domingo, janeiro 18, 2015

Perspectivas e murros no estômago

Um murro no estômago, ouviu-se, não do comentador que tentou ver irregularidades em todos os golos do Porto, mas do Penafiel, bem entendido. Óliver fazia o terceiro e acabava com as dúvidas que um terreno em estado lastimável e o futebol de lotaria lançaram, no início da segunda parte. Todas? Não, havia alguém que ainda desconfiava. Porque os jogadores do Penafiel reclamaram qualquer coisa. A insistência do senhor era tal, que teve de ser Luis Freitas Lobo a intervir e a dizer que não havia nada de irregular no golo. Porque não havia. Tal como não houve no de Jackson. Sobra o lance de Casemiro, dois metros à frente de toda a gente ou em linha, dependendo da perspectiva. Na dúvida, o árbitro assistente deixou jogar. Mais um murro no estômago.

17 comentários:

miguel.ca disse...

Enfim, o nojo do costume.

Baresi disse...

Bom, os 2 primeiros são duvidosos, o 3º é o único que é claro e onde o fora-de-jogo é nitido.

Casemiro cabeceia a bola, e ela bate em Herrera voltando para o brasileiro, que é o jogador mais adiantado em relação a todos os que estão em campo.
É nesse momento que tinha que ser marcado o fora-de-jogo.

Mr. Shankly disse...

Os que são duvidosos ontem eram claros anteontem. O normal. Em blogues de outras cores passa-se o contrário. O normal, também.

littbarski disse...

Baresi, a referência é a bola. O Casemiro e o Herrera estão juntos e em linha (como é normal, uma vez que procuram a mesma bola). Naquela fracção de segundo que separa o cabeceamento do Casemiro do ressalto no Herrera, o Casemiro ficou em fora-de-jogo? O que mudou, neste jogo, é que na dúvida o árbitro deixou jogar. Mas não tem sido assim. E o Porto já perdeu pontos por não ser assim.

Shankly, anteontem e nos dias anteriores. Já estamos a meio do campeonato. E se puxarmos a cassete mais atrás e nos lembrarmos do que diziam os benfiquistas nas épocas em que o Porto foi campeão, começamos a corar. Só falta mandarmos chamar a judiciária e enchermos o YouTube com compilações do Maxi Pereira, para ficarmos vermelhos por completo. Espero, sinceramente, que não cheguemos a esse ponto. Eu, pelo menos, espero não chegar, porque afinal de contas eu só posso falar por mim. E se só eu falo, é natural que este blog fique mais azul. Mas eu ainda sou do tempo em que havia um benfiquista, um sportinguista, um vitoriano e nenhum portista a escrever aqui.

Mr. Shankly disse...

"E se puxarmos a cassete mais atrás e nos lembrarmos do que diziam os benfiquistas nas épocas em que o Porto foi campeão, começamos a corar."

Foi o que eu disse. E também coramos se lermos o que dizem portistas este ano e o ano passado. Tudo normal, repito.

"Só falta mandarmos chamar a judiciária e enchermos o YouTube com compilações do Maxi Pereira, para ficarmos vermelhos por completo. Espero, sinceramente, que não cheguemos a esse ponto. "
Mas achas que não chegámos? Este ano até chegámos ao ponto de criticar um fiscal de linha por uma decisão correcta.

"E se só eu falo, é natural que este blog fique mais azul."
Foi o que eu disse. Normal.

Também sou desse tempo. Era mais divertido, mas sinceramente acho que és o que escreve melhor, e o que tem mais fair-play.

Baresi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Baresi disse...

Littbarski, o CAsemiro quando cabeceia a bola é para trás, e bate em Herrera, nesse momento o CAsemiro está á frente do Herrera, o fora-de-jogo é claro. Meio metro, um metro, está fora de jogo.
Ontem também chegámos ao ponto de um jornalista (Manuel Queiroz) tentar justificar esse fora-de-jogo por o toque ser involuntário.

E já agora, lembro-me do Porto, neste campeonato, já ter sido beneficiado contra o Paços, Belenenses, Braga, Setúbal e Rio Ave.
É para todos, e há lances difíceis de ajuizar, principalmente quando quando se fala em foras-de-jogo. Eu já fui fiscal em jogos a brincar, e aquilo é mesmo super difícil. Por isso é que digo que os 2 primeiros sejam duvidosos, embora fique com a sensação que o Casemiro está mesmo fora-de-jogo.

Mas as agressões de Indi (em Paços de Ferreira) Brahimi (contra Rio Ave) e Herrera (contra o Belenenses) já eram fáceis de julgar e aí os árbitros assobiaram para o lado. Ou não assobiaram de todo.

Abraço

Hugo disse...

O Baresi lembra-se dos jogos em que supostamente o Porto foi beneficiado mas omite todos aqueles em que foi prejudicado . Um verdadeiro artista

Hugo disse...

E se vamos falar de agressoes, o actual lider leva grande vantagem nos vermelhos perdoados. Ainda ontem vimos mais um

Sentinela um Estremecer disse...

Hugo, por falar em omissões, podes ir procurar os comentários/posts do autor deste blog sobre os lances/jogos que o Baresi falou.
Reconheço o Littbarsky como dos melhores bloggers portistas porque nunca tinha problemas em assumir esses lances, coisa que nos últimos meses ter-se-á desvanecido um pouco, mas é compreensível quando se olha de baixo para cima na tabela. Porque, como diz o Shankly, é normal.

Já agora, Hugo, quando falas no "vermelho perdoado" ontem, convém falar do contexto do jogo, ou seja, do critério que o arbitro teve. Houve, 4 ou 5 minutos antes, um lance em que um maritimista varre o Julio Cesar fora da area e o arbitro não mostrou amarelo. Pouco depois quis manter o critério, não numa entrada a varrer, mas numa simples pisadela que só aconteceu porque o maritimista tocou na bola centésimos de segundo antes do pé do Talisca lá chegar.

miguel.ca disse...

Não entendo como é que depois do Luis Freitas Lobo repetir até à exaustão que os golos do Porto são todos legais, aqueles vómitos da cofina continuem a intoxicar a carneirada publica com a falsidade de que fomos beneficiados.
Para mim só tem uma explicação, a suprema necessidade de atribuir um andor ao FCPorto que disfarce a vergonhá do andor dado ao benfica.

Mr. Shankly disse...

"Não entendo como é que depois do Luis Freitas Lobo repetir até à exaustão que os golos do Porto são todos legais"

Porra, se o Freitas Lobo repetiu isso à exaustão é porque é verdade. Ele é infalível.

Sentinela um Estremecer disse...

O Freitas Lobo também repetiu até à exaustão "lances como o do Montero, no meio campo, não deixariam dúvidas que fossem falta" e não é por isso que deixa de ser um penalty ridículo, numa jogada que não era falta em lado nenhum do campo.

Freitas o infalível Lobo.

Joao disse...

Do jogo de Sábado, as regras ditam que nos foras de jogo, em caso de dúvida, beneficia-se a equipa que ataca (mesmo que essa seja o Fc Porto...).

Mr. Shankly disse...

Essa é a mesma regra que se aplicou no fora-de-jogo do golo do Gaitan ao Gil Vicente, João?

miguel.ca disse...

O Freitas Lobo não é nenhum mago, mas tem olhos na cara e é dos poucos que tenta ser isento ao contrário de uma vasta maioria que perdeu a vergonha de se contrariar a si próprio desde que a sua opinião seja manifesta e indubitavelmente contra o FCPorto.

Baresi disse...

Freitas lobo? A sério?
Entretanto já só falta irem buscar o Manuel Queiroz, que disse que no 3º Golo o Casemiro não está fora de jogo porque o toque de bola no Herrera é "involuntário".

Freitas Lobo... Lol