domingo, janeiro 12, 2014

Uma vitória justa

O Benfica, atacando com tudo (sendo tudo o espaço dado com bola oferecida) e podendo defender com o antebraço, o que é uma vantagem a não menosprezar, mereceu a vitória, porque não tem culpa da incompetência do Porto na fase de construção, um clube onde Quintero é nome de doença.

15 comentários:

Pedro disse...

Não foi antebraço, foi mesmo mão. Mas assim até foi melhor.

João disse...

Acho que o master kodro estava a falar da mão do Rodrigo. Ou da falta sobre o Quaresma, não sei a certo. Tecnicamente até podia ser do penalty sobre o Danilo ou do lance parado com o Jackson isolado porque acho que não foi por aí e também ficou a dever esse penalty ao Benfica.

Não se jogou a bolinha, nada nada. A partir daí e ao contrário do que é prática noutras paragens, só nos podemos culpar a nós.

.:GM:. disse...

João, precisamente. A arbitragem prejudicou sobretudo o Porto - o lance do penalty do Mangala acabou por ser "compensado" com o canto que deu o golo e teve origem no mesmo. Ainda assim, não perdemos por culpa da arbitragem, perdemos por culpa própria. Num jogo com tantos lances polémicos ainda estou para ouvir/ler o primeiro benfiquista a dizer o mesmo.

Ribeiro dos Santos disse...

Mangala é de longe o jogador mais sobre-valorizado do nosso campeonato.
Falha em 3 lances capitais (no segundo golo salta mais alto, mas no sítio errado, pênalti claro e infantil oferta de um golo que Rodrigo atira por cima) mas o Otamendi é que é mau.

Oblak vai no 5 jogo sem fazer uma defesa digna desse nome... O que acaba por ser chato pro puto

Sentinela um Estremecer disse...

Ninguém fala da mão do Quaresma, imediatamente antes da do Rodrigo. Que bom, assim é facil. Tal como escrever um texto onde só se refere o "antebraço", mas sem discutir arbitragens, claro. Isenção no seu máximo. Se calhar este "antebraço" é acerca de alguma jogada que me escapou, no derby de sexta-feira.
A queda do Quaresma, na repetição dá a sensação que podia ser assinalado penalty, na do Danilo fico mesmo com a ideia que o gajo mergulhou, apesar do ligeiro encosto de ombro ele procura o contacto com a perna esquerda.
O erro no lance que isolava o Jackson é tão básico, mas tão básico que nem sei que dizer. Nesse, os portistas têm toda a legitimidade para protestar.
E se tivesse sido o Maxi a fazer aquela entrada que o Josué fez, quase no fim do jogo? Nem quero imaginar o que os "isentos" diriam.
O Benfica jogou melhor, o Porto não fez quase nada para alterar o rumo do jogo. Soares Dias foi horrível (e não foi só para um lado, como querem fazer crer alguns "isentos iluminados").
Oblak continua sem ter de fazer uma defesa de grau de dificuldade muito elevada. Mas a cada dia que passa, dá mais a sensação que, quando esse lance chegar, ele vai estar à altura do acontecimento. Espero não estar enganado, porque o miúdo parece ter futuro, ali.

Um obrigado aos adeptos azuis (salvo uma ou outra excepção) que estiveram à altura da homenagem a Eusébio.

.:GM:. disse...

Sentinela, eu dou de barato o lance entre o Rodrigo e o Quaresma. Agora, essa do Danilo ter "mergulhado" só da tua boca. Até o Pedro Henriques - o eterno protector do Benfica na análise às arbitragens - disse que não houve simulação e que marcaria penalty - eu não marcaria penalty mas também não expulsaria o Danilo. O lance do Jackson, não foi básico, foi escandaloso. O do Quaresma, na repetição por trás - ângulo do árbitro - vê-se perfeitamente o Garay a empurrá-lo com o... "antebraço". O Josué? Aquela em que corta a bola? Por momentos pensei que fosse aquele golpe de karaté sobre o Moutinho o ano passado...

Tendo disto isto, não procuro refúgio na arbitragem mas pergunto-me como teria sido se o lance do Jackson ou o penalty sobre o Quaresma tivessem resultado em golo e se o Danilo não tivesse sido - mal - expulso, como seria o desenrolar do jogo com 2-1 no marcador e 11 contra 11. Assim de repente lembro-me de um outro jogo com o mesmo resultado aos mesmos minutos de jogo, e que terminou em 2-3...

Verdade seja dita, que nem com este treinador, nem com este espírito em campo acredito que tal acontecesse... mas quem sabe?

Pedro disse...

"Até o Pedro Henriques - o eterno protector do Benfica na análise às arbitragens"

http://www.youtube.com/watch?v=DduPnGOtsTg

Sentinela um Estremecer disse...

"Pedro Henriques - o eterno protector do Benfica na análise às arbitragens".
Ri-me bastante pela anedota. Obrigado.
Dos restantes lances não vou discutir mais, já cada um deu a sua opinião e por mais que se troque galhardetes não me parece que nem eu nem tu mudemos de opinião.
Apenas vou referir o lance do Josué, porque só podes estar a falar de outro lance diferente. Eu falo do lance em que a única coisa que o Josué está perto de cortar é a perna do Siqueira ao meio, não está nem perto de tocar na bola.

O Anti Lampião disse...

Soares Dias também quis homenagear Eusébio
http://oantilampiao.blogspot.pt/2014/01/soares-dias-tambem-qui-homenagear.html

O Anti Lampião disse...

Já a anterior vitória também tinha sido oferecida
http://oantilampiao.blogspot.pt/2009/12/o-fora-de-jogo-de-urreta.html
http://oantilampiao.blogspot.pt/2009/12/golo-ilegal-fora-de-jogo-de-urreta.html

.:GM:. disse...

Como disse, ainda há-de chegar o dia... ou não.

Ribeiro dos Santos disse...

Pedro Henriques, o célebre árbitro que marcou uma mão a Miguel Vitor num célebre jogo com o Nacional da Madeira na luz, quando este estava no chão e de costas para o lance? Esse Pedro Henriques?

Sentinela um Estremecer disse...

" Ainda assim, não perdemos por culpa da arbitragem, perdemos por culpa própria. Num jogo com tantos lances polémicos ainda estou para ouvir/ler o primeiro benfiquista a dizer o mesmo."

"Como disse, ainda há-de chegar o dia... ou não."

Não perdemos por culpa do arbitro, perdemos por culpa própria. Não faz muito sentido, este fim de semana, mas pronto, já disse.

João disse...

O Mangala é que é sobrevalorizado, o Garay que está avaliado em metade dele é que não sai nem a tiro, e o outro com propostas de 40, 45M.. São vidas.

O Pedro Henriques deve ter atinado com esse lance (já agora, vá buscar um laçamento de linha lateral mal assinalado pelo Duarte Gomes, João Ferreira, Bruno Paixão ou Paraty porque isso prova inequivocamente alguma coisa), levou nota negativa e foi apitar para a 2ª. Pouco depois num Benfica - Braga (celebrizado por Jorge Jesus, na altura treinador do Braga, ter dito na conferência de imprensa que assim só "na Playstation") Paulo Baptista rouba o Braga à descarada deixa passar dois penaltys claros na área do Benfica e um golo do David Luiz acampado em fora-de-jogo de 2 metros (entre outras) e teve nota positiva.

O Pedro Henriques começou aí a perceber como é que a banda toca.

.:GM:. disse...

O vídeo, nem comento, pois a isenção e distância do autor é inexistente.

Sentinela, sempre ouvi dizer que para bom entendedor meia palavra basta. Não me venhas com escritos e transcritos pois discussões dessas que não levam a lado nenhum aqui no 442 estou eu farto de ignorar. Olha, esta será mais uma.

Parabéns pela vitória, mereceram apesar de tudo.