sexta-feira, março 15, 2013

Newcastle no caminho | Cardozo afina as botas para Guimarães

Europa League O golo quase involuntário de Jardel matou logo a eliminatória e Artur insiste em ser dos melhores em campo quando a equipa precisa dos seus múltiplos talentos. Não chegou a haver os calafrios que sobraram a Villas Boas que conseguiu que o Tottenham estoirasse uma vantagem de 3 golos no campo do Inter, um desastre que só uma intervenção pernilonga de Adebayor conseguiu emendar.

Newcastle na linha de fogo O Benfica é obviamente favorito contra o Newcastle, 13.º da Premier League, órfão de Demba Ba (e agora de Ben Arfa) e saudoso dos golos que Papiss Cissé marcou na época passada. Moussa Sissoko entrou cheio de gana, mas não vai durar sempre, como é óbvio. Cheira a golos, muitos golos.

Cardozo afina as botas Nos últimos 4 jogos contra o Vitória, Cardozo bisou 3 vezes, marcando 3 de penalty, o que permite constatar que o paraguaio anda com pontaria com o Vitória e que o Benfica costuma ter muitos penalties nestes jogos.

6 comentários:

TaKuara disse...

É sempre de desconfiar do "obviamente favorito" quando estamos a jogar uma eliminatória contra o 20º clube mais rico do Mundo (segundo a Deloitte).

Já esta "obrigação" que o Benfica teve em vencer o Bordéus, é algo que me transcende completamente.
Falou-se do 10º classificado... o coitadinho do Bordéus, que está tão mal na sua Liga... as pessoas não têm nenhuma noção do desnível orçamental que há entre o nosso campeonato, e aquilo que se passa lá fora.
Só em direitos televisivos para as competições nacionais, o Arves-Vignon recebeu em 2011/12 13.7M€. Esse valor "só" dobra o 5º orçamento mais caro da nossa Liga. Um orçamento de um Paços, um Rio Ave, uma Académica, não passa os 4M€.
O Nancy recebeu 19M€. O Bordéus 34M€. o Lyon 45M. O Marselha 49M.
Mas o Bordéus é um coitadinho.


Para se ter uma ideia das 8 eliminatórias da Champions desta época, apenas em duas delas as equipas com maior orçamento ficaram pelo caminho (POrto e Shalke).
Em 2010/11, nos oitavos de final passaram 4 equipas com menor orçamento (Benfica, Apoel, Marselha, Milão), mas nos 4 jogos dos quartos passaram todas as que tinhas os maiores orçamentos.
Em 2009/10 foram 6 em 8 nos oitavos.
2008/9 foram 7 em 8.
2007/8 foram 6 em 8.

Resumindo, nos últimos 5 anos, em 40 eliminatórias de oitavos de final da Champions, as equipas com maiores orçamentos passaram os oitavos de final em 29 vezes, os "underdoggs" 11, ou seja cerca de 73% das eliminatórias.
Coincidências? É claro que não.

Nos últimos 5 anos da Champions, as meias finais foram todas discutidas por equipas do Top-20 Europeu financeiro. As duas que ainda destoavam um pouco foram o Lyon (17º, 131M€) e Shalke (14º, 178M€).

O dinheiro manda nisto tudo.
O Benfica é claramente favorito quando joga com o Olivais e Moscavide. Com o Olhanense. Com o Rio Ave. Com o Paços.
Agora contra equipas coitadinhas como o Bordéus e o Newcastle, este ultimo que tem um orçamento igual ao que têm 14 equipas do nosso campeonato juntas?
Desculpem, mas não dou para esse peditório.



Abraço

Pedro disse...

Essa do Málaga ter um orçamento menor que o Porto...enfim. Benfiquistas a espalhar mentiras desde o berço

miguel.ca disse...

Takuara, a equipa do Málaga vale bem 2 ou 3 do FCPorto em termos económicos. ehehehhe
A questão dos orçamentos não deixa de ser absolutamente relativa pois é frequente ver equipas com orçamentos brutais como o Manchester City ou o PSG dar com as trombas na parede.
Tu sabes perfeitamente que o Benfica tem uma boa equipa mas não tem uma grande equipa, não é nenhum Chelsea ou Tottenham ou Atlético Madrid, por exemplo e ate agora tem-se de facto superiorizado a equipas com maior orçamento mas com evidente menor qualidade. Se o Leverkussen foi de uma pobreza atroz, este Bordéus ate com o actual Sporting ia a vida. Gostava mesmo de ver uma eliminatória entre o Benfica e uma equipa de valor realmente semelhante.

master kodro disse...

Takuara, claro que há esse desfasamento financeiro, como sempre houve, mas apesar disso, muito recentemente, o Porto e, principalmente, o Braga (que até ganhou nas meias-finais a uma equipa com um orçamento incaomparavelmente superior), jogaram uma final da Liga Europa, ou o Porto ganhou a Champions há 9 anos. Se o dinheiro mandasse assim tanto, isso nem teria sido sonhado, quanto mais consumado, nem, por exemplo, o Chelsea e o Manchester City andavam a fazer as tristes figuras que fazem.

Se estamos a falar da Liga Europa, porque apresentas o exemplo das equipas endinheiradas que passaram na Champions?

Faz lá isso para a Liga Europa, para veres o real valor do dinheiro aplicado ao que estamos a falar.

TaKuara disse...

Pedro.

O Málaga tem um orçamento menor que o FCP. Se quiseres vais pesquisar como eu fui. O 11 titular do Málaga do ultimo jogo custou 24M€. O o Porto 78. Os números do FCP são dos relatórios e contas da SAD.

Miguel

O PSG começou a investir forte há dois anos. E já está a dar frutos. São primeiros na Liga Francesa e estão nos quartos-de-final da Champions, algo que não alcançavam á muitos anos.
Em relação ao Málaga, já respondi em cima.
A equipa do Atl Madrid não a considero superior á do Benfica. O Chelsea tem melhores jogadores, que podem desequilibrar a toda a altura, mas pouco fio de jogo. Mas fazem 3 jogos bons para um "assim-assim", o que é sempre complicado para o Benfica, que em condições normais não ganha um jogo ao Chelsea em duas mãos.
Com o Tottenham, considero que a eliminatória seria igual á do Chelsea. O Benfica dificilmente ganharia um jogo á equipa de AVB.

MasterKodro
A figura triste do Chelsea foi ganhar a Champions o ano passado.

São as excepções que confirmam a regra. Também o Braga este ano ficou em ultimo lugar de um grupo que tinha o Cluj, com jogadores dispensados de clubes portugueses, e que teve a primeira vitória de sempre na Champions (neste caso duas) contra este mesmo Braga.

Outra estatística interessante, é ver quantas vezes o FCP, que tem um orçamento a rondar os 90/100M€, passou os oitavos de final da Champions desde 2004.
Salvo erro foram lá 8 vezes, e apenas uma vez chegaram aos quartos-de-final, quando eliminaram o Atlético de Madrid, que claramente não é equipa de Champions.

Com esse orçamento, o FCP (e o SLB) são sempre candidatos a serem eliminados nos oitavos-da-champions. Digam o que disserem. Podem fazer uma gracinha, mas se a fizerem nos oitavos (como fez o Benfica o ano passado), quase de certeza que caem nos quartos.

Com esses orçamentos têm hipóteses de competir de igual para igual com a maior parte das equipas que vão parar á Liga Europa, por isso não considero o ganhar uma Liga Europa algo excepcional. Todas as equipas que o FCP eliminou (mas todas mesmo) tinham um orçamento inferior aos portistas.
Feito sim foi o Braga, mas não me parece que faça outro assim tão cedo.

Se tiveres tempo, e já que achaste isto pelo menos curioso, podes fazer. Eu não tenho.

Só escrevi isto porque acho que o Benfica não é obrigado a ganhar ao Newcastle. É obrigado a fazer dois jogos competentes, mas este Newcastle tem tantas ou mais hipóteses de passar ás meias-finais que o Benfica.

Peço desculpa pela extensão do comentário, abraço e bom fim-de-semana.

master kodro disse...

Takuara, faz lá as contas da Liga Europa. Se calhar quando olhares para os nomes dos clubes nem precisas de fazer contas, como fizeste a não sei quantos anos de Champions, mesmo não tendo tempo. Experimenta. Demora menos do que este teu comentário.