segunda-feira, julho 20, 2015

Quiero comprarte algo, pero...


«Às vezes não é preciso um treinador como Lopetegui. Quando se tem Hulk, Falcao ou James, é-me indiferente quem é o treinador. Com eles é difícil não ganhar. Mas quando o contratámos não tínhamos esses jogadores, nem capacidade financeira para os substituir.» - Pinto da Costa, ao El País (a entrevista completa aqui)


Do Relatório e Contas Consolidado, 1.º semestre de 2014/2015:




PS - A sardinhada estava boa, a água está ótima e ainda não perdi a esperança de ver a Sara Carbonero a dar um mergulho singelo no Douro.


7 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
António Batalha.

jose reyes disse...

O 442 fechou sem avisar?

jose reyes disse...

Se calhar assustou-se com o choradinho do Batalha!

Bernardino Moreira disse...

Estão vivos?

guardabel disse...

Então, 442?

Rantas disse...

que se passa?

littbarski disse...

Pela parte que me toca, o que se passa é que, neste momento, tenho pouco tempo disponível para escrever. Tenho, inclusivamente, perdido alguns jogos do Porto, por trabalhar ao fim de semana. Como acho que não faz sentido manter este blog (porque não é esta a identidade dele) com um formato 'um post do Porto de 15 em 15 dias', prefiro esperar que toda a gente tenha um pouco mais de disponibilidade para escrever. Entretanto, vemo-nos por aí, entre bits e bitaites.