domingo, setembro 11, 2011

Luís Miguel 2 x 3 Sporting

Parece que o Sporting ganha por acaso em Paços de Ferreira, mas não há nada de casual na qualidade que permite três golos e a reviravolta. Aliás, os 75 minutos iniciais são também de total domínio leonino, com a diferença de que a defesa se mostrou incompetente e o ataque inconsequente. Um tanto à semelhança do que sucedeu diante do Olhanense, na segunda parte em Aveiro e na primeira parte frente ao Marítimo. Os maus resultados e os maus momentos em campo criaram já uma enorme pressão, mas há em Alvalade talento de sobra para montar uma equipa decente. Domingos precisa de se acalmar, rapidamente. E confiar no que está a construir. E os adeptos precisam de olhar para Rinaudo. Quem tem Rinaudo tem meia equipa.

kovacevic

5 comentários:

MM disse...

Subscrevo, por inteiro.
Rinaudo, Elias, Matias / Izmailov, os "3". Rinaudo e um excelente jogador, sozinho consegue manter o elan de uma equipa. E isso viu-se ontem. 2 ou 3 situacoes na 1'a parte muito seguidas em que recuperacoes do Argentino permitiram ao Sporting manter-se adiantado no terreno.
Pena foi ter estado desacertado no passe, ontem. 3 ou 4 vezes que tentou virar o jogo e perdemos a bola. Nao e costume nele. Costuma acertar, e metendo a bola a distancias bem maiores.
Rinaudo - jogador "a antiga". Muito bom.

Kovacevic, que achas do Schaars?
E do Capel? Confesso que o Capel preocupa-me. Nao vejo nele o jogador que muitos apontam. Mas pode ser preconceio: nao gosto de jogadores que recebem a bola e olham imediatamente para o chao comecando a cavalgar metros. Ele faz isso, muito.
Rinaudo, Elias, Izmailov, Jeffren e Carrillo. O problema e Izmailov, nao sei se reparaste mas depois de marcar o golo coxeou. Enfim, desperdicio de talento. Matias a mesma coisa, quando sobre este nem ha sequer garantias que possa ter um papel importante no Sporting.
Rinaudo, Elias, Izmailov a 100%, Jeffren, Carrillo. Ou Rinaudo, Elias, Matias, Jeffren e Pereirinha. Com Beto Acosta na frente, estes miolos seriam bi-campeoes Europeus.

Ja agora, que opiniao tens do Americano? Fico confuso quando leio sobre ele. Sao tao distantes umas das outras que entra-se em duvida.

Filipe disse...

O início de segunda parte do Paços mostrou que o ascendente do Sporting era sobretudo consentido. O Paços quando quis pegar no jogo a meio campo no início da segunda parte não teve grande dificuldade. Foi pena o disparate do jogador que levou o segundo amarelo.

Eu fiquei tranquilo com este jogo, o Sporting vale muito pouco. Não os vejo nos três primeiros.

KYLE disse...

mas tanta gente a nao ver o capel a produzir mais ...e esquecem se q o tipo ainda nao se encontra em forma,,nem ele nem o jeffren nem o izma nem o matias..nem o onyewu, ainda estou esperançoso q daqui a um mes ja estejam todos ou quase todos em grande

kovacevic disse...

MM

Do Matias não espero nada. Nada. Acho que não é jogador para a Europa nem para o Sporting. Melhor: na Europa vejo-o a jogar num clube de segundo plano em que ele possa andar livre junto do avançado, em contra-ataque, tipo 442 de estilo italiano.

Capel: raramente recebe a bola em corrida, raramente é solicitado nas costas da defesa adversária, quase sempre recebe a bola parado, de frente para o defesa. Em parte é culpa dele, em parte é culpa dos colegas que não estão a saber aproveitar as características do Capel, em parte é culpa do campeonato português, em que o Sporting joga em 50 metros contra 11 atrás da linha da bola.

Schaars: acho-o um excelente jogador, mas parece-me que estava habituado a jogar com menos intensidade e com mais espaço e tempo para pensar e executar. Espero que o Sporting não o desaproveite.

Onyewu: se fosse craque, com aquela estatura, não estava em Alvalade. Mas isso não quer dizer que não possa ser útil. Vamos ver.

MM disse...

Obrigado pelas respostas Kovacevic.