segunda-feira, fevereiro 11, 2013

Excesso de confiança (ou falta de fiabilidade)

Há uma coisa da qual, infelizmente, o Porto de Vítor Pereira ainda não se conseguiu livrar: a tendência para falhar, quando menos se espera. De nada vale andar a triturar adversários, se a seguir não se for capaz de vencer, em casa, uma equipa que luta por não descer de divisão, com a agravante de se desperdiçar a oportunidade de ficar isolado na frente, depois do empate do Benfica na Madeira. Resumindo, a equipa ainda não é fiável (ou, pelo menos, tão fiável como se deseja).

Claro que podemos lamentar as várias oportunidades de golo falhadas, uma delas de penalty. Mas essas oportunidades surgiram, na sua maioria, de forma atabalhoada, de lances de bola parada ou de ressaltos. O golo de Jackson surgiu assim. Não houve a organização ofensiva necessária para desfazer a teia defensiva do Olhanense. Sentiu-se, pela primeira vez, desde as suas ausências, a falta de James e de Atsu, jogadores que poderiam desequilibrar nas alas e oferecer mais amplitude ao ataque portista, algo que Varela (desastrado) e Sebá não conseguiram (e muito menos Izmailov, que não é extremo). A juntar a isto houve ainda a facilidade com que a equipa de Cajuda conseguiu sair para o contra-ataque. Targino correu mais de meio campo sem oposição, antes do remate para para o golo forasteiro, e Helton compensou duas vezes o desacerto do Porto também na defesa, evitando males maiores.

Até pode ter sido só um acidente de percurso. Mas decerto que a confiança, nas hostes portistas, já não é a mesma.

4 comentários:

O Anti Lampião disse...

Para que não passe despercebido quem foi realmente prejudicado
http://oantilampiao.blogspot.pt/2013/02/o-amigo-proenca.html

miguel_canada disse...

É, foi um desconsolo monumental e acho que tens razão. A equipa demonstrou uma falta de maturidade competitiva assustadora numa altura em que teve uma oportunidade soberana de se colocar como líder isolada do campeonato.
Conforme Jorge Jesus disse, e bem, não vai haver muitas oportunidades para Porto ou Benfica conseguirem aproveitar uma escorregadela alheia e nos tivemos esta e falhamos redondamente.
Uma tristeza.

miguel.ca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
miguel.ca disse...

Ok, um ligeiro "refresh" no meu "account".