quinta-feira, maio 16, 2013

Um post sobre repetições

Outra vez nos descontos No final do jogo ficou uma sensação de injustiça, depois de tanta superioridade na primeira parte. Mas não alinho em teorias de falta de sorte em sofrer golos nos descontos... Quando muito, há (ou devia haver, neste caso) uma responsabilidade acrescida de não sofrer golos no fim de jogos decisivos, não deixando margem para recuperar, que é o exacto oposto dessa mensagem.

Outra vez azuis O Chelsea já tinha perdido a Supertaça Europeia para o Atlético Madrid (1 x 4), perderam o Campeonato do Mundo de Clubes na final com o Corinthians (0 x 1), perderam a Supertaça inglesa (2 x 3) com o City, saíram da Champions League na fase de grupos, perderam a League Cup nas meias-finais para o Swansea (0 x 2 em duas mãos), perderam a FA Cup nas meias-finais para o City (1 x 2 com o City), estão em terceiro na Premier a 16 pontos do campeão. Novamente, o Benfica serviu de salvação para uns azuis (o novamente ainda por confirmar).

Outra vez sprinters Escrevi-o no final do jogo com o Porto: "voltaremos a ter sprinters na quarta-feira, certamente". Não sei se é metodologia de treino direccionada, se é disponibilidade psicológica extraordinária (compreensível dado tratar-se de uma final europeia, mas que não apareceu para discutir o título nacional), a verdade é que o Benfica esmagou o Chelsea no confronto físico. Se este Benfica tivesse estado no Dragão, já tinha as faixas de campeão na bagagem. Não é normal ver-se Óscar sem bola a perseguir Enzo Perez com bola e a perder terreno (na jogada do amarelo); nem é normal que Garay, parado, consiga virar-se e arrancar e disputar um sprint com Ramires que vinha em corrida lançada. A explicação pode estar nos 4087 minutos que, por exemplo, Óscar fez esta época ou nos 4740 de Ramires. Falta a explicação para os outros jogos (em especial os picos de exuberância intercalados com momentos de profunda depressão física, até dentro do mesmo jogo).

Outra vez Jesus Começa a desenhar-se uma tendência à Peseiro, não? Parece-me que "um campeonato perdido à Jesus" pode entrar para o léxico do futebol nacional, tal como o "quase" de Peseiro, se o Porto se sagrar campeão no domingo.

11 comentários:

littbarski disse...

Essa da falta de sorte está em todo o lado. Jesus queixa-se de falta de sorte, Luisão queixa-se de falta de sorte, Artur queixa-se da falta de sorte, Matic queixas-e da falta de sorte (deve haver mais a queixarem-se do mesmo, mas já me cansei de tanta falta de sorte).

O Benfica fez um bom jogo e justificava, por aquilo que jogou, no mínimo, o prolongamento. O destino foi cruel e colocou-lhe no fim a equipa mais cínica do topo europeu. Certo. Mas é ridículo que uma equipa que viu 8 bolas (uma delas na final) embaterem nos ferros da baliza de Artur saia da competição a queixar-se de falta de sorte.

O Anti Lampião disse...

Excelente comentário:

DIGO SINCERAMENTE...NUNCA ASSISTI EM TODA A VIDA,E JÁ LÁ VÃO UNS BONS ANOS,UM CLUBE SER TÃO HUMILHADO EM TÃO POUCO TEMPO.E esta humilhação é tanto maior quanto maior é a arrogância e a mania da grandeza que propaganda. Um clube sem carácter,sem humildade e sem dignidade com uma massa adepto ignorante, seguidista e que só tem um olho. Que inveja e tudo faz para não aceitar os feitos gloriosos dos seus adversários.QUE EMPOLA,QUE MENTE QUE PERSEGUE INSTITUIÇÕES DESPORTIVAS SECULARES AO SERVIÇO DA NOSSA JUVENTUDE.Que através da mentira,calúnia e com a conivência de gentes da justiça corrupta levam Clubes e seus dirigentes reconhecidos internacionalmente a Tribunal com o intuito de os destruir.
Não digam que são um clube Português!

CJ disse...

O caso Enzo Pérez é um mistério...

Lesão (supostamente muscular) contra o Estoril. Recuperação para o Dragão quando tudo indicava o contrário.

180 minutos (separados por 3 dias) em consequentes cavalgadas!

Grande preparador físico...

GOD disse...

Exatamente o que pensei ao ouvir as conferencias de imprensa. Uma equipa que tem 8! bolas nos postes em momentos decisivos ainda falar em falta de sorte é algo que me deixa de boca aberta. A Cornélia ainda tentou ontem, mas já estava demasiado espremida.

Henrique disse...

Se tivessemos levado o apitadeiro á marisqueira de matosinhos podiamos ter ganho como os madalenos com o Villareal.
Henrique Cordeiro

GOD disse...

Deve haver alguma confusão na cabeça deste senhor. Penso que se estava a referir era a esta "marisqueira":
juntemos agora estes elementos soltos, num só.
terminado o repasto e tendo jsc tratado dos 'negócios' que tinha a tratar zarpámos, os três, para 'lavar a vista' e beber um 'whisquinho' no, onde é que poderia ser?, 'elefante branco'.
quem lá estava, para além de uma enorme multidão?
a equipa de arbitragem chefiada por langenhove, césar correia e alder dante, que os acompanhavam, e dois funcionários do 'benfica', sendo um deles...loura e bonitinha...
quando me dirigi à mesa para os cumprimentar, marcel puxou-me de lado e perguntou-me:
- oiça lá, o golo foi com a mão?...
- tentando meter água na fervura, respondi-lhe que estivesse tranquilo, pois só muito depois de ter saído do estádio e ter tido conhecimento do que as imagens revelavam é que eu próprio me apercebera de tal possibilidade. daí ele poder ficar sem qualquer peso na consciência pois se algo de irregular houvera tinha sido algo que humanamente lhe escapara, como a milhares que assistiam ao jogo no estádio.
aproveitei ainda o momento para lhe apresentar o presidente do 'sporting', pessoa com quem se poderia vir a cruzar no futuro, o qual não perdeu a oportunidade para enquanto lhe apertava a mão dizer em português: ' vocês (árbitros) são todos iguais! sempre a gamar para o lado do 'benfica'!

Joao disse...

A sorte vai e vem.... E o Benfica esta época não se pode queixar muito da falta de sorte!



miguel.ca disse...

O Henrique deve ser daqueles que acha que as incompetências do Luís Filipe Vieira e do Jorge Jesus são da responsabilidade do Pinto da Costa! Ahahahahahahahah! Pois... só tem um olho! Ahahahahahah!

exlowe disse...


Hello friends, I wanted to indicate that the site has been very successful :)
I See hereinafter. I would like to invite you to their created blogs
and sites. First, have a site named tubidy
tubidy mp3 music can be downloaded
via the mobile phone, even a very simple as you wish. Other than that,
a great atmosphere and a chat with an extremely islami sohbet
sites Waiting level, new friendships, friendships islami sohbet
a great environment for the full verbatim by you. Finally, good words, aphorisms, and many others have
shared with ayrılık sözleri sites
ayrılık sözleri waiting for you, good blogs.

O Anti Lampião disse...

A Tifo que resume a Liga
http://3.bp.blogspot.com/-gPegLaa2ZDU/UZYHieJpxZI/AAAAAAAABYk/y1d9nLvcdIQ/s1600/FCP+x+5lb+tifo.jpg

jose garcia disse...

deve ser doping. Dóping, como se diz aqui nos arrabaldes de santarém.
adorava poder desmentir-te, mas infelizmente não tenho a tua capacidade de análise (capacidade de análise que é sempre contra o mesmo).
Lamento bastante, pq considero, aprecio e respeito bué a tua escrita qd não versa sobre o meu adorado clube.
lamento também ter-te chamado porco numa caixa de comentários abaixo. Excedi-me, e por isso peço desculpa. (Mas não peço desculpa por te chamar hipócrita.)

Reconheço que poucos "gozam" connosco com a categoria com que tu o fazes, mas também acredito que haja aí valente úlcera a desenvolver-se quando vem a azia - ainda que ultimamente deva estar controladíssima :) mas tenho a certeza que vai ter tendência a piorar. eu vi bem a descrença que já havia antes do pontapé do Kelvin, coisa muito pouco habitual.
Mais: eu vi bem o respeito com que nos trataram ( e assim é que é, à campeão...) no final do jogo, coisa a que não estamos minimamente habituados.
Como, ao contrário do que diz o Carlos, Deus não tem clube, coisas boas devem estar por vir - e não falo deste ano, de surpresas em paços. Falo dum futuro não muito longínquo. Atenção, pois, a essa úlcera.

ps: cumprimentos também aos excelentes bloggers Littbarsky e Kovacevic, que merece bem mais do que aquilo que teve este ano. No entanto, sou o primeiro a reconhecer que BdC merece muito mais respeito que aquele que estava disposto a dar-lhe à partida. E ainda bem!