domingo, setembro 12, 2010

Porto 3 x 2 Braga

Um grande jogo. Estádio cheio (com cerca de três mil adeptos do Braga na bancada), muitos golos (todos eles bonitos), alternância no marcador, arbitragem sem casos e um vencedor justo no final.

A primeira parte foi mais lenta, com as duas equipas a arriscarem pouco, na fase inicial. Marcou primeiro o Braga, de livre directo cobrado exemplarmente por Luís Aguiar (embora me pareça que Helton, sem a segurança de outros jogos, não fez tudo o que podia para evitar o golo). O Porto respondeu, por intermédio de Hulk (mais uma vez o melhor em campo), primeiro com um remate colocado que a barra não quis que fosse feliz, depois com uma bela jogada na direita e um cruzamento perfeito para a cabeça de Varela. Estava feito o empate. Resultado justo, ao intervalo.

Na segunda parte, a equipa portista abriu o jogo e foi à procura da vitória, mas foram os bracarenses a recolocar-se em vantagem, com uma bomba de Lima que surpreendeu toda a gente. O Dragão gelou. E eu, confesso, tremi. Mas este Porto não se deixa intimidar por adversidades nem contratempos, e a resposta veio imediata por via do pé demolidor do Incrível (quem mais?), após assistência improvável de Álvaro Pereira (tão improvável, que confundiu os comentadores da TVI). O domínio portista acentuou-se, e Varela aproveitou o esforço de Falcao (que, mesmo "morto", foi importante na manobra ofensiva da equipa) para fuzilar Felipe e o jogo, conferindo-lhe o resultado mais ajustado. O Braga ainda tentou, mas Villas-Boas fechou a porta, e, desta feita, a defesa portista não comprometeu.

Quarta vitória em quatro jogos do Porto, que assim reforça a liderança e aumenta a vantagem pontual sobre toda a concorrência. E na próxima semana há um Benfica-Sporting (e um Nacional-Porto).

littbarski

34 comentários:

jamsilva disse...

que grande jogo de bola!!

low desert puke disse...

Um jogo sem casos é um jogo onde o Bellushi comete penalty e o àrbitro nao marca ou a tua televisao estava algo desfocada?

Catarina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Catarina disse...

Frustração é a palavra que melhor descreve aquilo que senti ontem. Saí do estádio com a clara ideia de que poderiamos ter feito mais e que a vitória do Porto não era inteiramente justa. E julgo não me ter enganado. Quando vi o buraco na defesa, a passividade dos meus meninos enquanto o passe era feito para Varela no terceiro golo e o escorregão do Elderson no segundo, fiquei ainda mais frustrada. Falta-nos algo, falta aquela estrelinha de campeão, a pura das sortes.
Saí do dragão rouca, triste, frustrada, mas de cabeça erguida. Aqui há uns anos iamos ao porto com a ideia de que não podiamos sofrer muitos golos, hoje em dia olhamos o adversário nos olhos e não nos deixamos intimidar. Como tem crescido, o meu Braga. Orgulho a todos os níveis e se vitórias morais existem, ontem ganhei com toda a certeza. Poderiamos ter saído com outro resultado, não tenho dúvidas disso.

miguel_canada disse...

Catarina, totalmente de acordo na parte em que referes que o Braga de hoje está a séculos luz do Braga de há 10 anos atrás.
O Braga de hoje é um clube admirável, que pratica um futebol fantástico com jogadores baratos mas que deixam a pele em campo e a continuar por este caminho, vai partilhar com o FCPorto o céu da liga Portuguesa.
Todo o meu respeito e admiração para o trabalho fantástico desenvolvido por António Salvador e pelo seu staff, desde Domingos até ao tratador da relva.

Em relação ao jogo, não posso concordar que o empate fosse o resultado mais justo de tão injusto que foi o segundo golo do Braga, marcado numa altura em que o Porto dominava o jogo e que o Braga se limitava a defender a avalanche Portista.
Mérito brutal para o Lima(que grande avançado!)
Confesso que me passei com este golo do Lima porque ainda tenho fresco na memória o Porto de Jesualdo...esqueci-me por um minuto, de que quem lá está agora é o André Villas Boas e o que o Porto faz a seguir ao 2-1 é digno de equipas exclusivamente de topo.
Em vez do desespero, das bolas bombeadas para a grande área, o Porto cerra os dentes e grita que vai ganhar o jogo doa a quem doer e parte para 10 ou 15 minutos de jogo que não deixa o Braga sequer respirar.
Faz o 2-2 volvidos apenas 2 minutos e dá a machada final num adversário que lutou enquanto lhe foi possível.

Catarina, este Porto está de alma renovada, voltou ao nível que tinha desaparecido quando da saída de Mourinho e vai ser muito difícil a seja que for, parar esta equipa com esta alma e com este crer.

No entanto, muitos parabéns ao Braga pelo espectáculo maravilhoso que ajudou a proporcionar aos milhões de adeptos do futebol espalhados pelo mundo inteiro.

littbarski disse...

"Um jogo sem casos é um jogo onde o Bellushi comete penalty e o àrbitro nao marca ou a tua televisao estava algo desfocada?"

Não, low desert puke. Um jogo sem casos é aquele em que lances como os de Elderson (31'), Rodriguez (51'), Vandinho (59') e Belluschi (90') não são transformados em falta. Uma televisão desfocada é aquela que de 4 lances permite ver apenas 1.

miguel_canada disse...

low desert puke:
A visão dos benfiquistas relativamente aos penaltis ficou definitivamente distorcida com a vinda de jogadores como DiMaria, Aimar e Saviola.
Vocês hoje em dia são incapazes de definir o que é penalti e o que não é penalti.
Para vocês, a lei do penalti tornou-se demasiadamente conveniente e apresentada em quatro alíneas simples:

1. A favor do Benfica: É penalti.
2. Contra o Benfica: Não é penalti.
3. A favor do Porto: Não é penalti.
4. Contra o Porto: É penalti.

Rearviewmirror disse...

Cá está: ao 6º comentário, de um "post" sobre a vitória (limpa) do FCP, lá aparece a palavra Benfica, dita por um portista.

Bravo.

Dragaopentacampeao disse...

Foi sem dúvida um jogo muito emotivo e intenso, onde não faltou o entusiasmo civilizado dos apoiantes de ambas as equipas, com os bracarenses a deslocarem ao Dragão cerca de 3.000 adeptos, que ajudaram a colorir o ambiente frenético, digno das noites futebolísticas do mais alto nível.

O jogo começou muito táctico pelos receios evidentes de ambas as turmas.

Depois que o resultado começou a funcionar, de bola parada, pois então, o futebol, principalmente o dos Dragões, começou a desbloquear e o jogo tornou-se intenso e emocionante, com belos golos, belas jogadas, e um intérprete espectacular, o incrível Hulk. Jogou, correu, rematou, assistiu para golo,marcou e entusiasmou a plateia, até à exaustão. Que mais pedir.

Está de parabéns também André Villas-Boas, que passou incólume esta prova de fogo, sem se deixar deslumbrar, conforme demonstram as suas sensatas palavras na conferência de imprensa.

Um abraço

Força Azul e Branca disse...

http://ovimaranes.blogspot.com/

Hugo disse...

Foi acima de tudo um grande jogo. Quanto aos que querem inventar casos,vou recorrer ao tipo de discurso que utilizavam na época passada.
"kompensan"
"azia"
"inchem"

miguel_canada disse...

Retrovisor, tu que até frequentas o boronha...
Quantas referencias ao FCPorto leste no post da derrota do benfica em Guimarães?
Não me lixes...

Rearviewmirror disse...

Pareces pior que as crianças
"Eles fizeram, eu também faço!"

Fica na tua.

Escárnio disse...

Para bom entendedor meia palavra basta, o comentário deslocado, ilógico e incoerente, veio de um benfiquista, logo, natural que se fale do benfica.

Mais, o low desert puke, faz juz ao seu nome pois tudo o que escreve parece um vómito.

Rearviewmirror disse...

Fodasse escárnio, não voltes á escola não.

As virgulas que o Saramago não punha já sei para onde foram.

Escárnio disse...

Rearview, duvido, muito mesmo, que tenhas moral para me corrigires a gramática ou questionares a minha formação académica. Ainda para mais começando o teu comentário com um erro ortográfico. Neste curto comentário, conseguiste cometer três erros. Parabéns, eu não conseguiria melhor.

low desert puke disse...

Quase que diria que és do sporting, ó escárnio. Acertei?

É que malta dessa quando não tem mais argumentos futebolisticos para responder baseia-se em regras gramaticais, erros de sintaxe ou simplesmente duvida da heterosexualidade dos benfiquistas só para não ter que estar calado.

Poucas coisas consegues melhor, de facto.

miguel_canada disse...

Exacto, tipo outra malta que quando não tem argumentos futebolísticos baseia-se na cantilena dos árbitros e da corrupção. LOL!

Rearviewmirror disse...

escárnio...

Estás-me a dizer que a palavra "fodasse" está mal escrita?
Mas "fodasse" não é calão?
Deves ter um dicionário especial. Assim como tu.

Vai lá tratar das virgulas...

condor disse...

Catarina,o teu actual braga não tem nada a ver com o Braga de há dez anos!Verdade insofismável!
Se calhar é pelo facto das Catarinas e Catarinos de Braga despirem na sua maioria a camisola de outros clubes!
Uma coisa é certa,em relação ao Braga da época passada melhorou muito,pelo menos nos jogos no Dragão!
Espelho roto,porque não tomas umas pastilhas desses a quem fazes publicidade?

low desert puke disse...

miguel_canada

quando até o tribunal d'O Jogo diz que o àrbitro prejudicou o Benfica em guimaraes, ou o porto ter perdido seis pontos num campeonato e o pinto da costa ter sido suspenso 2 anos por corrupçao comprovada em tribunal, ou ouvimos o teu presidente dar indicaçoes sobre a rua da sua casa a um capanga com um àrbitro no carro, parece-me legitimo basear uma cantilena em àrbitros e corrupçao.

"LOL"

miguel_canada disse...

Low, aceito que apresentes os teus argumentos. O que não aceito é que mintas!

"...e o pinto da costa ter sido suspenso 2 anos por corrupção comprovada em tribunal..."

Deves saber concerteza que todos os tribunais absolveram Pinto da Costa e o FCPorto das acusações que lhe foram feitas pelo cd da liga na pessoa do Ricardinho dos favores convenientes aos tuneladores do sistema.

A perca de 6 pontos e a suspensão por dois anos foram decretadas pelo vosso fiel servente Ricardo Costa que se baseou para fundamentar a sua tese exclusivamente nas mentiras escritas pela Leonor Pinhão e assinadas pela Carolina Salgado.

Este facto, confesso, sempre me causou muita estranheza. Como é que o Porto perde 6 pontos e o seu presidente é suspenso por dois anos devido a factos desmentidos pelos colectivos de juízes nos tribunais civis e nunca os pontos foram devolvidos e nunca Ricardo Costa foi punido por aplicação de penas baseadas em provas que se desmancharam como castelos de cartas em tribunal mas, de justiça não percebo patavina.

Offshore disse...

e bastou um segundo comentário de um benfiquista com tv desfocada para que se deixasse de falar de futebol

abstraindo-nos do mundo lamp, é evidente que houve um jogo monumental no Dragão.
Ambiente fantástico, enorme presença de adeptos do Braga, 5 golos fabulosos, etc
AVB ressuscitou a alma do Dragão
Domingos mostra ser um grande treinador também no campo 'psicológico' e terá lugar num grande em breve.

Hulk é um jogador incrível, não duvido que custe muito a Ricardo Costa ver cada arrancada de Hulk.
É o preço a pagar por quem se prestou a fazer serviço tão ignóbil.

Grande jogo de futebol.

Bruno Pinto disse...

Estou a ver e a adorar a azia com que andam os benfiquistas. Ganharam um campeonatozito onde até jogaram alguma coisa, mas com constantes favores arbitrais, pensando que a 'equipa-maravilha' ía arrancar para uma época de glória... Até a Champions íam ganhar!!! Ah valentes...

Os benfiquistas são tão patéticos. Gostei particularmente do maravilhoso momento de humor que foi ouvir o LFV a falar. Épico! Quase tão bom como o ridículo Rearviewmirror (quem?!?) a tentar corrigir alguém gramaticalmente e a dar 3 erros ortográficos em duas curtas frases.

É benfiquista e basta. Ignorante mas sem consciência disso.

Mr. Shankly disse...

"arbitragem sem casos "


"Não, low desert puke. Um jogo sem casos é aquele em que lances como os de Elderson (31'), Rodriguez (51'), Vandinho (59') e Belluschi (90') não são transformados em falta. Uma televisão desfocada é aquela que de 4 lances permite ver apenas 1.

Em que ficamos?
"

littbarski disse...

Ficamos com um jogo em que os lances referidos não foram transformados em penalty. Portanto, sem casos. Se olharmos para os 4 lances, em vez de olharmos só para 1, percebemos que o árbitro teve o mesmo critério, ao longo do jogo. Se era para marcar penalty por dá cá aquela palha e, com isso, estragar o jogo, então ele tinha sido estragado bem antes do minuto 90.

Mr. Shankly disse...

Eu explico a minha estranheza: liguei a televisão para ver os últimos 5 minutos do jogo e vi o lance do Belluschi. Para mim, é falta. Daí ter perguntado se houve outros 3 iguais. Porque se houve, não foi uma arbitragem sem casos.

littbarski disse...

Shankly, já sabes como estas coisas são: cada cabeça sua sentença. No Tribunal de O Jogo, o Jorge Coroado acha que o lance do Belluschi foi penalty, enquanto que o Pedro Henriques e o Paulo Paraty acham que a arbitragem foi excelente e sem casos. Até aqui tudo bem. Eu só não percebo é como alguém considera que o Belluschi cometeu falta, mas acha que no lance entre o Rodriguez e o Falcao não houve qualquer infracção. Ou se punem estes pequenos contactos todos, ou não se pune nenhum. Por uma questão de coerência. O árbitro, quanto a mim bem, decidiu não punir nenhum. Aliás, que eu tenha ouvido ou lido, ninguém do Braga se queixou da arbitragem.

Mr. Shankly disse...

Para mim o lance do Belluschi não foi um pequeno contacto. Foi penalty mesmo. Se me dizes que há um igual entre o Rodriguez e o Falcao, então ficaram (na minha opinião) dois penalties por marcar. Daí a estranheza de uma arbitragem sem casos. O que é que o Pedro Henriques e o Paraty dizem deste do Roriguez?

Visão Desportiva disse...

Boa tarde,

Inscrevam-se no passatempo Treinador de Bancada - I Edição, aqui:

http://visaodemercado.blogspot.com/2010/09/passatempo-treinador-de-bancada-i.html

Obrigado e boa sorte!

Hattori Hanzo disse...

Ficamos agora a saber se o árbitro não apita então não há casos... O lance do Beluschi para mim também é falta (embora só deia para ver na repetição..ao vivo parece mais o avançado do Braga a se atirar para o chão e tentar ganhá-la. Se houve mais três lances iguais, então houve 4 casos onde o árbitro erro. Continuam a ser casos, ele apitou mas foi sempre em conformidade com a 1ª vez (o que não quer dizer que tenham sido mal apitados.

low desert puke disse...

(é sò para dizer que a fantasy europa league jà està activa, over and out)

littbarski disse...

Shankly, tens aqui o link para o Tribunal de O Jogo. Quanto ao resto não há nada a fazer: tu tens uma opinião, eu tenho outra.

Hattori Hanzo, aquilo que eu disse foi que os lances referidos não foram transformados em falta. E não foram transformados em falta porque, na minha opinião, não houve qualquer infracção em nenhum deles. Se tivesse existido alguma falta em algum desses lances e o árbitro a tivesse marcado, não estaria a transformar nada, mas apenas a assinalar algo que existiu, de facto. O jogo não teve casos de arbitragem porque não houve erros graves de arbitragem (daqueles que podem influenciar o resultado). Não concordas? Junta-te ao Shankly. Estás no teu pleno direito. Mas não digas que eu disse aquilo que eu não disse.

Eu acho curioso que o Domingos falou depois do jogo e elogiou o espectáculo, queixou-se da falta de sorte. O Lima falou depois do jogo e elogiou o espectáculo, queixou-se de um erro da equipa dele e da falta de sorte. O Luís Aguiar falou depois do jogo e elogiou o jogo do Braga, disse que a equipa estava tranquila e que a Liga estava em aberto. O Vandinho falou depois do jogo e elogiou o espectáculo, lamentando o resultado. A adepta do Braga que aqui comentou elogiou a atitude e o crescimento da equipa, lamentou a passividade da defesa, queixou-se da falta de sorte. Ninguém se queixou da arbitragem. Queixam-se os benfiquistas.

jose garcia disse...

aposto que se em vez do FCP fosse o SLB, e o jogo se tivesse passado exactamente da mesma forma, a conversa dos jogadores do Braga seria completamente diferente...