quinta-feira, julho 31, 2014

Sopa de pedra à espanhola

Tal como o frade do conto, Lopetegui chegou e foi pedindo: o pucarinho, as brasas, o unto e o presunto. O acepipe cresceu, sôfrego, e agora não há um dia que passe sem ir um espanhol para a panela. Já que, no final da história, o frade não vai levar a pedra - essa ficará para alguém pagar -, que nos deixe, ao menos, com a barriguinha cheia e não com aquela sensação de quem saiu sem comer, que teve quem viu o jogo de apresentação.

Sem comentários: