segunda-feira, outubro 10, 2011

Desculpe?

Estou a tentar perceber esta notícia que dá conta de que Pepe e Coentrão estão a treinar sem limitações no Real Madrid. Deve ser engano.

master kodro

12 comentários:

Joao disse...

Danny também parece que preferiu tirar uns dias de férias para tirar um qualquer quisto sebáceo...

Espero que o seleccionador se Portugal estiver no Europeu se lembre da atitude destes gajos!

Constantino disse...

Caro kodro,

Digo sempre, que se for para implicar com o clube de portugal ou com os seus jogadores, contem comigo, mas neste caso... não vejo drama. Pelo que li, voltaram aos treinos hoje... a selecção joga amanhã. Caso tivessem vindo, treinavam 1 dia e jogavam logo a seguir? Aliás, não foi esse o drama do carvalho, o pepe passar uma semana no ginasio e ser titular? Já no que toca ao Danny e contando que realmente nao veio por causa do quisto, a minha questão é a seguinte: o tipo mais tarde ou mais cedo tinha que ser operado (se todos nós somos, porque caralho um jogador não é?). Quem lhe paga o ordenado milionario é o clube, que por acaso pagou um balurdio do catano por ele. Portanto, será assim tão estranho que o clube prefira opera-lo aquando de uma paragem de campeonato e te-lo disponivel para o jogo seguinte em vez de o deixar ir à selecção (que nem é a do pais do clube) para depois o operar e ficar 2 semanas sem ele? Talvez não levantasse tanta celeuma se ele não tivesse festejado o golo que marcou ao fcp da forma que fez, que diga-se, não é nada de original nem ofensivo (alguem se lembra de alguem levantar cabelo pelos festejos do finidi que eram sempre a mijar na bandeirola?).

Abraço.

Nuno disse...

Caro MK,

Desta vez não ha nenhuma razão para tanta admiração,como disse o Constantino e bem,eles começaram a treinar hoje e o jogo da selecção é amanhã.´
Vamos ter calma,não vamos fazer disto um bicho de sete cabeças.


Saudações

Mr. Shankly disse...

são muitos casos seguidos: Danny, Carvalho, Pepe, Coentrão e Bosingwa. No caso do Bosingwa é nem se tem levantado a lebre, mas PB prefere o Sílvio lesionado ao titular do Chelsea.
Gosto do PB e obviamente tem feito um bom trabalho. O problema com ele é que não podes pensar em tê-lo a longo prazo: tem problemas com metade do mundo. Foi assim no Sporting, parece ser assim agora.

master kodro disse...

Essa é exactamente a minha opinião, Shankly, de uma ponta à outra. E era expectável que assim fosse. Digamos que é um caso de continuidade em relação ao último seleccionador, na questão dos relacionamentos.

Constantino e Nuno, estão a treinar sem limitações hoje. As lesões não deviam ser nada de especial, presume-se. Há muita gente que vai para a selecção com lesões ligeiras e logo se vê. Principalmente quando está em jogo uma jornada dupla e um bocadinho decisiva. Eu não quero fazer nenhum bicho de sete cabeças, mas se por acaso perdermos com a Dinamarca e a Suécia ganhar à Holanda e tudo se conjugar, nos golos, para irmos para um play-off, já quero. Afinal de contas, eles, hoje de manhã, estão prontos e o jogo decisivo é amanhã à noite.

Leão Justiceiro disse...

No caso do Danny e antes que se escrevam mais alarvidades, convéwm referir que quando se descobriu o quisto havia uma suspeita fundamentada de que pudesse ser um tumor. Só se confirmou que era um quisto depois de ter sido retirado e enviado para cultura.

Assim, acho que quem diz que Danny resolveu tirar férias para remover um qualquer quisto sebáceo quase que merecia ter de passar pela mesma situação, para ver se gosta.

master kodro disse...

Leão Justiceiro, mas essa questão enquadra-se numa impossibilidade de presença por questões médicas. Porque é que apareceu como questão pessoal? Qual é a necessidade de andarem a comunicar mal?

Constantino disse...

Caro MK,

Isso de comunicar mal é um cancro que grassa no futebol portugues (quiçá mundial), nem é só a fpf, apesar de eles a levarem a um extremo nunca antes atingido. Dizer que o futbeol sofre por estar dominado por caciques velhos sem apetencia para o neo-mediatismo da industria é um cluché do caralho, mas... é bem capaz de ser uma verdade do camandro.

Já agora, é verdade que muitas vezes são convocados jogadores à condição e depois vê-se o que dá. Aliás isto aocntece tantas vezes, especialmente com as vedetas, que eu nunca perdi tempo a criticar isso. De qualquer forma, atenção que o meu comentario anterior não belisca em nada o que dizes: cada vez mais os jogadores estão absolutamente descomprometidos com a selecção. Parece que estamos a voltar aos hábitos daquela decade de 86 a 96 em que a selecção era um frete. na verdade, para mim enquanto adepto... a selecção já é um frete ao qual já não me sujeito. Vejo, comento mas não sinto.

Abraço.

Leão Justiceiro disse...

MK:

Porque para ser considerada uma justificação médica, o jogador teria de se deslocar a Portugal para ser observado por especialistas portugueses, que teriam de confirmar o diagnóstico.

Como é bom de ver, quando um gajo está na Rússia, descobre um caroço e lhe dizem que tem de ser operado amanhã, a última coisa em que ele quer pensar é nos médicos da FPF que trabalham como no século passado.

Estou certo que, na altura em que o jogador alegou motivos pessoais, até lhe passava pela cabeça se algum dia voltaria a jogar na selecção (ou noutro sítio qualquer já agora).

Jorge disse...

Apesar de alguns dos casos poderem ser explicados por alguns dos argumentos apresentados e verdade que ha um problema.
A falta de interesse em representar a seleccao talvez tenha a ver com a forma algum amadora ou arcaica como esta e gerida.
A seleccao e a seleccao da FPF e nao basta pespegar no equipamento as bandeiras da bandeira nacional e esperar que os jogadores queiram dar a vida pela camisola. Acho que gritar traicao e falta de patriotismo e exagerado. Podera haver amor a camisola mas o destino do pais nao depende do sucesso da seleccao. Se o governo portugues organizasse uma seleccao de "gajos que fazem o que eu faco" para ir "competir" contra seleccoes de "gajos que fazem o que eu faco" de outros paises eu so iria se achasse alguma piada ao assunto.
Com a seleccao de futebol nao e bem a mesma coisa mas tambem nao e totalmente diferente.
O que eu sempre vi na seleccao fora de campo desde que comecei a ver futebol, foi muita incompetencia de grande parte das pessoas envolvidas, e a diferenca em relacao ao que os jogadores veem nos seus clubes e cada vez maior.

Pedro Reis disse...

Sobre os "casos" só uma nota em relação ao Danny: é o próprio presidente da Federação que "ajuda à festa" quando diz que se pode questionar o momento da intervenção cirúrgica...
Se de facto havia uma suspeição de tumor é normal que ele fosse operado de imediato, ou seja a afirmação do Madaíl não fazia sentido. Enfim...

Filipe disse...

O Madaíl já está a tentar arranjar desculpas caso o Rolando dê mais umas barracas e fiquemos fora.