sexta-feira, março 20, 2015

Um velho conhecido

Não havia muito por onde escolher, mas este será, talvez, o pior adversário possível para o Porto, na medida em que joga de uma forma semelhante, mas com um modelo de jogo mais afinado e com melhores executantes. Será, porventura, uma oportunidade para Lopetegui tentar fazer aquilo que o Bayern de Heynckes fez, no confronto com o Barcelona, aceitando, desde logo, ter menos bola (uma vez que esta é uma batalha que será sempre ganha pelo adversário) e apostando num jogo mais vertical. Em todo o caso, para eliminar estes alemães, é preciso um Porto perfeito e ter a sorte de apanhar um dia mau da equipa de Guardiola. Pelo menos. E mesmo assim...

Outro confronto entre velhos conhecidos será o dérbi de Madrid. Ainda agora Ancelotti levou 4 no Calderón e metem-lhe mais dois jogos com o Atlético na agenda. Não é justo.

7 comentários:

Gil Von Doellinger disse...

Acredito que Ancelotti terá ficado lívido quando viu quem lhe tinha calhado. Bayern, Atlético, Barça e Mónaco nas meias.

Hugo disse...

O pior e que sao precisos dois dias maus do Bayern, nao apenas um...
10% de hipoteses

Sentinela um Estremecer disse...

As poucas hipoteses do Porto seguir em frente passam, e muito, pela velocidade de Tello, a meu ver.

miguel.ca disse...

Vês Litt??? Eu disse-te para não dizeres o nome dos gajos muito alto ;)

Hugo disse...

O Tello num dia sim poderá fazer estragos frente a Dante e Boateng mas no outro lado se jogarem Robben,Ribery,Muller, Goetze etc ate tremo

Luis Freitas Lobo disse...

Acontecimento presenciado por mim, hoje, na capital algarvia, aquando do sorteio:

-Bofia 1-"Deviam levar 7!!"
-Bofia 2 "Não sejas assim... 5 cá e 5 lá"

littbarski disse...

Já se sabe que quem se mete entre gigantes do futebol europeu se arrisca a levar uma tareia, a qualquer momento. Este mesmo Bayern levou 4 do Real Madrid, em casa, na época passada. Não queremos que aconteça ao nosso clube. Mas se é para avançar com medo de levar uma tareia, mais vale ficar em casa (ou em último lugar na fase de grupos). A última vez que o Porto defrontou uma equipa desta dimensão, perdeu 2x0 e deu réplica. Portanto, podemos levar uma tareia, sim, mas também podemos fazer a vida negra ao Bayern. Não seria a primeira vez. E temos pelo menos esta vantagem: zero de pressão, o favoritismo está todo do outro lado.