quarta-feira, abril 01, 2015

Danilo no Real Madrid

A seguir vai Jackson e veremos se chega, uma vez que as contas são gulosas e comem cada vez mais dinheiro de transferências. Com os emprestados na corda bamba (tanto podem ficar como sair), a lo mejor, Julen, se ainda cá estiveres na próxima época, vais ter de construir outra equipa. É este o projeto?

3 comentários:

miguel.ca disse...

Littbarski, o projecto, o verdadeiro, é sempre o mesmo. Compra barato, valoriza o máximo possível e vende. Depois, baseado nesta dinâmica tenta-se construir uma equipa que pelo menos ganhe ao benfica! Não há volta a dar. Este tem sido o nosso percurso desde 97 ou 98.

Pés-Juntos disse...

Prevejo ainda potenciais avenidas para fora do Dragão para Alex Sandro (José Angel / BM Indi são boas alternativas), Brahimi (se o PSG se chegar à frente) e Hector Herrera (maybe dependendo das ofertas).

E temos ainda o Quintero na rampa de lançamento e putos como o Ruben Neves e o Gonçalo para moldar e dentro de 2-3 anos também seguirão o seu caminho.

No Porto não há insubstituiveis. Excepto talvez um, mas nem ele próprio gosta que digam isso dele.

littbarski disse...

A mim preocupa-me perceber que o Porto já não consegue comprar barato aqueles jogadores que quer vender caro e que, apesar disso, a dependência da venda de jogadores cresce cada vez mais. Os empréstimos, a não ser que se consiga um ciclo de 2 anos, vêm acrescentar o problema de ter de se reconstruir a equipa todas as épocas. Porque uma coisa é perder 2 jogadores titulares por época, outra é perder 4 ou 5, sendo que os emprestados não dão para tapar buracos nas contas, mas tapam a evolução de outros jogadores que o Porto poderia valorizar - o tal projeto. Este não é (ou não será, a confirmar-se) o mesmo projeto.