domingo, maio 20, 2012

A final de Proença (e do Chelsea)

Em rápido resumo, foi o Bayern a jogar e a falhar e o Chelsea a levar a Taça nos penalties. Drogba foi decisivo duas vezes: marcando o golo do empate (num dos seus quatro remates, em seis que toda a equipa fez nos 120 minutos) quando quase ninguém esperava por ele; não tremendo, como Schweinsteiger (ou Robben, durante o jogo), na altura do penalty decisivo.

Proença esteve excelente. Chega a ser desesperante a quantidade de análises doentias que se fazem a propósito de árbitros (e clubes adversários, claro). Nos últimos dias, o fenómeno de alienação colectiva teve picos fortíssimos, principalmente desde a nomeação de Pedro Proença para a final da Champions. Proença cumpriu o seu papel de forma extraordinária, como quase sempre, ou não fosse ele um árbitro da elite mundial.

Os adeptos que julgam que os seus clubes devem ser claramente beneficiados em todos os jogos, deviam perceber o que é que quer dizer o seguinte currículo:

- Final Europeu Sub-19, em 2004
- Oitavos-de-Final Taça UEFA, em 2009
- Meia-Final Europeu Sub-21, em 2009
- Oitavos-de-Final Liga Europa, em 2010
- Quartos-de-Final Liga Europa, em 2010
- Meia-Final Champions, em 2011
- Playoffs de Qualificação Euro 2012, em 2011
- Quartos-de-Final da Liga Europa, em 2012
- Oitavos-de-Final da Champions, em 2012

E, finalmente, a final da Champions 2012.

Na Marca dizem "Muy buen partido del colegiado luso, que acertó en las áreas y en los fueras de juego".

No Football Refereeing, um blog em que uma série de fanáticos da arbitragem escolhe observadores do blog para cada partida, escreve-se o seguinte:

Piet: "A superb performance by Proença and his team. Of course some mistakes, but overall he was so right. A confident style, always in control. Well done, Pedro Proença!"

Niclas E: "Proenca's performance was still very good in my opinion"

Pascal: "I also think Proença was very good overall. He certainly was too lenient in terms of bookings, but the rest was really convincing. The important decisions were all correct in my opinion"

Depois temos um polaco que não compreendemos inteiramente, mas lendo bem dá para perceber a mensagem: 

Jax: "słowem congratulaion "DON-PEDRO" były handbalistawypadł wyśmienicie IFFHS powinni uznać go najleprzym REFEREE 2012 roku"

É a vez de Proença dizer "In your face" e não precisa de cabeçadas nem insultos para isso. Só trabalho de enorme qualidade, do melhor que se faz no mundo.

master kodro

21 comentários:

M0 disse...

ok, o tipo é bom árbitro ... mais uma razão para não fazer sempre merda quando arbitra o Sporting !

Riga/V-1-Boy disse...

o penalty é bem marcado, alis a arbitragem acho que esteve ao nivel de uma final da champions.

quanto ao chelsea, umas curiosidades:

tal como na meia final o drogba, faz um penalty, quem o vai marcar falha e nunca mais fez nada no jogo e é ele quem decide.

o abramovich andava obececado com a champions, tentou ganha-la com treinadores como Ranieri, Mourinho, Hiddink, Scolari e Grant. nenhum deles conseguiu e acaba por conseguir por um dupla improvavel formada por Villas Boas e di matteo.lol

Antonio Silva disse...

Mas a equipa de vermelho perdeu, ó MK. Lá está.

Jota Pê disse...

Parafraseando o Boloposte, os homens não são naturalmente maus, a società é que os corrompe. A arbitragem sem falhas dos portugueses na Champions prova que não são por incompetência os erros que protagonizam domesticamente.

PS: Não deixa de ser curioso que ainda há quem atribua alguma responsabilidade a Villas Boas pela vitória do Chelsea na Champions...

Carlos disse...

Curioso que Drogba não se tenha esquecido de Vilas Boas na hora de repartir os louros

IlustreAnonimo disse...

O Chelsea venceu a champions com os 'velhos' renegados, algo impensável à uns meses atrás.

Pedro Proença esteve muito bem, mas usar como argumento um comentário de um anónimo ainda por cima em polaco mostra afinal que (como todos os outros que criticas), o grau de fanatismo e o ridiculo a que alguém pode chegar não ten limites.

cincoAzero disse...

"golo muito mal anulado ao Bayern"
preciosidade retirada de um site lamp num artigo em que se procura associar o Pinto da Costa à vitória do Chelsea na Champions
fantástico !!

cincoAzero disse...

o grau de fanatismo e o ridiculo a que alguém pode chegar não tem limites quando apesar dos elogios vindo de parte desinteressada não vão de encontro à cartilha encarnada

master kodro disse...

Claro, Ilustre Anónimo, eu acho, como tu, que podemos colocar em pé de igualdade o fanatismo e o ridículo de quem acha que foi o Pinto da Costa que escolheu o Proença para a final da Champions e a minha reprodução dos comentários de um site internacional sobre árbitros.

E é com essa opinião que reforças o sentido do post, acredita, embora sejas incapaz de o perceber.

Francis disse...

quando as equipas jogam o jogo pelo jogo a coisa sai fácil. e isso, meus amigos, não acontece em Portugal. tão simples quanto isso.

em Portugal é muito mau árbitro. não só pelos jogadores, como por ele próprio.

Pedro disse...

LOL

Rearviewmirror disse...

A realização televisiva de uma final de uma qualquer competição importante de futebol nunca repete até à exaustão os lances duvidosos, de diversos ângulos como se faz por cá. As razões são claras.

Ontem o Pedro Proença falhou, como sempre. Disciplinarmente esteve com o critério normal, ou seja, um critério que só ele percebeu. 3 entradas feitas aos tornozelos e nenhuma levou amarelo. "Calma" dizia o brilhantina...
Mostrar amarelo ao Torres quando ele lhe chama "filho da puta" foi a cereja em cima do bolo.

Lances muito duvidosos, houveram mais uns poucos: a mão do Cole, o lance do penalty sobre o Torres (a reacção do Boateng no lance, em que com a bola em jogo, pára a olhar para o árbitro, é no mínimo muito suspeita, e o toque existe).

Se houvessem as 10 repetições que existem por cá, isto teria sido uma festa.
Em Portugal daria panos para mangas.
Lá fora é que ele é bom.

G. disse...

Rear, vai aprender a conjugar o verbo "haver".

G. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Riga/V-1-Boy disse...

a uefa nao permite mais do que 2 ou 3 repetiçoes

Mr. Shankly disse...

Esteve bem o Proença, sem dúvida.
Agora compara o lance de mão na bola do Cole com o do Emerson em Braga, e já agora o fora-de-jogo do Ribery com o do Maicon.

Filipe Araújo disse...

Por todas essas razões, é que não se percebe as falhas sempre para o mesmo lado cá no burgo...

Antonio Silva disse...

Qual lado?

Costa disse...

É ir ver o resultado da chamada 'Liga da verdade desportiva' do insuspeito Rui Santos...

Até aí o FCP é mais prejudicado nos penaltis não assinalados vs penaltis mal assinalados para além do mesmo resultado nos benefícios vs prejuízos.

Tá tudo dito, já nem o Rui Santos acredita no que semanalmente diz.

G. disse...

A tal Liga da Verdade diz que Porto deveria ter acabado com os mesmos 75 pontos, mas que o Benfica deveria ter acabado com 66 ao invés de 69, para terminar com um brilhante: "Em caso de dúvida os árbitros beneficiam o Porto." Estou confuso com estas conclusões desconcertantes....

Bicadas disse...

O Proença é bom árbitro. Para mim o melhor português. Agora negar os prejuízos que já causou ao Benfica (em jogos em que acredito que sofra de algum condicionamento), dizendo que os Benfiquistas querem ser sempre beneficiados, oh pá, por favor...

Tenho a certeza que Proença não marcaria o penalty que assinalou a Drogba se o beneficiado fosse o Benfica, tal como tenho a certeza que não expulsaria nenhum jogador de outra equipa da forma como expulsou Emerson.

Já agora, é bom mas também tem erros graves. A entrada do Bosingwa ao tornozelo, no início do jogo, era para amarelo e ponto final.

Cumprimentos