terça-feira, maio 06, 2014

Lopetegui

Tem a seu favor o facto de ter trabalhado com as selecções jovens de Espanha, o que poderá ser útil na potenciação dos jovens que temos na equipa principal e num melhor aproveitamento dos jogadores da nossa formação. Conhece o balneário de grandes equipas, mas ser jogador do Real Madrid e do Barcelona não é, obviamente, condição suficiente para se ser um treinador de topo. Acho que o principal desafio do espanhol será gerir um balneário com cada vez mais gente que chega já a pensar no próximo clube e conseguir obter uma identidade comum de um universo multicultural, criar um projecto aliciante para todos. Foi uma aposta de risco, numa altura em que não há margem de erro. Mas gostei do seu discurso de apresentação e desejo-lhe, naturalmente, muito sucesso.

PS - Quem quiser saber mais do novo treinador do Porto pode fazê-lo aqui e aqui.

2 comentários:

Joao disse...

Aparentemente parece um "tiro no escuro" mas fico com a ideia que foi uma decisão ponderada e que o treinador tem boa margem de progressão...

Há novamente uma aproximação clara a Jorge Mendes o que pode garantir não só alguns putos espanhois de qualidade mas também a venda de alguns excedentários no plantel.

O timing é perfeito, ainda há tempo para resolver muita coisa antes dos jogadores irem de férias.

Agora é esperar que a administração cumpra com as suas obrigações, mesmo que isso leve a um corte de despesa assinalável!

Pés-Juntos disse...

Coloquei uma outra entrevista do novo treinador no blog http://pitons-em-riste.blogspot.co.uk/ para os mais obssessivos como eu...