão belga (só um aparte, que puta selecção têm eles) merece um pouco mais de consideração, que não seja por terem ido empatar onde o Benfica foi trucidado.
O Benfica foi lá jogar 4 vezes e nunca tinha ganho, o FCP outras 4 e aconteceu a mesma coisa. 8 jogos, 2 empates e 6 derrotas.
Um pouco mais respeito precisa-se.

Isto é a Champions, não é a taça da Liga.

Mr. Shankly disse...

É verdade que a Champions é competitiva, mas é óbvio que Benfica (quase sempre) e Porto (ocasionalmente) mostram não ter estaleca para competir com os maiores. Para o que têm feito este ano, a Liga Europa está bem. Aliás, uma eventual qualificação só serviria para amealhar mais uns trocos, e serem eliminados facilmente nos oitavos por um tubarão que ganhe um dos grupos. Nem quero pensar o que um Bayern, Real, ou City fariam a este triste Benfica.

master kodro disse...

Tenho todo o respeito pelo actual quinto classificado da extasiante liga belga e pelo agregado de 3-14 em golos nesta fase da Champions, Ribeiro dos Santos.

Ao Benfica e, acrescento, ao Porto, Shankly.

Infante disse...

Benfica e Porto arriscam-se a ser os únicos clubes do pote 1 que não vão ganhar os seus grupos. Já nem digo os únicos a não se apurarem, é mesmo a não ganharem o grupo.

E ainda levei eu pancada por ter dito que Benfica e Porto eram os brindes do pote 1 e toda a gente queria calhar com eles.

A história do pote 1 fez com que muita gente andasse a dizer que são "colossos" e tal, "ao nível dos melhores", mas esqueceram-se de que essa ascensão ao pote 1 fez-se com os resultados da Liga Europa, que é a competição à medida dos clubes portugueses neste momento.

Benfica e FCP são clubes "Médio-Mais" na Europa, o que até já nem é mau para a dimensão de Portugal. Mas não vamos fingir que são mais do que isso.

E hoje já foram todos de vela na Liga Europa. Quando me lembro das histórias de "campeonato português é melhor que o italiano". Atão não é!

Mr. Shankly disse...

Infante, nem mais. E acrescento: a única maneira de safarmos uns pontitos no ranking este ano é Benfica e Porto caírem para Liga Europa. Se se apurarem, a época vai ser desastrosa para Portugal. Mas oxalá se apurem, ambos precisam de dinheiro!