sábado, novembro 10, 2012

Uma mentira repetida muitas vezes

Esta conversa do Braga ser um grande está a ganhar contornos surreais. Agora é José Peseiro que vem dizer que o Braga tem sido "a terceira maior força" do futebol português "nos últimos três, quatro anos". Mesmo salvaguardando, Peseiro, que o Sporting "foi tantas vezes campeão como o Benfica neste século e também foi a uma final europeia como o Braga", não evita repetir a mentira que dá jeito a tanta gente.

Vamos lá então aos últimos três, quatro anos do Braga:

2012: 3º
2011: 4º e final da Liga Europa
2010: 2º
2009: 5º

E agora os do Sporting:

2012: 4º e meia-final da Liga Europa e final da Taça de Portugal
2011: 3º
2010: 4º
2009: 2º e final da Taça da Liga

Fiquem lá com o terceiro lugar.

kovacevic


16 comentários:

MM disse...

Kovacevic, acrescentando apenas algumas coisa. Ultimas 4 epocas, da frente para tras, Europa:

Sporting de Portugal,
. meia-final
. 16-avos
. oitavos-de-final
. oitavos-de-final LC (goleado 2 vezes pelo Bayern)

Benfica,
. quartos-de-final LC
. meia-final
. quartos-de-final
. fase de grupos (1 ponto, goleado 5-o pelo Olympiakos)

Porto,
. 16-avos
. final (e vitoria)
. oitavos-de-final LC (goleado em Londres pelo Arsenal, 5-0)
. quartos-de-final LC (epoca onde foi banido pela UEFA pela corrupcao em Portugal mas viu a decisao anular-se em seu favor, apos apelo)

Sporting de Braga,
. 16-avos
. final
. terceira pre-eliminatoria (derrota em casa com o Elfsborg da Suecia)
. oitavos-de-final

O Sporting de Braga dos quatro e claramente o pior, no conjunto dos 4 anos. Na liga domestica o 'post' mostra tambem que e o pior dos quatro, porque ficando atras do SCP tambem nao esta certamente na frente dos outros.

O Braga esta naquela fase onde apenas contabiliza as coisas boas. Qualquer coisa boa que facam (e tem de ser valorizado) soma ao mediano historial do clube, porque no fundo para eles e novidade.

O Braga e o Benfica sao nesse sentido clubes muito parecidos. As 'gentes' sao parecidas, existe na CIDADE de Braga muita vaidade, superficialidade especialmente entre a juventude (que abunda), demasiado complexo ao nivel de futebol (perante o Guimaraes, possivelmente, que historicamente supera o Braga em praticamente todos os dominios (domestico e Europeu), e entao pegam em qualquer coisa para se colocarem em bicos dos pes.

O Braga esta a crescer, sao normais esses fenomenos proprios de complexados. A parte do crescimento, e somente esse, deve ser valorizada claro. Interessa ao futebol PT que o Sporting de Braga consolide a sua posicao.

Férenc Meszaros disse...

É desonestidade intelectual pura. Nem que estivéssemos 10 anos seguidos com resultados piores que o Braga. O Braga pra ser maior que o Sporting tem que começar por ser maior que o Guimarães...

Filipe disse...

Tanta «grandeza» do Braga não tem resultados prácticos. A Académica pode ter ficado uns bons furos abaixo no campeonato nas últimas 4 épocas mas bate o Braga em títulos ganhos.

Infante disse...

"demasiado complexo ao nivel de futebol (perante o Guimaraes, possivelmente, que historicamente supera o Braga em praticamente todos os domínios (doméstico e Europeu)"

MM, bom comentário no geral, mas não dá para concordar com esta parte. Em termos europeus, o Guimarães só supera o Braga em presenças porque, de resto, os últimos 5 anos são mais que suficientes para fazer com que o Braga seja um clube muitíssimo mais conhecido lá fora que o VSC, cuja unica façanha europeia nos ultimos 20 anos foi eliminar o Parma (e já foi há 16 anos!). Vamos mesmo comparar isso com presenças na fase de grupos da Champions e na final da Liga Europa? Até o Boavista, enterrado na IIB, continua a ter muito mais nome que qualquer outro clube não-grande lá fora.

Nesta questão do Braga vs resto do país, nem 8 nem 80. É óbvio que é ridículo dar a entender que o Braga é maior que o Sporting. Vão ser precisas algumas gerações para que isso aconteça. Mas também não é menos ridículo achar que a História parou em 1995 e assim desvalorizar o extraordinário crescimento do Braga. Sobretudo na comparação Braga-Guimarães, não há muitos aspectos neste momento em que o Braga tenha de ter complexos de um clube que, se não estou em erro, tem apenas uma supertaça no seu palmarés. Em relação ao VSC, a questão dos adeptos - que, na verdade, é um exemplo de "em terra de cegos quem tem olho é rei" - faz-nos sobrevalorizar um pouco a verdadeira dimensão do clube. É natural e não estou a criticar isso. Mas de certezinha absoluta que também há alguns "complexos" por parte dos adeptos vimaranenses.

Joao disse...

E resultados financeiros, não se comparam?

Qual a diferença de orçamentos entre Braga e Sporting?

Aquilo que se percebe é que o Braga está bem mais perto dos primeiros lugares do que o Sporting do Braga...

MM disse...

Infante, é verdade sim, o melhor resultado do SCB supera o melhor resultado do VSC na Europa. É factual. Mas o crescimento enquanto clube está ainda a fazer-se, é precoce e não acompanha o crescimento desportivo que assenta no trabalho de treinadores e equipa (equipa, sobretudo, porque quando Hugo Viana e Alan deixarem de integrar aquele plantel irão ressentir-se).

Em matéria de 'presença' (massa humana), história, e consequentemente clube, o SC de Braga está a milhas do Vitória, Vitória que é um clube estabelecido. Ao invés, Braga é uma cidade de benfiquistas e apesar do que transparece nos tempos mais recentes, nem daqui a 20 anos Braga deixará de ser uma cidade de benfiquistas.

Em matéria de equipas pois o SCB está forte, mas esses fenómenos não são em si garantia de nada. O Boavista desportivamente foi melhor, há 10 anos. O Vitória há poucos anos desceu de divisão e logo em seguida ficando em 3º qualificou-se para as pré-eliminatórias da LC. O próprio SLB que até 2009 era uma miséria transfigurou-se em resultado de 3 ou 4 opções (Jesus).

O SCB só se estabeleceu na I Divisão de grosso modo nos anos 70 (meio da década) quando teve espaço: alguns clubes como o Atlético ou a CUF regrediram, o SCB e alguns outros ocuparam os seus lugares. Nos 20 anos seguintes até metade da década de 90 nunca passou de um clube do meio da tabela que lutava para não descer. Em Portugal, lógico, como tirando algumas excepções não existe apego aos 'clubes locais', toda aquela maioria de gente não é do SCB.

É curioso que o fenómeno é ao contrário do que aparenta: querem nos dias de hoje fazer crer que o SCB descobriu toda uma massa adepta que foi sempre do clube da cidade e com o sucesso desportivo renovou a fidelidade ao Sporting local. Não é assim. Eles continuam benfiquistas e torcem hoje pelo Braga porque o SCB está desportivamente forte. É umi fenómeno quase de moda.

Quando amanhã - se acontecer - o SCB voltar ao meio da tabela, regressarão quase todos ao verdadeiro clube - Benfica. Com o Vitória já não é assim. Eles facilmente metem 30 ou 40 mil pessoas num estádio que são todos indiscutivelmente Vitorianos.

Infante disse...

Não sei se serão todos "indiscutivelmente vitorianos". Lembro-me de um colega meu vimaranense (e vitoriano) que se queixava frequentemente que também havia lá uma boa parte de "adeptos de ocasião" e que a ideia de que são todos do "Vitória de coração" era mais para jornalista ver. Aliás, as médias do VSC têm vindo a diminuir e no ano passado o Braga teve mesmo média superior ao VSC. Mas sim, sem dúvida que o VSC está bastante acima de qualquer outro não-grande em termos de bairrismo, apesar de, como tu bem disseste, isso ser mais ilustrativo do baixo nível de bairrismo em Portugal, do que propriamente da suposta maravilhosa massa adepta do clube.

Portanto, sei perfeitamente que há muitos adeptos do Braga que são na verdade de um dos três grandes, nunca disse o contrário, nem sequer quis fazer consderações sobre isso. Mas também me parece que está a surgir uma nova geração braguista de coração. Essas coisas demoram o seu tempo.

E a dimensão do clube não se limita ao número de adeptos. Não concordo quando dizes que o Braga está "a milhas" do VSC. Uma vez mais, nem 8 nem 80. Nem o VSC é um clube assim tão grande (uma supertaça é o unico trofeu importante) nem o Braga é assim tão pequeno. Acho que estás a desvalorizar bastante o Braga, que, mesmo antes das recentes presenças na Champions já era um clube com alguma dimensão. Há 8 anos que o clube vai regularmente à Europa e mesmo nos anos 80 e 90 ficou várias vezes nos 5 primeiros. Isto também é História. História não é só os anos 60, 70, 80. A dimensão de um clube vai-se construindo.

Se isto fosse o Paços a ir de repente à Champions até percebia, mas o Braga já há muito que era um dos principais clubes da 2ª linha portuguesa.

E já agora, desde 2006 que as pessoas andam a dizer "não demora muito para o Braga voltar ao meio da tabela" e tal. Mas está a demorar...

MM disse...

Infante, nunca desejarei mal ao SCB (nem me tinha apercebido de que és seu adepto). Ao contrário, deveriam existir 6 ou 7 clubes fortes, sempre, e daí ver com agrado o que têm feito nos últimos anos. Tudo isto prende-se com uma perspectiva sempre pessoal que existe: habituei-me a ver o Vitória como um clube 'rijo', forte. O SCB nunca o vi dessa forma. Numa comparação um pouco ligeira será como o FCP e o SLB. Dois clubes grandes, mas o SLB não mete medo. Porquê? Tratando-se do SLB tanto pode ser difícil como fácil. Mesmo quando é difícil, fica mais fácil. O FCP não, apresenta uma regularidade onde ano-sim-ano-sim são de facto o principal alvo - por mérito próprio - a abater.

De outra forma: motivos para questionar a grandeza de um clube como o Vitória? Não são evidentes. Já para o SC Braga tem tudo mais que ver com o momento. São fortes hoje mas o nome em si lê-se da forma habitual. São defeitos, no caso, meus. Defeitos mas não preconceitos porque não conheço clubes 'pequenos', ou clubes que não me mereçam respeito (exceptuando o SLB, esta última).
No mais tenho um carinho muito especial por Braga, nela vivi 6 anos e nunca me arrependi de para lá ter-me mudado mas honestamente sempre senti (e não julgo estar enganado) que não existe muita paixão por futebol em Braga. Com uma excepção - quando o SLB jogava, aí sim os cafés enchiam, a conversa aparecia e as pessoas deixavam-se fixar. Vi o Sporting jogar em Braga e nunca senti hostilidade no estádio, vi o Belenenses de Jorge Jesus em Braga na altura em que eram (Arsenalistas) treinados por Manuel Machado e também não senti especial frisson. Tudo muito ameno.

Estamos invariavelmente marcados pela forma como sentimos futebol enquanto crescemos. Daí, Guimarães ser sempre um nome que - mesmo sem mais nada - impõe muito respeito [o outro Vitória (Setúbal) tem por exemplo muito mais currículo, mas lá está, não mete 'medo'. O Vitória também não, mas respeita-se. O Braga respeita-se, mas porque tem o Viana, o Peseiro, Alan, Custódio e assim por diante.

São formas diferentes de ler-se emblemas adversários.

MM disse...

Mas Infante, é também por isso que acho pouco surpreendente a retórica de um clube como o Braga. É natural que queiram afrontar o Sporting a partir do momento em que as coisas não mudando da noite para o dia em Braga existe um generalizado sentimento de empatia para com o SLB.

Aquelas aparentes guerras de apagões são fantochada para adepto ver: tratam-se de clubes próximos, amigos e que se ajudam.

Infante disse...

Bom para que conste, eu não sou adepto do Braga e nem tenho nada contra o VSC, bem pelo contrário.

E compreendo o que dizes sobre o respeito que o VSC incute, mas acho que o Braga também o incute e já desde há muito tempo, muito antes dos Vianas e Peseiros. E esse respeito também vai crescendo com a História. Uma vez mais, parece-me que estás a tratar o Braga como se fosse um Paços ou Olhanense que de repente passaram a ir a Champions e a lutar pelo título. O Braga já era um clube com bastante dimensão, bem antes da fase Jesus/Domingos. Até o Cajuda fez óptimas épocas nos anos 90.

Em relação à guerra Benfica vs Braga ser uma fantochada, é possível, mas curiosamente em Lisboa, o Braga é atacado por ser "amigo" do FCP e clube B dos portistas e blá blá blá. Dizes que Braga é uma cidade benfiquista, mas sejamos sinceros, há montanhas de cidades benfiquistas no país. Eu vivi em cidades onde ser adepto do FCP era tão estranho como ser do Belenenses ou do Boavista.

Neste momento, o Braga está a perceber que vai ser atacado por tudo e por nada e que qualquer coisa vai dar azo a que se fale em favores e tal. Parece-me que está a crescer também uma identidade "braguista", sobretudo nos mais novos, o que só pode ser bom. Estas coisas têm de começar por algum lado, não?

Costa disse...

Claro que o sporting é MAIOR que o SC Braga !!

...Perguntem ao Proença.

Grilo Falante disse...

Hoje viu-se que o scp é maior que o braga. Pelo menos essa foi a opinião do árbitro...

Catarina disse...

Continuamos constantemente aziados e picados por um clube que, sendo tão inferior, te devia dizer zero, Kova.
Se calhar o nosso crescimento começa a ver-se por aí, pelas vossas tentativas de se assumirem superiores a nós. Façam-no em campo e deixem-se de choro, não estamos aqui para ser o terceiro grande como já tentei explicar vezes sem conta. O teu problema- e provavelmente o da maioria - é que tomam a atitude de um treinador como o exemplo de toda a massa adepta e associativa quando não param sequer para pensar que esse senhor nem braguita é. Mas continuem a entrar em picardias desnecessárias e continuem a criar ambientes de combate quando deste lado ninguém quer saber de rótulos para nada.

Em relação ao que disseram para cima, em primeiro queria dizer que grande parte dos comentários demonstra uma falta de conhecimento profundo. Comecemos pelas comparações entre Braga e Vitória (e aqui o mister master pode ajudar-me): O Braga tem uma taça de Portugal, futebolisticamente falando, e o vitória tem uma supertaça; Em termos internacionais tendo em conta a final da Liga Europa e as participações na Liga dos Campeões pergunto-me onde é superior o nosso rival; já em termos de associados superamos há uns tempos o número de sócios do mesmo. E perante isto faltam-me as palavras para continuar tal argumentação.

Vaidade; li por aí algures que as gentes de Braga têm vaidade. Não só demonstra, mais uma vez, uma falta de conhecimento profundo como uma incompreensão enorme pelos que estão deste lado. Qual é o adepto que com o crescimento que o seu clube tem não ficaria contente? Qual é o adepto que, sabendo dos diferentes orçamentos entre equipas, não ficaria contente com tais feitos? Qual é o adepto que não se sente orgulhoso pelos feitos - ainda que os outros os considerem pequenos (aos feitos) - quando há meia dúzia de anos os seus objectivos reais seriam lutar pela manutenção?
A vossa revolta não é nem deve ser canalizada para os adeptos, esses não são vaidosos e enganaram-se no termo, são orgulhosos. É como uma mãe que vê um filho a crescer e sente orgulho nas suas façanhas, na sua aprendizagem e crescimento constante. Para um adepto de um clube grande é difícil de entender - eu percebo - nasceram sempre com o clube em grande e a sua "vaidade" é constante. Já os outros não podem reclamar "vaidade", são pequeninos e assim deveriam ser até ao fim da vida. No mínimo estranha esta vossa lógica de pensamento, aqueles que tanto reclamam que os estádios estão vazios mas que quando se apercebem que um clube tem sustentabilidade para crescer é porque já têm "vaidade".
Em suma, Portugal é isto mesmo. Todos nos damos bem com o vizinho desde que ele não tenha uma casa ou um carro melhor do que o meu. Da nossa parte, enquanto adeptos, nunca reclamamos o título de terceiro grande e nem o queremos e a vossa revolta deveria direccionar-se para as pessoas certas, aqueles que insistem em criar guerrilhas entre os clubes porque esse é o seu ganha-pão.

Kova, para ti apenas um conselho de quem não te conhece mas de quem tem a certeza de que não conheces a nossa realidade nem nada que se assemelhe: se és grande como dizes, não tentes ganhar uma guerra com o pequeno. Deverias ser grande intelectualmente para perceber que não precisas que te atribuam publicamente o título de terceiro grande. Se na tua consciência o são, parece-me suficiente.
E quando quiseres realmente saber o que se vivem nestas bancadas, dá cá um saltinho e vais perceber que esse ódio ódio por um clube que não vos liga puto é infundado.

Infante disse...

"Se calhar o nosso crescimento começa a ver-se por aí, pelas vossas tentativas de se assumirem superiores a nós".


É isto. A parte da visita ao museu foi particularmente ridícula. Eu, se fosse adepto do Braga, andava nas nuvens por saber que o Sporting, com toda a sua grandeza, está de facto a fomentar a rivalidade com o clube.

Hugo disse...

Belo comentario Catarina

condor disse...

Oh mm ( deve ser monte de merda )quando é que o Futebol Clube de Porto foi banido da Europa seu merdas?
É como diz o Kova,uma mentira repetida mil vezes...
É preciso ser muito filho da puta!Ainda por cima banido por corrupção em lisbogal!
É com cada azeiteiro!