segunda-feira, junho 21, 2010

Jogaços à portuguesa e à chilena

Portugal 7 x 0 Coreia do Norte Não vale a pena escrever grande coisa sobre o jogo, até porque os sete golos escreveram história por eles mesmos. Quero apenas destacar a exibição de Tiago, cuja inclusão no onze valeu este texto da autoria (partilhada) de José Carlos Freitas, o antigo fiel escudeiro, que inclui excertos como "é claramente um meio-campo mais preso de movimentos" ou a "entrada de Tiago para o meio-campo, que passa a ser formado por dois homens de maior contenção". Já o título deve ter sido feito por alguém que não escreveu o texto. Nada de anormal. História, três pontos de avanço e nove de avanço na diferença de golos. Deve chegar para adiar o "Adeus Mundial" que já fez capa de jornal por mais uns dias.

Chile 1 x 0 Suíça Mais uma excelente exibição dos chilenos, coroada com mais uma vitória apenas por 1x0, que fica muito aquém da superioridade apresentada sobre o adversário e do número de oportunidades criadas. Só lhes falta mesmo isso, alguém que transforme emgolos o enorme caudal ofensivo - Suazo voltou, mas não foi convincente. Talvez seja a única selecção que, até ao momento, apresentou duas exibições de grande valia, mesmo que os adversários não estejam entre os melhores (dos 32 melhores) do mundo. O Chile x Espanha da terceira jornada promete vir a ser um grande espectáculo (e um enorme perigo para os espanhóis). Alguém transmitia a ideia, na caixa de comentários do post anterior, que quer Portugal, quer Brasil, poderiam estar com vontade de perder para não calhar com os espanhóis. Eu digo que também não quero calhar com estes. Venha a Suíça, se não for pedir muito...

master kodro

11 comentários:

Jorge disse...

Se bem que o Chile esteja a jogar bem, o que nao me surpreende ja que o treinador pode ser loco mas e muito competente, a expulsao do Behrani ajudou muito.

Infante disse...

Em relação ao Tiago, podes bater também no teu colega Kovacevic, que escreveu isto depois do jogo com a Costa do Marfim:

"Tiago: pergunto-me como é que continua a ser chamado."


:)

kovacevic disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kovacevic disse...

a diferença, caro infante, é que eu rapidamente reconheço que o Tiago hoje jogou muito bem.

e há outra diferença: a minha avaliação - naturalmente subjectiva - do contributo do Tiago na selecção nacional baseia-se exclusivamente nas suas exibições

já outros repetem mitos como papagaios e baseiam opiniões em realidades fabricadas

Zé Luís disse...

MK, obrigado pelo link desta vez. Não é preciso ler o texto e chegar aos excertos aqui mencionados, basta atentar no "miolo de contenção" anunciado logo a seguir ao título.

Como se alguma vez na vida o Tiago tivesse sido um jogador de contenção.

master kodro disse...

Infante, eu não tenho que bater ou deixar de bater em quem tem uma opinião diferente da minha e a sustenta. Não é isso que essa parte do post põe em causa. É o intuito de quem (um jornalista) escreveu aquilo. Se não tivéssemos ganho, podes ter a certeza que alguém estava aqui a falar de termos jogado à defesa. Eu até já aqui li, numa caixa de comentários, há pouco tempo, que fomos com 9 defesas e 5 avançados para o Mundial depois do 0x0. E se alguém se lesiona no ataque, como era? Alguém que se esqueceu que o Pepe está lá para jogar como trinco (se chegar a jogar), que o Duda é e sempre foi um extremo esquerdo (ainda hoje lá jogou), que o Coentrão só deixou de o ser este ano, portanto é gajo para não se ter esquecido de como é... Ontem era o Tiago que era médio de contenção. Estas coisas todas juntas, repetidas, criam mitos e alimentam-nos. Às vezes resulta, outras não.

Infante disse...

Claro que tens razão, MK.

Foi só uma brincadeira um pouco parva, admito, mas a pegar com a vossa apetência em resgatar comentários dos vossos leitores e depois espetá-los aqui, com ar trocista, quando as coisas vão ao contrário do que eles previam/afirmavam. :)

(acontece, eu também já me enganei em milhões de coisas).

Aliás, no caso do Tiago, acho que muita da animosidade que havia em relação a ele, era de benfiquistas que acham que quando um jogador sai do seu clube, (especialmente quando sai em conflito), passa logo a ser um jogador horrível, que está acabado, sem qualidade. Foi assim com o Tiago, Miguel, Manuel Fernandes, até o Simão passou a ser mau. E, na verdade, todos eles tiveram/mantiveram boas carreiras quando bazaram de lá. Falei de benfiquistas, mas isto acontece com todos (FCP e Paulo Assunção, p.ex)

low desert puke disse...

Infante, praticamente todos os benfiquistas respeitam e muito o Simao, Tiago ou...JVP - sintomàtico, nao? Nao sei onde vais buscar tal argumento.

Os sportinguistas em vez dizem que o Quaresma é cigano, o Varela sempre foi mau jogador (mesmo que com 4 meses de campeonato fosse praticamente o unico a carregar o porto às costas), o Simao apelidam-no de Simulao ou simplesmente de "porco", o Figo é pesetero sò porque viram na tv umas coisas hà uns anos, o Futre é bimbo e por aì fora.

Nao mudes as coisas de modo a parecerem aquilo que gostarias. Agarra-te à realidade porque a insistencia nesses comportamentos traz descrédito, e nao me parece que seja isso que queres.

PS: Boa vitòria de Portugal.

master kodro disse...

Por acaso, Infante, costumo fazer em relação a uma pessoa. Mas é por uma boa causa.

littbarski disse...

Não tenho visto quase nada deste mundial. Ontem gravei o jogo e mais tarde fiz a festa. Há que aproveitar, já que os senhores que se seguem, da última vez que se cruzaram no nosso caminho... Mas pode ser que esta seja a tal, aquela que em dez contraria um destino quase certo.

LMGM disse...

MK, como disse num post lá no meu estaminé, eu gostava de apanhar a Espanha, mais com ambição para os eliminar.

O Portugal - Brasil, tem os mesmos condimentos do México - Uruguay de hoje, em caso de empate a classificação fica como está, mas pode interessar a uma ou a outra escolher o seu precurso seguinte (com ou sem Espanha).

Depois da Costa do Marfim que defende tão bem como nós (com mais porrada é verdade, mas igualmente bem), e da Correia que em 90 min. fez três faltas e tentou atacar e rematar até ficar com os olhos em bico, gostava de avaliar o nosso valor contra equipas que joguem à bola.

Vou ter essa oportunidade com o Brasil, e depois pode vir a Espanha ou o Chile, encaixam bem naquilo que temos de melhor (capacidade defensiva) e podem ser permeáveis à nossa velocidade no ataque (Ronaldo, Simão, Liedson, etc.).

Defendi também outras duas situações (em comentários não em post), se era para jogar em 433, Hugo Almeida com as suas limitações é melhor que Liedson. Se é para aproveitar Liedson no seu melhor devia alterar a equipa de um 433 para um 442.