segunda-feira, fevereiro 15, 2010

Braga 2 x 1 Marítimo

Mais uma vitória A décima quinta em dezanove jogos da Liga 2009/2010. Mais um notável ensaio de futebol paciente, justamente coroado com uma vitória a dez minutos do fim do jogo (golo de Luis Aguiar, o décito sétimo marcador de golos do plantel arsenalista). É óbvio que o futebol do Braga não foi brilhante como em jornadas anteriores, até porque a ausência de Márcio Mossoró faz-se notar no meio-campo ofensivo. Mas se olharmos ao futebol dos outros candidatos - se ainda acharmos que há mais do que um -, esta exibição do Braga nada fica a dever ao que se passou noutros campos.

Deprimente Todo o espectáculo montado em torno da bola que saiu no segundo golo do Braga, que até teve direito a chamada de capa no Record. Procurei, em vão, uma nota semelhante após o Benfica 1 x 0 Porto, mas só encontrei grandes - e merecidos - elogios. Procurei, em vão, uma nota semelhante sobre o que se passou no Restelo, na jornada passada, mas também não encontrei. É uma pena que as vitórias do Braga sejam constantemente desvalorizadas e que o clube não possa beneficiar de um tratamento semelhante quando chega a hora de analisar questões de arbitragem. Até ouvi na RTP que o treinador do Marítimo se queixou da arbitragem, para depois o ouvir dizer que "o árbitro errou, acontece, somos todos humanos". Siga a festa.

master kodro

17 comentários:

N. disse...

"o árbitro errou, acontece, somos todos humanos"

É uma pena que outros treinadores (e não só) não tenham esta atitude. Sobretudo treinadores que deviam lavar bem os dentes antes de abrir a boca...

José Leal disse...

gostei que o braga tivesse vencido, faz com que o jogo frente ao porto na proxima jornada ganhe ainda contornos mais interessantes e determinantes.

quanto ao lance da bola que sai, acho que há demasiado histerismo, falamos de um lance em que após a bola sair ainda tocam na bola uns 4 ou 5 jogadores, entre braga e maritimo. e o golo não é uma consequencia directa do lance da bola que saiu. não exageremos.

Miguel disse...

E o vídeo que está em destaque lá no reco reco? Um benfica 2-1 braga de há uns 10 anos com um golo do Poborsky... Vale tudo para tentar roubar leitores à Bola :)

Mialgia de Esforço disse...

Mas a capa "Líder com golo falso" do jogo após o Benfica x Braga do ano passado passou-te ao lado, não foi? Ridículo. Por que não fizeste uma crónica dos 1-4?

Gonçalo Cabral disse...

Nem costumo comentar, mas estiveste perfeito neste post, parabéns.

LC disse...

Eu também concordo que é deprimente, mas ainda mais deprimente é o teu azedume quando as mangas deixam de ser brancas e são encarnadas.

master kodro disse...

LC, quando as mangas são encarnadas eu encontro "grandes - e merecidos - elogios". Já quando tu escreves, não encontro nada que se aproveite.

Fábio André disse...

Parabéns pelo teu post.

É mesmo vergonhoso este desviar de atenções. E aquela capa enfim,...


Aprecio o facto de seres do clube que és mas mesmo assim não deixas de elogiar o que merece ser elogiado. Parabéns.

Filipe disse...

O Benfica também já teve capas destas, em particular a do jogo que foi referida no ano passado. Tem a ver com o dramatismo da luta pelo liderança. O Braga está na luta tem é que se aguentar. É bom sinal ter capas de jornal.

Espero que ganhem ao Porto.

LC disse...

MK, os elogios que faço ao Benfica faço-os ao Braga, têm lutado e merecido o lugar em que estão na liga.

Há dias apenas falei do numero de minutos a mais nas pernas dos jogadores e alguém falou dos orçamentos... o Nacional e o Sporting são um exemplo interessantissimo quando se quer falar de orçamentos.

Catarina disse...

MK, continuo a vir aqui só para ter o prazer de ler o que tens para dizer. sempre acertado e, apesar de tudo, menos parcial do que os pasquins. E vamos prá frente, que atrás vem gente. Enquanto falam disto vão assobiando para o lado em relação a penalties que não existem, em relação a livres de faltas fantasmas, em relação a expulsões e coisas que tais. Mas eles são grandes e nós pequenos, contentamo-nos com bolas que saem mas que afinal não saem.

Ricardo disse...

Discordo completamente disto:

"É uma pena que as vitórias do Braga sejam constantemente desvalorizadas e que o clube não possa beneficiar de um tratamento semelhante quando chega a hora de analisar questões de arbitragem."

Pelo contrário, o Braga tem sido altamente elogiado pela comunicação social (de forma justa, diga-se). E, em certos casos, acho até que "protegido", na medida em que toda a gente gosta de ver um clube com menos poderio mostrar qualidade suficiente para enfrentar os grandes - é humano. No caso da expulsão do Cardozo no intervalo do jogo em Braga, num jogo importantíssimo que deixou o Benfica com menos um jogador e que até agora ninguém compreendeu a razão de tal acto, houve críticas mas também houve um gradual esquecimento.

O que se passa com as capas e as alusões a erros de arbitragem passa por uma política editorial de todos os jornais esta época. E isso tem sido para todos.

E não acho um escândalo um jornal mostrar uma imagem de um fiscal de linha a olhar para o lance. Estranho mesmo é não ter assinalado o fora. E isso em nada põe em causa a excelente campanha do Braga.

O que me parece é que este país não estava preparado para um Benfica tão forte, habituado que estava a vê-lo definhar nos últimos 15 anos. E então, directa ou indirectamente, parece que há a vontade de desvalorizar o que o clube tem feito, tentando colar-lhe pretensas ajudas de arbitragem. O que, se quisermos olhar para isto de forma distanciada, claramente não têm existido.

E ainda mais ridículo se torna quando os críticos são os portistas, que beneficiaram daquilo que todos conhecemos durante duas décadas de corrupção (as escutas não são um filme de ficção, embora sejam só um bocadinho daquilo que terá sido) e que agora parecem virgens ofendidas, quando o Porto não tem sido menos beneficiado que o Benfica ou, se quiserem, mais prejudicado.

É claro que quando Bruno Alves vem dizer "não temos sido favorecidos pela arbitragem", percebe-se a desilusão, mas também já estava na altura de o Porto não ser mais beneficiado do que os outros. E então, com erros para uns e para outros, mais por incompetência do que por outra coisa qualquer, o que resta é o futebol jogado. E nesse particular Braga e Benfica têm sido claramente mais fortes.

master kodro disse...

Ricardo, só te podes estar a passar... O Benfica ficou menos um, tal como o Braga, com a diferença que o jogador do Benfica estava a fazer uma exibição miserável e o do Braga estava a ser perfeito. A tua (vossa) parcialidade vê-se nestas coisas, quando ninguém se preocupa em saber o que é que o jogador do Braga fez para ser expulso. Eu não tenho que ser assim, felizmente.

Petinga disse...

O post está excelente.
O resto é azia encarnada.
Ainda estou para ver um adepto do Benfas falar imparcialmente e com inteligencia sobre a vergonha que é o futebol portugues.

rui disse...

"Ainda estou para ver um adepto do Benfas falar imparcialmente e com inteligencia sobre a vergonha que é o futebol portugues."

Somos dois.


ruibonga

Infante disse...

Tu no papel tens toda a razão: é de facto triste e injusto que não haja mais destaque ao Braga. Mas o mundo real é completamente diferente.

Tu também às vezes parece que vives fechado numa cave, isolado do mundo.

O jornalismo desportivo pode ser fraco, mas a verdade é que está em perfeita sintonia com os gostos e sentimentos da maioria das pessoas.

Se vivemos num país onde 90 e tal por cento das pessoas apoiam 3 clubes, por que raio é que o jornalismo havia de ser diferente?

Na tua cabeça as pessoas adoram o braga, mas os malvados dos jornalistas não lhes dão destaque. Mas no mundo real, neste momento o Braga é visto como um "inimigo" pelos adeptos dos grandes (tal como o Boavista o foi em tempos). E esta aversão ao Braga traduz-se na comunicação social, obviamente (tal como no BFC). Se algum jornal pusesse em letras garrafais "Maravilhoso Braga, Grande Braga, Excelente Domingos" etc... e tal, o mais provável era as vendas serem quase nulas, já que as pessoas querem é que o Braga vá por ali abaixo.

E tendo em conta que o principal concorrente do Braga é o clube com mais adeptos em PT, a coisa torna-se ainda mais óbvia.

Não te chateies tanto com isto, não dá para lutar contra a maioria da população.

Cumps.

master kodro disse...

Dá para lutar, dá, infante. Mesmo que não ganhes, dá para lutar.