sábado, setembro 10, 2011

Hulk, o egoísta

A partir do minuto 2.00, em cerca de 20 minutos em campo.



master kodro

2 comentários:

Joao disse...

na segunda parte vimos ali muito bom futebol...

Invicta disse...

Bastou ao Porto acelerar um pouco o ritmo de jogo na segunda parte para desmorenar a defesa do Vitória e obviamente a entrada do Moutinho também foi fundamental, que grande jogador.

O Hulk esteve um mãos largas.