terça-feira, novembro 15, 2011

Estamos lá outra vez!

Com momentos de sofrimento escusados, mas principalmente com o brilhantismo das estrelas da selecção a aparecer no momento exacto. Continuamos a marcar presença entre os melhores da Europa (e do Mundo), mesmo quando os principais clubes portugueses estão a deixar de fornecer talento à selecção, facilitando, infelizmente por falta de alternativas, a escolha ao seleccionador. Estamos lá e isso é que importa. Depois logo se vê.

master kodro

12 comentários:

Hugo Viseu disse...

Foi bom.
Agora se alguém na Federação conseguisse fazer o Paulo Bento mudar de ideias ou fazer as pazes ou seja lá o que for com o Carvalho, o Bosingwa e até o Liedson, até podiamos passar a fase de grupos...
Quem sabe mesmo sem eles passemos, mas não devemos ir muito mais longe do que isso.
Como o Master Kodro diz e bem, não há muitas escolhas. Se por norma para ir à selecção é preciso estar associado (ter sido formado ou ter jogado) num dos grandes, agora que eles não têm (nem tentam lançar) jogadores portugueses, é complicado termos uma equipa para discutir a vitória em competições internacionais.
Parabéns a todos por nos terem dado uma grande alegria hoje. E numa nota extra-futebol, foi bom ouvir cantar o hino espontaneamente.

Grilo Falante disse...

1 - Muito bem, estamos lá;
2 - PB é muito pequenino;
3 - Alguns jogadores são enormes, outros nem no carcavelinhos...

Filipe disse...

Pensar que se fez um drama por causa disto. O PB fez o que lhe competia, ser eliminado pela Bósnia seria um atestado de incompetência tremendo.

O PB pode eventualmente se pequenino, agora a malta da FPF não deixa dúvidas. O ambiente que criaram era desnecessário dada a diferença de capacidade entre as equipas. O comportamento do público ao assobiar o hino da Bósnia foi indecoroso.

A Bósnia é um país pequeno e pobre (mesmo quando comparado com Portugal). Se no caso deles se percebia o exagero pois a diferença de meios é muito grande, e seria um feito, nós não precisávamos disso.

Rearviewmirror disse...

Mais importante que saber perder, é saber ganhar.
Paulo Bento provou que como homem é zero.

Em relação ao resto, não fizémos mais que a nossa obrigação, com os jogadores que temos. Apesar de Bosingwa, R.Carvalho, Liedson e Tiago serem titularissimos de caras nesta equipa.

Bruno F. disse...

Bom Dia, Gostaria de partilhar o nosso Blog com o vosso.
Falamos de futebol a...duas vozes!
http://futebolbipolar.blogspot.com/

luissm disse...

Não percebo as críticas ao PB... o tipo tem um defeito no relacionamento com os jogadores: trata todos da mesma forma. E isso nem sempre é bom, porque as pessoas não são todas iguais. Daí a dizer que ele é pequenino vai uma distância enorme.

Grilo Falante disse...

Ele é pequenino, porque aproveitou um momento de comemoração de vitória, para apoucar jogadores que já deram algo à selecção. E mais grave ainda da forma que o fez. É uma das poucas vezes que estou de acordo com o retrovisor, como homem o PB vale zero.

luissm disse...

Não ouvi tudo, por isso não posso opinar de forma 100% convicta. Não sei se o PB se esticou, mas acho que era a hora e o sítio certo para esclarecer o assunto Bosingwa. E parece-me que foi só isso que foi feito.

Enquanto o PB não dissesse com as letras todas que o JB não ía ao Euro por ter simulado uma lesão ninguém se calaria com a sua ausência.

Jorge disse...

O PB nao esclareceu, simplesmente acusou o Bosingwa de ter simulado uma lesao e acrescentou um "os jogadores sabem do que eu estou a falar" "a la Octavio" que nao esclarece absolutamente nada.
Se foi esta a razao para o afastamento poderia ter feito o "esclarecimento" ha meses mas ontem deveria ter evitado falar deste tipo de assunto.

Filipe disse...

Só que é o mesmo problema que no caso do Alan vs Javi. Ele não tem provas, e o jogador pode muito provavelmente arranjar um qualquer atestado do clube. Por muita razão que se tenha não se pode avançar com este tipo de acusações sem provas. O Bosingwa num tribunal arrumava facilmente com o PB.

Aliás levantou um problema muito mais grave. A FPF não tem neste momento outra opção senão levantar um processo ao Bosingwa.

Hugo disse...

Coisa tipicamente portuguesa. Depois de uma grande noite fala-se de um jogador que simula lesoes e se julga superior aos outros.

Filipe disse...

Hugo, o mais tipicamente português é ter sido o gajo que ganhou a falar disso. O PB é um gajo rancoroso. É a imagem de marca dele.

Quanto ao jogo, Portugal teve um bocado de sorte na primeira parte. Golos daqueles, em particular o do Nani, não se marcam todos os dias. Tudo correu bem, fez-me lembrar o jogo dos 7-1 à Rússia.