domingo, setembro 27, 2009

Benfica 5 x Leixões 0

Vitória folgada e indiscutível, em nova exibição agradável (com um primeiro tempo meramente razoável, porém). Várias prestações individuais de alto nível (Ramires, Cardozo, Javi Garcia, Maxi, Peixoto) e a dinâmica característica desta época: pressão alta, ritmo elevado, processo ofensivo rápido e diversificado, vários jogadores em zona de finalização, espírito atacante.

E, todavia, muitas análises das últimas horas consistem mais ou menos nisto: "jogo sem história, onde a arbitragem condicionou a partida devido à expulsão de dois jogadores do Leixões". O mais curioso nisto é a forma como se menciona esta situação como se ela fosse produto de uma situação exterior ao próprio jogo, quando na verdade decorre das circunstâncias da própria partida. Desculpem se me vejo obrigado a dizer o óbvio: quando uma equipa entra em campo com uma estratégia única - derrubar adversários e distribuir paulada - das duas uma: ou beneficia de uma arbitragem complacente, ou arrisca-se a perder jogadores e ser goleada. Pois bem, resta dizer que hoje se cumpriram as regras, donde nada mais podia ter acontecido senão isto.

katanec

20 comentários:

CoCoNuTs disse...

Discordo da 1ª expulsão, sem claro esta, por em causa a vitória folgada do SLB, numa boa exibição

De todos os destacados...penso que o Peixoto não esteve tão bem quanto isso, pois quando o Benfica esteve a jogar contra 9, um jogador das caracteristicas do Peixoto, poderia muito bem ter expandido o seu futebol mais à esquerda, mas, pelo contrário, recatou-se e teve medo em subir.

Quanto a tudo o resto, continuo a dizer que o JJ continua a pecar nas substituições. Com resultados tão ''avassaladores'' há que dar minutos a jogadores que são 2ª (e única) opção para certas posições do terrreno (caso de F.Menezes, que poderia muito bem ter entrado no lugar do Aimar.

miguel_canada disse...

O slb hoje até ganhou bem. O Leixões, além de fraco (já levou outras goleadas), seguiu uma estratégia suicida e f@%#%-se!

Mas acho importante referir que na primeira parte, contra 11, o benfica voltou a fazer uma exibição descolorida, atrapalhada e a necessitar de "cavar" faltas próximo da grande área.
Foram 17 livres só na primeira parte. Alguns deles bem assinalados. Um deles, deu golo.

Depois, e bem, aproveitou o kamikaze Leixões para oferecer mais uma goleada aos adeptos sedentos do regresso da velha senhora.

Nada a contestar.

Abdul Abdulaah disse...

"...numa nota de zero a cinco dou zero ao arbitro desta noite... chegou a ser provocador..."

reporter avencado da tsf no final do jogo.

JNF disse...

Outros ficaram por expulsar. Quanto aos penalties, eu, que ainda não vi resumos na televisão, fiquei com a ideia de que há contacto em ambos sem no entanto serem merecedores de penalty, mas reforço, não vi nada na TV. Expulsões mais que justas, pois tal como diz o katanec, ontem foi porrada da antiga. Di Maria então levou o jogo todo.

Luciano Rodrigues disse...

Bom, não vi o jogo com grande atenção (apenas até ao 2-0 e num restaurante), mas o que vi foi um Leixões que percebeu, tal como o Leiria, que tinha de defender recuado e não quis posse de bola, tentando saír rápido. Acrescentou a isto uma ideia de jogo baseada em porrada a torto e a direito. Dizia-me o meu pai que o Benfica não estava a carburar na primeira parte, respondia-lhe eu que se o Benfica assenta o seu jogo e permanentes situação de 2-1 e os outros invariavalemente faziam falta, dificilmente o Benfica consguia meter o futebol no chão. Mas, claro, haveria imensos livres e cartões. Foi o que aconteceu.

2 coisas que me impressionaram no Leixões:
- a incrível ausência de racionalidade ao fazer faltas, fosse onde fosse, era canela até ao pescoço
- o facto de, já em desvantagem numérica e no marcador, manter esta tendência suicida.

FPereira disse...

Katanec: o objectivo do Leixões só passou a ser a porrada da antiga depois de ter direito a decisões do árbitro à antiga. Por exemplo é obvio que o gigante Pouga seja agredido com uma joelhada pelo Ramires sem bola e insultado pelo Luisão e ainda leve um amarelo por isso. Eu acho que devia ser vermelho directo para o Pouga. É agredido, insultado e ainda tem a lata de dizer alguma coisa?

O Ramires nem falta fez ... O Pouga era o ponta-de-lança do Leixões que foi expulso aos 27 minutos de jogo.

Entretanto gostava que alguém me explicasse qual foi a falta que o Aimar sofreu no lance que deu penalty. Ainda não percebi. Não percebi o que é que o Nuno Silva fez ao Aimar que o Aimar não tivesse feito ao Nuno Silva. Mais uma expulsão.

Queriam que o Leixões jogasse ao ataque, de certeza...

FPereira disse...

O Coroado também não sabe que falta o Aimar sofreu...

Luciano Rodrigues disse...

F Pereira, eu o lance do primeiro amarelo (penso que é desse que fala) do Pouga não vi, portanto eventualmente o primeiro terá sido mal mostrado. Mas aquilo foi porrada que fervia desde o início e sem o mínimo cuidado de dar sem dar nas vistas. O árbitro esteve bem.

Quanto ao penalty, parece-me evidente que o Aimar ganha posição e é tocado pelo defesa do Leixões.

Pedro disse...

LOL
Estes gajos são demais...

Qqr falta a favor do Glorioso é sempre mal assinalada...

O Leixões usou e abusou da violência. Incrivel como o árbitro demorou tanto tempo a mostrar o primeiro amarelo qd antes já Di Maria e Ramires tinham sido ceifados com violência. Amarelo mal mostrado ao Pouga?? O gajo está no chão a morrer e depois levanta-se num ápice para bater no Luisão e o amarelo é mal mostrado? Inacreditável é o Luisão ter levado amarelo...e o amarelo ao Aimar?? Tão patético como alguem dizer que não é penalty...enfim...e ainda ficaram dois por assinalar e no glo de Ramires Nuno Gomes sofre tb falta dentro da área..

Vocês conseguem dizer essas coisas sem se rirem???

LOL

FPereira disse...

Luciano: o lance do primeiro amarelo ao Pouga aconteceu depois do Ramires ter dado uma joelhada no abdomen do homem sem bola. O árbitro nem falta marcou. O homem ficou no chão e o jogo seguiu. O primeiro expulso do jogo seria o Ramires e não o Pouga.

Quanto ao Aimar, resta saber quem é que ganha posição a quem, se é que alguém ganhou posição. Eu ainda estou a tentar perceber com que parte do corpo é que o defesa carregou Aimar e em que parte do corpo de Aimar. Mas se é o Aimar temos todos a certeza que é penalty. O Cardozo agradece.

Com 9 durante 35 minutos, com 10 durante 28 minutos, o que é que restava ao Leixões? Deixá-los jogar à vontade e atacar é o que parece que me estão a dizer.

pitons na boca disse...

Oh FPereira, mas há intenção do Ramires de acertar com o joelho no Pouga? Agressão? Veja lá isso bem...
Desde quando o choque entre 2 jogadores dá direito a cartão? Ah ok, é por causa da cor da camisola do Ramires, ok.

É que a "agressão" foi tão barbara que o Pouga, assim que o jogo foi interrompido, nem esperou pela entrada da equipa médica e levantou-se logo para se dirigir ao Luisão (levando a que os 2 vissem amarelo). Mesmo que não visse o amarelo pela picardia com o Luisão, mais que não fosse pela palhaçada que estava a fazer.

Luciano Rodrigues disse...

OK, afinal vi o lance que originou o amarelo do Pouga. De facto houve falta do Ramires, que pensei tivesse sido assinalada. Mas é duvidoso que valesse cartão, apesar de se aceitar por o árbitro considerar que o jogador foi imprevidente na abordagem ao lance, como é óbvio não há agressão nenhuma. E depois, parece que viu amarelo por uma picardia qualquer (que não se se houve ou não).

Epá, eu não sou do Benfica, se há clube que detesto é o Benfica, mas gosto demasiado de futebol para ver coisas que não existem. E o que existiu ontem foi uma equipa que dava porrada em tudo o que mexia. Claro que iam ter jogadores expulsos. Incrível como já depois do golo do Benfica se mantinham naquela toada doida de bater em tudo o que mexia (há lá um pontapé no lado direito que nem amarelo foi e que era vermelho directo, por exemplo).

jose disse...

Luciano, nao digas isso. Entao alguma vez na vida canela ate ao pecoco da cartolina?

Se ha aqui gajos que expulsavam logo o Ramires, mas deixavam andar la os "Bebes" a pontapear tudo o que mexe, esperavas o que?

rui disse...

Pera ai: se a semana passada a entrado fo jogadro do leiria ao aimar foi "barbara" (como defendem os benfiquistas), ontem a do ramirez foi o ke?? Os benfiquistas sao patéticosm, pois nao conseguem admitir que a expulsao do pouga condicionou e muito o jogo...mas pontos tá tudo bem...

Ah fica-se a espera do castigo po ramirez, pk como nao foi marcada falta e foi agressao, há que sofrer castigo...mais uma daquelas esperas..


Ruibonga

FPereira disse...

Tudo na vida é uma questão de ponto de vista Luciano. Não sei se no teu clube algum jogador costuma chocar com outro com o joelho levantado para jogar uma bola que não está lá. É uma vida difícil a dos clubes pequenos. Tem que comer calar e levar amarelo para finalizar o processo.

Pedro disse...

É claro q condicionou o jogo. Essa não é a questão. A questão é se foi bem expulso. E foi. E o outro tb. E os penalty tb E outros dois q ficaram por assinalar!!!

condor disse...

O bêfique ganhou?Ai atão tá tudo bem!O capela não teve nada a ver com isso!
Até devia rer mostrado mais cartões aos morcões do norte e ter espulsado mais meia duzia de jogadores leixonenses!
Por outro lado penso que a primeira expulsão peca por tardia,pois enquanto os morcões do norte eram onze contra catorze o bêfique não se viu,como já não se tinha visto em leiria!
Quanto ás premonições do messias ao intervalo só me resta dar-lhe os parabéns pois o homem ou é bruxo ou anda a treinar!

Blog do Tavares disse...

Não diminuo o mérito dos outros jogadores, mas que a chegada do Ramires ao Benfica deu algo de novo a esta equipe. Infelizmente não pude assistir ao jogo :(

Abraços!

camarao disse...

Patético é o tipo que, não sendo benfiquista, perde tempo a ver jogos do Glorioso e a inventar agressões. Isso sim, é triste e patético.

rui disse...

se o ramirez se chamasse bruno alves e equipasse de azul eu queria ver o espectaculo que os "benfiquistas" nao fariam...é so pa verem o quao ridiculos sao...

Ruibonga