segunda-feira, março 03, 2014

Frankfurt, a melhor coisa que nos podia ter acontecido

A permanência de Paulo Fonseca é uma benção para os adversários. Só foi pena não termos conseguido a vitória, o que não esteve assim tão longe de acontecer. Aquilo está tudo tão descompensado que até Maazou marca (e assiste, mas nisso ele até é bonzinho). Ele, que falha como um rei, cabeceando completamente isolado para as núvens, exactamente como fez contra a melhor defesa do mundo na jornada passada. E o pobre Tomané, voltou a ficar no banco - que deus nos livre o rapaz de valorizar em jogos contra os grandes, ou o caralho.

ps - Ah, Paulo Fonseca, e muito obrigado por teres repescado o Abdoulaye. É-nos muito mais útil desse lado. Fica por muitos e bons anos, amigo.

2 comentários:

André disse...

No geral foi um bom jogo. Percebo o facto de o maazou ter começado a titular, no meio dos centrais portistas e do Fernando parece-me que o Tomané se ia perder um bocado. Mas aquele gajo falha como tudo, até enerva!

Não percebo é como é que o Tomané não é o primeiro a entrar quando queremos virar o resultado, nem me importava que fosse para a ala. Nii Plange continua a ser opção, o gajo tem de ser muito bom nos treinos porque nos jogos (uma "boa jogada não apaga exibições constantemente miseráveis) é um a menos.

O Moreno também foi mais certinho que o habitual, nunca sei o que esperar dele, prefiro vê-lo no meio campo mas havendo falta de opções (já deu para ver que o Josué não existe para o Rui)

Por fim, este Porto... Alguma vez em anos anteriores, vendo-se a vencer por uma diferença de dois golos, pensaria ver o Vitória discutir o jogo? A esperança é sempre a última a morrer mas a verdade é que era um martírio marcar um golo ao Porto, quanto mais dois (e meio).

Um a menos na luta pelo título, quiçá lutando com o Estoril

Saudações vitorianas

miguel.ca disse...

Percebo o vosso ponto de vista e concordo na sua maioria mas..... O Vitória merecia ter ganho??? Porquê, exactamente? Porque mandou uma bola ao poste na unica oportunidade que teve na segunda parte depois do golo do empate? Apesar da trapalhice tactica eu vi o Porto dominar a segunda parte, a criar multiplas oportunidades de golo que terminavam invariavelmente na falta de confiança gritante que assola aquele plantel.
Parabéns ao Vitória pela recuperação no marcador mas ganhar? Pelo amor de Deus!