quarta-feira, abril 03, 2013

Três pormenores de um jogo com pouco interesse

1 - O golo de Fernando, que correu o campo de uma ponta à outra, começando, desenvolvendo e finalizando a jogada.
2 - A assistência de Castro, de calcanhar, para o golo de Defour.
3 - O penalty de James. Não sei se a momentânea lesão de Jackson caiu do céu ou se já estava planeado assim. O importante é que se ponha fim aos penalties desperdiçados.

5 comentários:

Joao disse...

Mas quem é que consegue ver jogos a meio da tarde de um dia de trabalho?

Aliás, quem é que se lembra de pôr uma meia final de uma competição dita importante a meio da tarde de um dia de trabalho?

miguel.ca disse...

Pois é João... mais um retrato de uma competição desconchavada, desacreditada e que continua a ostentar o rotulo de "competição menor" e para o qual parece não haver ninguém interessado em mudar e melhorar minimamente esta espécie de projecto.

littbarski disse...

«Mas quem é que consegue ver jogos a meio da tarde de um dia de trabalho?»

Vejo eu, que estou lesionado. :)

Mas também te digo que não perdeste grande coisa. A primeira parte devia dar direito à devolução do dinheiro dos bilhetes... A segunda, apesar dos golos, não foi muito melhor. Não há novidades. O Jackson continua a ser servido, na grande maioria das vezes sem êxito, nas costas da defesa contrária. A equipa continua sem saber contra-atacar. O Vítor Pereira continua a achar que qualquer jogador que jogue nas alas se transforma em extremo. O Danilo continua à espera da bola, na direita. E o James não faz 90 minutos.

Vejo muito pouca chama para o que resta da época. Pode ser que o Benfica, distraído com a Liga Europa, deixe cair alguns fósforos. Mas não está fácil...

.:GM:. disse...

Litt,

"O Jackson continua a ser servido, na grande maioria das vezes sem êxito, nas costas da defesa contrária"

Lembro-me claramente de 4 foras de jogo assinalados ao Jackson. Desses 4 contei um devidamente assinalado, um outro deixou-me dúvidas e dois foram claramente mal assinalados. Não me parece que tenha sido assim tão mal servido, parece-me que ontem não o deixaram jogar.

littbarski disse...

GM, eu não tenho nada contra o Jackson ser servido dessa forma. Preocupa-me é que a equipa não encontre outras formas de o servir. Às vezes, a bola vai directamente da defesa para lá. Torna-se previsível e mais fácil de anular.

Claro que para isto contribui o facto de o Porto jogar sem extremos, porque nem o Izmailov nem o Defour são extremos. O James poucas vezes procura essas zonas. O Varela e o Atsu estão lesionados. O Kelvin faz número no banco. Sobram os laterais: o Danilo à espera da bola, na direita, e um Alex Sandro intermitente, com demasiada tendência para complicar em zonas interiores, em vez de procurar a linha e cruzar.

Com este sistema de jogo, vale a pena meter o Liedson, esteja ele na forma que estiver?