sábado, setembro 27, 2014

Mais 45 minutos de avanço

Por causa da insistência de Lopetegui em Casemiro e Rúben Neves, com Herrera perdido algures. Não funcionou em Guimarães, não funcionou contra o Boavista e voltou a não funcionar em Alvalade. Funcionou contra o Lille, mas foi preciso sacrificar as duas alas, colocando lá dois médios criativos (Brahimi e Óliver).

Ora, sem Brahimi, cada vez mais marcado, a não conseguir libertar-se na ala nem quando recuava para fazer o papel que os médios não conseguiam desempenhar; sem Quaresma, que esteve em noite não, e sem os laterais, que andavam aos papéis para travarem Carrillo, Nani e Cia., o jogo ofensivo do Porto foi reduzido a praticamente zero.

A entrada de Óliver estabilizou o meio-campo, acrescentando-lhe um verdadeiro criativo (na verdade, o espanhol é um jogador completo, ataca e defende bem). Herrera subiu de rendimento (embora continue muito inconstante) e, afinal, até Reyes conseguiu fazer, sem comprometer o rendimento da equipa, aquilo que Casemiro e Rúben Neves disputam.

Com Tello a rasgar, em velocidade, a defesa do Sporting, o Porto chegou finalmente à frente e criou situações de golo suficientes para dar a volta ao resultado. Mas era injusto, porque a primeira parte foi toda do Sporting. Lopetegui queixa-se do árbitro, mas a verdade é que teve sorte em sair «vivo» para o intervalo.

9 comentários:

David Pereira disse...

Boa crónica, dá uma vista de olhos e um comentário na minha sff: http://davidjosepereira.blogspot.pt/2014/09/infelicidades-parte-chave-esteve-no-meio.html

Joao disse...

Um bocado desiludido com este Porto...

O meio campo ainda está muito desafinado, e as constantes mudanças não ajudam nada à estabilidade da equipa...

SportingSempre disse...

analise honesta, estamos de acordo.

foi um bom classico, de ataque, não daqueles merdosos sem oportunidades de golo.

SportingSempre disse...

PS - tenho duvidas de que o Lopetegui esteja nas plenas faculdades da sua sanidade mental, queixas absurdas.

SportingSempre disse...

alias como já tinham sido com o Boavista.

com o Guimarães teve razão mas perde-a se se queixar quando é unanime que não há motivos para tal

condor disse...

Oh sporting sempre a verdade é que somos sempre fodidos pela arbitragem lá no covil do gato!
Se fosse ao contrário já mudavas de discurso tu e a merda dos pasquineiros comentadeiros jornaleiros e opinadeiros desta tanga de país!
Se não fossem os erros de arbitragem como estaria a classificação da lida tuga?
Ainda há pouco o glorioso campeão venceu dois três contra dez mais uma vez!
O teu grande slimani tinha vindo para a rua por agressão e já não jogava a próxima jornada!
Mas não,para ser vermelho teria de degolar o portista e mesmo assim era preciso ter em conta que não houve intenção!
Só espero que na próxima jornada o FC Porto vença com um golo fora de jogo três metros para ter o prazer de vos mandar a todos para a grande puta que vos pariu!

Hugo disse...

Pois nos nao temos a vantagem de quando estamos aflitos, meterem os adversarios a jogar com 10

Carlos disse...

é unanime que não há motivos

????

unanime ????

em que planeta ?

cparis disse...

Dedicado ao master kodro... com um abraço

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2014/04/o-mito-do-maior-talento-em-portugues.html