sexta-feira, abril 09, 2010

Liverpool 4 x Benfica 1

Vitória justa do Liverpool, porque foi a melhor equipa técnica e tacticamente. Tecnicamente porque tem melhores executantes que o Benfica, em particular uma dupla fulminante (Kuyt/Torres) que deixa a milhas os melhores jogadores encarnados. Tacticamente porque foi mais organizada, preencheu melhor os espaços, teve um trio no meio-campo que, com um magnífico posicionamento, anulou as pedras essenciais do Benfica, e porque foi mortífera nas transições ofensivas (três golos são obtidos em contra-ataque). Em sentido contrário, o Benfica pecou na organização defensiva (a invenção de Jesus não resultou) e foi pouco objectivo no ataque à baliza inglesa, apesar de uma excelente entrada na partida e de ter dominado grande parte do jogo.

Nos próximos dias, não faltarão vozes críticas à prestação benfiquista, numa expectável verborreia que servirá sobretudo para abafar as exibições e resultados vergonhosos dos seus clubes preferidos. A meu ver, os benfiquistas têm, pelo contrário, motivos para estar orgulhosos: o Benfica fez uma boa campanha europeia, com uma excelente fase de grupos, uma vitória contra uma equipa forte (o Marselha) e uma eliminatória disputada taco-a-taco com um dos maiores clubes do mundo. Segue isolado na frente do campeonato e termina hoje uma impressionante série de 26 jogos oficiais sem perder, sequência que implicou triunfos sobre os melhores emblemas portugueses (Braga, Porto, Sporting, Guimarães, etc.) e vitórias diante de equipas europeias de grande tradição, como o Marselha e o Liverpool. Quem me dera ter disto todos os anos.

katanec

33 comentários:

Sérgio_alj disse...

haja alguem bem esclarecido aqui pelo 442!

parabens katanec!

katanec disse...

Obrigado Sérgio. Receio bem que os próximos comentários não sejam tão simpáticos. Mas há que estar preparado... :) Abraço!

Hugo disse...

"não faltarão vozes críticas à prestação benfiquista, numa expectável verborreia que servirá sobretudo para abafar as exibições e resultados vergonhosos dos seus clubes preferidos"

Então e aquele post a denegrir a boa carreira do Porto na Champions da época passada era o quê?

low desert puke disse...

Mais. Com Maxi e Coentrao, fazendo com que Luiz jogasse onde é melhor e com Saviola em campo nao sei se ganhàvamos em Liverpool, mas realisticamente acho que passàvamos a eliminatòria.

Mr. Shankly disse...

"Então e aquele post a denegrir a boa carreira do Porto na Champions da época passada era o quê?"

E aquele a denegrir a carreira do Setúbal depois de perder com o Aston Villa por 8-0 em 82-83?

Bom post, katanec. Aborda o essencial: O Liverpool é um justo vencedor, e a época europeia não deixa de ser boa.

rui disse...

E a época europeia do porto tb nao foi boa este ano? Mais: nao vi muita diferença dos jogos do benfica e porto em inglaterra. Mas enkuanto o porto foi "humilhado" o benifca foi taco-a-taco...Nem tanto à terra nem tanto ao mar...


ruibonga

Filipe disse...

Isso é tudo muito bonito mas o Benfica foi goleado pelo sexto classificado do campeonato inglês, uma equipa que leva apenas 5 pontos de avanço do Everton e que está a 19 pontos do primeiro.

O Jesus fez um trabalho miserável neste jogo. A mim não me chateia ter sido eliminado, agora ser goleado por este Liverpool...

littbarski disse...

Taco-a-taco? Boa. O Arsenal também jogou taco-a-taco com o Barcelona. E conseguiu o mesmo resultado (perder só por 3 golos de diferença). Mas isso é um pormenor. Confesso que, por um lado, tive uma certa pena de ver o Benfica ser eliminado por (usando uma linguagem que é familiar a alguém que despreza todos aqueles que tentem desacreditar a qualidade dos adversários do "glorioso" e desvalorizar os seus feitos no relvado - presumo que seja a isso que se refere o katanec, quando fala em exibições e resultados vergonhosos) o 6º classificado do campeonato inglês. É que eu ainda tinha a esperança de ver o Atlético de Madrid ser promovido a uma das melhores equipas do mundo, e a dupla (in)ofensiva Simão/Aguero ser elevada a uma das melhores da galáxia. Fica para a próxima.

Mr. Shankly disse...

"E a época europeia do porto tb nao foi boa este ano? "

Fds, mas quem é que está a falar no Porto? L-i-v-e-r-p-o-o-l e B-e-n-f-i-c-a.

Grilo Falante disse...

"A meu ver, os benfiquistas têm, pelo contrário, motivos para estar orgulhosos"

Pela primeira vez concordo com o Katanec. Pelo menos não levaram 7 (sete) como em Vigo. E isso já é motivo de orgulho, sem dúvida.

J. disse...

Desculpa lá Katanec, uma derrota por 4 a 1 nunca pode encher de orgulho a ninguém.
Podes argumentar o que quiseres, mas é um resultado pesado e uma demonstraçao que este Benfica não tem ainda estofo para discutir conquistas europeias.
Vejamos o que poderão fazer no próximo ano na Champions.

td disse...

O benfica demonstrou claramente que não está habituado a grandes palcos.Tirando a taça da cerveja,o que é que o benfica ganhou nos ultimos anos?Falta cultura de vitorias e andamento europeu.O benfica é um CLUBE GRANDE que ambiciona ser um GRANDE CLUBE mas o caminho é longo...e o Salazar já foi!Desde que existe democracia e liberdade em Portugal o que é que ganhou esse CLUBE GRANDE? Muito pouco.Um banho de humildade só faz bem.Imaginem se este Liverpool estivesse ao nivel de Arsenal ou chelsea?Apesar de tudo ,parabens , sempre é melhor que levar 7 do Vigo!

André, o campos disse...

Os benfiquistas cá de casa ficaram tristíssimos com a derrota. É bom sinal: é sinal de que este ano estamos a ficar mal (bem) habituados...

E não esquecer que, nesta eliminatória, jogámos ambos os jogos sem um dos nossos jogadores fundamentais do ataque, o que não aconteceu com o adversário.

J. disse...

Sim, porque foi pelo ataque que perderam ontem o jogo.

mago disse...

Não, J., se há coisa que nesta eliminatória (os dois jogos, diferente do jogo de ontem) o que se pode dizer do nosso ataque é que foi profícuo, certo?

pitons na boca disse...

Tenho de destacar que uma dupla atacante em que um dos elementos seja o Aguero pelos vistos é uma dupla inofensiva... já para não falar que o Forlan deve estar acabado para o futebol (tal como Saviola e Aimar estavam no inicio da época) para não ser considerado para tal dupla atacante.

Lê-se com cada coisa ridicula, de certas figurinhas, pela net fora...

littbarski disse...

É verdade, pitons. Tens toda a razão e mais alguma. Mas olha que quem falou do sétimo classificado do campeonato espanhol, como sendo um clube de segunda ou terceira categoria, desvalorizando esse trio atacante e o facto de os espanhóis terem sido eliminados da Champions sem derrotas, tendo, na fase de grupos, ganho ao Marselha e empatado os dois jogos com a equipa que ontem goleou o Benfica, não fui eu. Portanto, presumo que te tenhas enganado no alvo...

mago disse...

Bom, nem sei por onde começar... Littbarski, se puderes / quiseres por favor esclarece esse comentário. O sétimo classificado do campeonato espanhol é o Villareal, o Atlético foi eliminado da Champions com 3 empates e 3 derrotas, o Marselha estava no grupo do Real Madrid, Milan e Zurique, o Liverpool no grupo da Fiorentina, Lyon e Debrecen...

Diego Armés disse...

Ignorando os comentários de desdém de adversários cuja rolha do ressabiamento saltou por fim (deve ser champanhe por toda a casa...), discordo dos tais motivos de orgulho. Foi um percurso digno na Liga Europa, sem dúvida; perdemos com uma equipa de top, também é verdade. Mas levámos 4, levámos mal e Jesus inventou. Borrou-se uma boa pintura. Mas a verdade é que se a borrou... Acontece. Sublinho apenas para alguns desatentos que aqui comentam: na Luz o Liverpool bem podia ter levado que contar. Se houve uma grande diferença entre estas duas equipas foi aqui: uma aproveitou (quase) todas as oportunidades que teve; a outra desperdiçou-as em barda. O resto é conversa da tanga. Siga para o 32.º.

kovacevic disse...

parece-me que esta conversa na caixa de comentários (esta e a de baixo) se resume numa frase: o que podia ser versus o que foi.

por exemplo: o liverpool podia ter levado que contar na Luz, mas apesar de jogar uma hora com menos um jogador só foi batido por duas grandes penalidades. Ontem em inglaterra podia ter sido a reedição de marselha, mas apesar do livre de cardozo acabou 4-1.

quanto ao fc porto: vencedor da uefa e campeão europeu no ano seguinte. Isto são factos. E raros, qualquer que seja o clube e o país de origem. Há quem diga que é fácil. Continuamos à espera da próxima final europeia do benfica, se é tão fácil. Até o sporting tem uma em 2005.

Diego Armés disse...

Kovacevic, o que podia ter sido e não foi conta pouco, de facto. Então, vamos a factos: o Benfica foi eliminado com 3 - 5 no somatório pelo Liverpool. Nada de anormal. Nem percebo por que perdes tempo com uma não-notícia, sendo assim. Falta de assunto? Ou algo mais profundo?

Diego Armés disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio_alj disse...

"Até o sporting tem uma em 2005."

Bad memories...

Sérgio_alj disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
littbarski disse...

Mago, vou tentar esclarecer.

Há duas épocas, o Porto foi campeão com 17 pontos de avanço sobre o Benfica. Teve o melhor ataque, a melhor defesa, o melhor marcador; foi a equipa com mais vitórias, com menos derrotas e que mais jogos esteve sem perder. O katanec, aplaudido por vários benfiquistas, escreveu que gostava de ver uma estatística que mostrasse quantos jogos o FC Porto ganhou esse ano no campeonato sem ajuda alheia.

A época passada, para além de ter sido de novo campeão, com 11 pontos de avanço sobre o Benfica, e de ter vencido a Taça de Portugal, o Porto chegou aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, depois de ter eliminado o Atlético de Madrid. O katanec deu voz ao pensamento de vários benfiquistas e escreveu que não participava da orgia colectiva que grassou na imprensa nacional depois de um empate contra o sétimo classificado da Liga espanhola. Não foi contra uma equipa forte, como o Marselha (vencido essa época pelo sétimo classificado da liga espanhola), e muito menos contra uma das melhores equipas do mundo (que essa temporada não conseguiu vencer o sétimo classificado da liga espanhola). Começas a perceber.

Esta época, o Benfica desatou a jogar futebol e está na frente do campeonato. Bem, porque tem sido a melhor equipa - já o disse e repito. O katanec, entrando na onda vermelha de fair-play e de verdade desportiva que subitamente invadiu o país, escreveu que sentia desprezo por aqueles que, ao longo da temporada, nada mais têm feito senão procurar desacreditar a qualidade de Porto, Braga - e, claro, Benfica - e desvalorizar os seus feitos no relvado, insistindo vezes sem conta no peso dos factores extra-futebol. Quem o leu e quem o lê...

Mas o desprezo por todos aqueles que têm desvalorizado os feitos magníficos dos adversários do Benfica dentro do relvado rapidamente passou à expectável verborreia que servirá sobretudo para abafar as exibições e resultados vergonhosos desses mesmos adversários, bastando para isso o "glorioso" ser goleado em Liverpool. Tese, aliás, partilhada de pronto por vários benfiquistas que se insurgiram contra certas figurinhas e comentários de desdém. Como se fosse deles a culpa do bocadinho assim que faltou ao maior do mundo para regressar aos gloriosos tempos em que era temido na Europa (dos campeões - por favor, não confundir com Liga Europa).

Espero ter conseguido esclarecer.

Hattori Hanzo disse...

Kova, por esse andar... que eu saiba o Benfica também tem alguns. Por acaso nesse ano quem ganhou não foi um grande Cska que quando eliminou o Benfica nos oitavos não valia um caracol? (Por acaso nós por acaso não perdemos em casa). Quanto aos outros o Liverpool dever ser fraquíssimo (é apenas o sexto do campeonato inglês), esquecem-se é de dizer que com Rafa como treinador sempre foram muito mais perigosos em provas a eliminar do que em campeonatos (com a excepção do ano passado em que lutaram pelo título até ao fim). De facto a invenção ontem de Jesus custou muito. Por isso é que sinto mais confiança no empate em casa a 1 do que a vitória por 2 a 1. Com o 2º resultado opta-se quase sempre pela defesa do resultado e isso dá mau resultado

Deixa Tar Que Eu Faço disse...

Meu caro littbarski, muito bem, grande comentario sim senhor..
Concordo com quase tudo, se bem que também concordo com o Katanex quando ele diz que o Benfica fez uma boa campanha europeia, so nao concordo com o motivo de orgulho, porque este jogo fudeu-me o orgulho todo..
De resto o liverpool foi justo vencedor, a eliminatoria podia ter sido diferente, mas isso os se acontece muitas vezes.
cumprimentos

LT

Zé Luís disse...

"Expectável verborreia". Vulgo: o costume.

Zé Luís disse...

Pois é, todos os anos não é para qualquer um. E, se possível, todos os anos na Champions. Mais com Marselhas, Arsenal, Liverpool, Barcelona, M. United. Menos com Vorskla, AEK, último da Bundesliga.

Para acabar com a verborreia mais expectável.

Bruno Pinto disse...

Verborreia é aquilo em que se tornou o 'Portistas de Bancada'. Aquilo sim é verborreia. E da grossa! Um blog afecto ao FC Porto que só fala do Benfica... Ao que esta merda chegou!!!

jose reyes disse...

Desde a noite de quinta-feira milhões de portugueses ficaram finalmente a saber o significado de os 4 de Liverpool.

Fredy disse...

Bruno Pinto: agora é que disseste uma boa verdade!

infelizmente aquilo agora parece mais um blog anti-benfiquista do que o melhor blog sobre o porto que já foi outrora :|

LC disse...

"quem falou do sétimo classificado do campeonato espanhol, como sendo um clube de segunda ou terceira categoria, desvalorizando esse trio atacante e o facto de os espanhóis terem sido eliminados da Champions sem derrotas, tendo, na fase de grupos, ganho ao Marselha e empatado os dois jogos com a equipa que ontem goleou o Benfica, não fui eu. Portanto, presumo que te tenhas enganado no alvo..."

Isso foi na nossa galáxia?