domingo, fevereiro 15, 2015

Descontos para todos

Longe vão os tempos em que depois do minuto 90 havia apenas o Espaço K, em homenagem àquele rapaz que nasceu para ser imortalizado com um momento: o de Jesus ajoelhado no Dragão. Na semana passada, o Benfica viu um ponto cair-lhe do céu, no último lance do jogo de Alvalade e, ontem, o Sporting conseguiu evitar, no último instante e com a ajuda de Santa Maria de Belém, que Patrício saísse a patinar do Restelo, com as mãos vazias.

Eu, perdoem-me o egoísmo, preferia que mais ninguém fosse feliz, depois do minuto 90. O Sporting ficaria mais perto do Porto, mas a liderança estaria à vista. Assim, o Benfica continua a gerir confortavelmente a sua vantagem, até porque os próximos tempos vão ser muito mais duros para Lopetegui do que para Jesus: o Porto tem os dois jogos da Champions, o Sporting e a deslocação a Braga; o Benfica está de férias até dia 15 de março.

Sem comentários: