quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Um Braga brilhante

- Não foi a expulsão que decidiu o jogo, nem lhe alterou a tendência; já antes do primeiro golo, aos 3 minutos, o Braga mostrara o que pretendia da partida e continuou com a mesma toada ofensiva depois do 2x0, depois da expulsão (e então, felizmente, abrandou um pouco) e depois do 3x0. Claro que as ofertas de Nilson ajudaram, claro que a imprudência de Freire ajudou, claro que o habitual erro clamoroso de N'Diaye ajudou, mas a fonte de todos os erros foi a atitude e a consistência dos bracarenses (e nos espíritos dos vitorianos a ilusão de que alguma coisa de relevante mudou, uma impressão alicerçada nos resultados recentes).

- Há gente a descobrir Hugo Viana... É qualquer coisa de extraordinário, principalmente quando o rapaz já vai nos 29 anos, já tem cerca de 30 internacionalizações e já jogou no Sporting, Newcastle e Valência. Seja como for, são mais vozes que se juntam a um coro que não compreende o constante esquecimento deste diamante numa selecção que não tem assim tantas soluções. Vamos ser sinceros: claro que compreendemos. Hugo Viana padece daquele problema chamado não-jogas-no-Benfica-Porto-ou-Sporting-portanto-fode-te.

- Basta olharmos para o não-convocado Ruben Amorim. Antes de ser convocado para a dupla jornada de jogos oficiais de Outubro, passou um mês e meio em que fez 66 minutos divididos por 3 jogos. Depois disto, e antes de ser convocado para a Operação Bósnia, em Novembro, fez 174 minutos (em 540 possíveis), durante um mês. Agora, 257 minutos no mês de Fevereiro, não chegam.

ps - Agora o Braga está a três pontos de Benfica e Porto e a incomodar muita gente que se incomoda com estas proximidades. Ontem foi dia de decisão de tribunal sobre o Boavista. É preciso muito cuidado quando estes invasores se aproximam lá de cima, principalmente quando fazem o mesmo do que os que se julgam donos eternos dos lugares e que fazem t-u-d-o para os manter.

master kodro

13 comentários:

Agente Duplo disse...

Não concordo de todo com o comentário sobre o Hugo Viana. Quando jogava no Sporting, foi apelidado de herdeiro de Rui Costa, e sujeito a um "marketing" desmedido, como um jogador fantástico, quando na verdade, sabia era fazer passes a mudar o flanco, marcar cantos e pouco mais (quantos golos marcou? UM. Um golo). Com esta publicidade agressiva, foi vendido ao Newcastle e teve o sucesso que se viu.

E mesmo no Braga, mostra que não tem a mesma estaleca que jogadores mais evoluídos, exemplificado pela fonal da Liga Europa do ano passado, em que o Domingos foi obrigado a substituí-lo antes que fosse expulso.

Concordo plenamente com a opinião de que existem muitos jogadores bons que não são chamados para a selecção por causa do clube e vice-versa, só não acho que o Viana seja um bom exemplo que demonstre esse desequilibrio.

Grande abraço

Joao disse...

Quando se prefere um gajo como o Micael que é suplente no último classificado da liga espanhola...

Jota Pê disse...

Os vitós fazem 2 jogos brilhantes por ano. Além desses, é enfardar à grande dos outros clubes todos.

É assim...

Francesinha disse...

"FODAM ESSE BICHO! EU JÁ O AVISEI QUE SE ROUBAR VAI TER MAIS UNS DENTES PARTIDOS
PEDRO PROENÇA 917628688"

Escrito em varios blogues do clube de regime!

Já estão com medo?!

Tasqueiro Emigrante disse...

Ao Admin deste blog, uma sugestão de parceria:

http://tascadeplameira.blogspot.com

Cumps :)

SamM disse...

Paulo Bento Forever...

A discrimanção que o seleccionador nacional faz a jogadores como Quim, Viana, Amorim ou memso o Hélder Barbosa é escandalosa desde que assumiu a pasta... Até o Silvio já nem entra para as contas...

N. disse...

Eu gostava que o Paulo Bento tivesse convocado o Quim, o Hugo Viana, o Ruben Amorim, o Hélder Barbosa, o Nuno Gomes, o Custódio e até o NAC, Miguel Lopes e Ukra.

Depois queria ver o que diriam os dirigentes do Braga por não poderem contar com este lote de jogadores para o derby de 2a feira contra o VG. Se calhar só ganhavam por 2-0, mas aposto que caia o carmo e a trindade.

master kodro disse...

Faz muito sentido o que escreveste, N... Os nove... Foi isso mesmo que se escreveu e defendeu.

Se ele não convoca titulares porque é que havia de convocar suplentes do Braga? Suplentes só do Benfica, Porto e Sporting. Esses é que são todos muito bons.

Catarina disse...

teeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeste

Rui Silva disse...

Master Kodro,

És tão vitoriano quanto eu sou do Sacavenense: contra os grandes tenho simpatia.

Àparte a derrota contundente, dar como título a este post "Um Braga Brilhante" não é de vitoriano. Lamento. Pode ser de espectador isento de futebol, mas não é de vitoriano.

Esquecer que aos 4 minutos o nosso grande guarda-redes decidiu que estava num dia mau, e aos 10 Quim fez uma grande defesa a um lance semelhante, de Freire, que mais tarde faria hara-kiri a qualquer hipótese do Vitória voltar ao jogo, não é de vitoriano.

Desde há uns tempos que achava que eras um vitoriano anti-benfiquista.
Mas agora percebi: és um anti-benfiquista com simpatia pelo Vitória, da mesma forma que eu sou um vitoriano com simpatia pelo Sacavenense.

Catarina disse...

MK ninguém compreende que sejas também, lá bem no fundinho, um braguista tão puro como eu, rendido à mestria de um clube bem gerido, com uma sustentabilidade inigualável e com equipas a jogar um futebol de sonho.

Tirando a parte lúdica do meu texto, queria aqui dizer que como adepta do futebol não posso concordar menos com o que disse o Rui Silva. Ninguém, por mais anti e fanático que seja, pode ser cego clubisticamente. De um elogio, mais do que merecido, diga-se, não se podem tirar ilações sobre o carácter das pessoas. Ou melhor, até pode, mas no sentido completamente oposto ao referido. O Master não precisa de provar nada a ninguém, não precisa de se esconder numa máscara apontando defeitos ao lado oposto da barricada para que as pessoas acreditem que é 100% vitoriano. Ele é-o, de facto, e sabendo disso não tem que te provar nada a ti. Nem a ti nem a ninguém, reitero. Aqueles que amam o clube e sentem a camisola não são aqueles que ficam cegos, pelo contrário, são aqueles que admitindo a grande superioridade do rival conseguem, ainda assim, sentir o peso da camisola.
Mentalidades, diriam uns....

LDP disse...

"Suplentes só do Benfica, Porto e Sporting. Esses é que são todos muito bons."

Suplentes del uxo como em 2010 tinhas o Carlos Martins e o Amorim. E este ultimo sò là foi para tapar um buraco. Relembro que o Benfica tinha sido campeao e esses jogadores tinham a moral mais em alta na història das suas carreiras.

Duda, Beto, Daniel Fernandes, Paulo Ferreira e Pedro Mendes...todos muito bons e mereceram perfeitamente a presença no Mundial!

N. disse...

O Rúben Micael e o Ricardo Costa, titulares indiscutíveis do Benfica-Porto-ou-Sporting é que são bons.

MK, tens 100% certeza que o Braga-VG de segunda feira não influenciou de maneira nenhuma a convocatória do Paulo Bento? Estás a dizer que ele pré-convocou 5 jogadores do Braga só por brincadeira?