sexta-feira, junho 29, 2012

Grandes notícias

A primeira medalha nos Europeus de atletismo para Sara Moreira e o fim dos empréstimos entre clubes da mesma divisão. E grandes palavras, de quem conhece o significado da palavra responsabilidade.

master kodro

5 comentários:

G. disse...

Eu tenho duas questões a respeito dos empréstimos:

1. O que irá acontecer aos empréstimos já negociados?

2. O que irá acontecer aos clubes que dependiam - e muito - de jogadores emprestados, quer ao nível competitivo quer ao nível do pagamento se salários?

Por outro lado, se coloco essas perguntas, não posso deixar de sublinhar que: "Todas estas propostas têm ainda de ser ratificadas pela AG da Federação Portuguesa de Futebol."

Posso estar enganado, mas cheira-me a chumbo...

Joao disse...

Grande Sara Moreira!

Já agora, os portugueses também vão esperar o grande Pedro Proença quando vier da Polónia/Ucrânia?

A ideia do fim dos empréstimos parece-me interessante, mas não para este ano.

Porto e Benfica têm demasiados jogadores que não cabem nem na equipa A nem na equipa B. Creio que grande parte dos seus jogadores não vai querer ser emprestado a clubes da 2ªliga (e a ver vamos se aceitam jogar na equipa B).

Vamos ver o que acontece...

Infante disse...

Infelizmente esta ideia da proibição de empréstimos parece ter pouco vapor para o futuro e o João já pôs o dedo na ferida. Há demasiada dependência de empréstimos, seja dos clubes pequenos (devido a salários e a qualidade que normalmente não cosneguiriam), seja dos clubes grandes, que, naturalmente, preferem que os seus "meninos" tenham futebol mais competitivo (mesmo que nunca mais toquem neles depois de fazerem grandes épocas, cf. Castro).

É que já se está mesmo a ver o que vai acontecer com as equipas B: vão terminar a Liga de Honra com 20 pontos de avanço sobre os outros todos e depois vamos ter o 5º classificado Aves e o 6º classificado "Feirence" a subir de divisão e a revolta não se vai fazer esperar: "isto é uma vergonha e uma injustiça, os clubes B deviam poder subir"; "os nossos meninos precisam de futebol mais competitivo, temos de voltar aos empréstimos" e por aí fora.

master kodro disse...

Acredito em tudo o que me estão a dizer. Mas eu, que já não me agrada a ideia dos empréstimos porque prefiro valorizar activos meus, desde que o Vitória ficou impossibilitado de se inscrever (até pagar tudo) porque o Urreta não queria aceitar um plano de pagamento dos salários (logo, pagava-lhe, ou melhor, não lhe pagava os salários que devia), fico com muitas dúvidas sobre as vantagens dos empréstimos. Excepto para quem empresta, claro (e também somos emprestadores).

Infante disse...

Eu também sou contra empréstimos, sem dúvida. Não sei bem se esse caso do Urreta será assim tão comum nos outros clubes, mas pronto.

Em relação ao teu VSC, só digo uma coisa: o que faz ter boa imprensa. Um clube que durante anos esteve a c.a.gar-se para a formação (como tu criticaste e bem) é agora louvado universalmente por estar a fazer um plantel à base da cantera (mais por necessidade do que propriamente por convicção, diga-se).

Ainda há dia li um comentário que dizia qualquer coisa como "maravilhoso Guimarães, devia servir de exemplo para os outros" e por aí fora. Vocês são oficialmente o Gastão do campeonato nacional.