domingo, dezembro 07, 2014

77

Golos com a camisola do Porto são um registo assinalável. Quando Jackson ofereceu aquele segundo golo mágico a um estádio despido e gelado (pergunto-me, embora saiba a resposta, o que sentirá um jogador com esta qualidade, ao pensar que poderia estar a fazer aquilo num estádio cheio em Inglaterra ou Espanha), lembrei-me do golo com que McCarthy gelou a Luz, nos tempos de Fernández. O capitão portista não precisa que o camisola 77 o ensine a marcar ao Benfica, mas aqui fica o recuerdo e o desejo de que mantenha a pontaria afinada, até porque conto com ele na Zandinga para minimizar estragos...



3 comentários:

Mr. Shankly disse...

à primeira vista também me pareceu um grande golo, mas acho que bate nas costas do Luisão. Prefiro o do Jackson em Coimbra.

littbarski disse...

Agora que falas nisso (e embora não se consiga ver neste vídeo), julgo que sim, que a bola ainda toca nas costas do Luisão. Mas continua a ser um grande golo. :)

.:GM:. disse...

Por acaso não me recordo nada da bola bater no Luisão.... Lembro-me sim de ter feito um efeito brutal por ter batido a mesma com a parte exterior do pé.