sábado, abril 27, 2013

O homem que não controla defesas

Na época 2004-05, José Peseiro, à frente do Sporting, acabou a época com o melhor ataque (66 golos, mais 15 do que o segundo, do Benfica), mas com apenas com a oitava defesa menos batida do campeonato. Acabou em terceiro.

Ontem, no meio de um vendaval, viu o Braga ser atropelado pelo Estoril na segunda parte e ficar numa posição ainda mais desconfortável na luta com o Paços de Ferreira pelo acesso à Champions. Os números do Braga voltam a mostrar tendências semelhantes: 55 golos marcados (terceiro ataque, apenas menos 6 do que o Porto, mas mais 17 do que o Paços); 39 golos sofridos (sexta defesa apenas, a par da do Marítimo e do Olhanense...).

1 comentário:

Riga/V-1-Boy disse...

o paços amanha ganha em guimaraes e arruma a questao do 3º lugar