terça-feira, junho 26, 2012

O caminho espanhol


- Posse de bola insuperável, claro domínio nos remates, defesa quase impenetrável. É o que nos espera no encontro da meia-final. É o retrato da selecção espanhola nas fases finais, desde que iniciou a caminhada vitoriosa no Euro 2008: 28 golos marcados contra 6 sofridos, 287 remates efectuados contra 132 permitidos, em 17 jogos.

- São poucas as excepções a esta realidade: uma única derrota, contra a Suíça, no primeiro jogo para o Mundial 2010; apenas dois jogos com menos posse de bola (ambos durante o Euro 2008); uma única partida em que o adversário conseguiu fazer tantos remates como a Roja, contra o Chile.

- Só há aqui uma boa notícia para nós: o melhor marcador espanhol no período 2008-2010, David Villa, com 9 dos 20 golos marcados nesse período, não está cá e não tem substituto à altura (a má notícia é que marcam todos). Sim, porque com estes tipos raramente há boas notícias.

- Talvez, Ronaldo...

4x1 Rússia 17-10 46%
2x1 Suécia 13-7 63%
2x1 Grécia 17-9 56%
0x0 Itália 22-10 57%
3x0 Rússia 18-6 52%
1x0 Alemanha 12-3 48%
0x1 Suíça 24-8 63%
2x0 Honduras 22-9 56%
2x1 Chile 9-9 59%
1x0 Portugal 19-9 60%
1x0 Paraguai 16-9 60%
1x0 Alemanha 13-5 52%
1x0 Holanda 18-13 57%
1x1 Itália 18-10 60%
4x0 R. Irlanda 26-6 66%
1x0 Croácia 14-5 64%
2x0 França 9-4 55%

master kodro

8 comentários:

miguel_canada disse...

É... a realidade é mesmo essa. A Espanha esta noutro degrau e só com uma exibição soberba, extrema concentração e fé inabalável na vitoria a juntar a meia dúzia de azares deles é que poderemos sonhar em elimina-los mas.... o meu mais forte desejo é que a cair, que caiamos de pé. Não quero Portugal com a mesma atitude triste com que jogou contra a Alemanha. Respeito é uma coisa, medo é outra ...bem diferente e inaceitável a este nível.

Infante disse...

Não estar o Villa não é propriamente uma boa notícia quando qualquer um dos pontas espanhóis que lá estão é 5 vezes melhor que qualquer um dos nossos (e sei que estou a ser injusto com o Nélson Oliveira, que ainda agora começou a carreira, mas é um pouco a reacção natural a estarem a fazer dele o novo Ibrahimovic quando ele praticamente ainda não jogou a um nível minimamente exigente). E quando nos lembramos que deixaram de fora o Soldado...

E acho giro a maneira como o Torres passou de bestial a besta e novamente a bestial. Em 2008/09 era dos PLs mais conceituados no mundo e ninguém dizia que o Villa era "claramente" melhor do que ele. Agora qualquer golo que o gajo marca é visto como um acontecimento extraordinário.

Posto isto, a Espanha é favorita, sem dúvida, mas não acho que a coisa esteja tão desequilibrada como o Miguel diz. É uma meia-final e Portugal vem com um bom balanço de duas óptimas exibições, e com o melhor jogador do torneio a perceber que, se chegarmos à final, vai ficar por cima do Messi durante algum tempo. É uma parvoíce, mas pronto, se o deixa motivado, ainda bem para nós.

E é triste ver que já há pessoal a montar as conspirações ainda o jogo nem começou.

Filipe disse...

Isso não interessa, o que interessa é o árbitro. Foras de jogo mal tirados, puxões na área, cartões mal mostrados ou por mostrar, é isso que a malta quer discutir. Isso e o FDP do Platini que já decidiu quem vai à final.

galvao99 disse...

A estes jogadores (Xavi, iniesta) só houve um capaz de os parar nos últimos 4 anos, e só por três vezes...

Era Português!!!!!

XULES ALLEZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!

galvao99 disse...

Só houve um "TREINADOR"...

Francis disse...

é ir para cima deles sem medos, não há outra hipotese, senão adormecemos a ver o passa para aqui, passa para ali, passa para aqui outra vez...etc etc...

master kodro disse...

Francis, o problema é que isso já foi tentado.

Francis disse...

e então ? jogamos também com 6 no meio campo ? haja coragem para ir para cima deles...não vejo outra maneira. à espera deles é que não...ficamos enjoados com as curvas :)