quinta-feira, março 15, 2012

Esforço, dedicação, devoção, glória



5 comentários:

Joao disse...

Grande Sporting, principalmente na primeira parte...

Palmas para Sá Pinto!

Esta época do Sporting dá que pensar...

JL Martins disse...

E não é que Pereirinha se fez homem e interpretou o lema na perfeição?

kovacevic disse...

João

Dá que pensar é o que aconteceu naquele período negro até à saída do Domingos.

Foram só as lesões, o azar, a impreparação, a incompetência?

Filipe disse...

O Domingos tentou meter o Sporting à jogar à Braga (tal como o VB tentou meter o Chelsea a jogar à Porto) quando não tinha jogadores adequados a isso, em particular no meio campo, que perde demasiadas bolas. A teimosia do treinador não muda as características dos jogadores.

O Sá Pinto colocou o meio campo quase como se fosse uma segunda linha defensiva, e usou futebol directo pelos flancos, sem grandes circulações de bola a meio campo. Nos jogos com o MC o Sporting, quer em casa quer fora, teve apenas 1/3 de posse de bola e não foi por isso que deixou de criar um número razoável de oportunidades de golo.

miguel_canada disse...

Este resultado do Sporting frente ao City foi mais uma vergonha!........
......... para o FCPorto.